quarta-feira, 29 de julho de 2009

Diocese de Bonfim festejará o seu Jubileu com bispos, representante do papa, carreata e show musical.

Católicos das 25 cidades da Diocese sediada em Senhor do Bonfim estão mobilizados para comemorar o seu Jubileu e tornar o acontecimento no mais grandioso e importante da igreja regional, no momento em que está completando 75 anos de fé e evangelização cristã.
Autoridades da Diocese bonfinense, tendo à frente o próprio bispo dom Francisco Canindé Palhano estão levando a conhecimento público que, além das atividades diárias da comunidade católica, em preparativos para a grande festa, o Programa de eventos do Jubileu já conta com a presença de autoridades institucionais de diversas origens.
Para o congraçamento cristão do próximo domingo, cuja parte final ocorrerá no Estádio Pedro Amorim, estão confirmadas as presenças de personalidades das diversas esferas sociais, eclesiais e de estado. Sua Santidade, o Papa Bento XVI, mandará representante diplomático da Nunciatura e, pelo menos, seis bispos brasileiros farão parte presencial da pastoral comemorativa.
A solenidade pelos 75 anos da Diocese de Bonfim tem a seguinte Programação:
Domingo, dia 2 de agosto:
10:00h – Saída de Carreata da Base Aérea de Tiquara, em Campo Formoso, trazendo o núncio apostólico, dom Lorenzo Baldisséri, representante do papa no Brasil, e o cardeal dom Geraldo Magella Agnelo, arcebispo de Salvador, na Bahia.
11:00h – Chegada da Carreata na Igreja Catedral e acolhida das autoridades locais.
15:00h – Início, no Estádio, da Concentração das Caravanas vindas das 25 cidades que compõem a Diocese de Bonfim e realização de apresentações culturais diversificadas.
16:00h – Ingresso das imagens do Senhor do Bonfim e Nossa Senhora de Fátima, que chegarão em carreata ao estádio; e ingresso das autoridades religiosas, civis e militares.
16:30h – Celebração, no estádio, da Santa Missa, presidida por dom Geraldo Magellacom a participação do Núncio Apostólico; do bispo de Serrinha, dom Otorrino Assolari; do bispo de Paulo Afonso, dom Guido Zendron; do arcebispo de Feira de Santana, dom Itamar Vian; do bispo de Petrolina, dom Paulo Cardoso; do vigário-geral da diocese de Alagoinhas, representando dom Paulo Romeu; e o reitor do Santuário de Fátima, padre Virgílio Antunes, além de padres, religiosas e religiosos de toda a região.
19:00h – Terá início um show com a cantora Ziza Fernandes, do elenco do padre Fábio de Melo.
O Bispado de Senhor do Bonfim tanto cuida da programação do 2 de agosto, ápice do Jubileu, como cuida de registrar sistematicamente os fatos do evento, de sorte que consolide-se para a história a sua realização.

Ouvidoria Intinerante acontece em Senhor do Bonfim

Nesta quinta (30), o projeto Ouvidoria Itinerante do Governo da Bahia chega ao município de Senhor do Bonfim. O encontro acontecerá na Câmara de Vereadores, das 8h às 12h.
A iniciativa abrange todo o Território Piemonte Norte do Itapicuru, que é formado pelas cidades de Campo Formoso, Jaguarari, Andorinha, Ponto Novo, Caldeirão Grande, Pindobaçu, Filadélfia, Antônio Gonçalves e Senhor do Bonfim.
O objetivo da Ouvidoria Geral é escutar a sociedade para melhorar a prestação do serviço público oferecido pelo Estado.

Doméstica é presa por planejar assalto em Juazeiro

A empregada doméstica Caroline Queiroz foi denunciada na manhã desta quarta-feira (29), por um adolescente envolvido no assalto ocorrido no bairro Maria Gorete.
Segundo o menor, a doméstica foi a mentora do crime. No último dia 22, três bandidos disfarçados de funcionários dos Correios, invadiram a casa onde trabalhava Caroline.
Os assaltantes levaram R$ 10 mil (valor exato que tinha no cofre). A dona da casa ainda foi sequestrada e abandonada quilômetros depois.
Caroline Queiroz foi detida. A Polícia continua investigando o caso e espera prender mais cinco acusados.

Prefeito de Itamaraju tem contas rejeitadas pela quinta vez

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) negou nesta quarta-feira (29/07) o pedido de reconsideração do prefeito atual de Itamaraju (município localizado a 743 Km de Salvador), Dilson Batista Santiago (PT), e manteve a rejeição às contas referentes ao exercício de 2007. Esta é a quinta vez que o petista tem suas contas rejeitadas, já que o mesmo ocorreu nos anos de 1999, 2000, 2005 e 2006.
Desta vez, foram constatadas diversas irregularidades graves, como ausência de licitação em casos obrigatórios, despesa com pessoal em valor acima do permitido e abertura indevida de créditos. A soma das multas aplicadas pelo TCM chega ao montante de R$ 57 mil.
Dilson Santiago já teve seu mandato cassado neste ano, por denúncias de uso de dinheiro público em campanha eleitoral. Após retornar ao cargo por meio de uma medida judicial, uma outra acusação surgiu contra o prefeito: ele comandaria um esquema de empréstimos a amigos pessoais, no qual um banco seria ressarcido com recursos da Prefeitura. A denúncia terminou arquivada pela Câmara Municipal.

Assalto e tentativa de estupro a estudante colocam Uneb na berlinda

Uma aluna da Universidade Estadual da Bahia (Uneb) em Juazeiro denunciou que uma colega sua sofreu uma tentativa de estupro nas dependências da instituição.
Ela também informou que pela segunda vez tem sua residência na Casa do Estudante da Uneb invadida por ladrões. A universitária lamentou a insegurança do local e disse que vai se mudar de lá, juntamente com outras duas colegas.

Transporte coletivo será fiscalizado em Juazeiro

Na próxima quinta (30) a gerência de trânsito e transporte da Secretaria de Defesa Social (SDS) de Juazeiro realizará uma fiscalização das empresas de ônibus urbanos da cidade, na garagem da Joalina Transportes, a partir das 19h. O objetivo é trazer maior conforto para os usuários.
Segundo o gerente da Secretaria de Defesa Social, Jorge Queiroz, apenas os veículos que não passaram pela fiscalização realizada no mês passado, devem retornar para a vistoria. “Os veículos tiveram um mês para se ajustar às normas estabelecidas e aqueles que não conseguiram se enquadrar ficarão proibidos de circular na cidade”, explica o gerente.

Prefeituras baianas têm redução de 13% na arrecadação

Prefeitos baianos estão em alerta. A redução na arrecadação de julho aponta para a perda de 13% na soma dos repasses feitos, no mês, pelo governo federal, para compensar as perdas no Fundo de Participação dos Municípios (FPM) com a crise financeira. O último será em 31 de julho.
A preocupação dos gestores é com o indicativo de que enfrentarão dificuldades no período de agosto a outubro, historicamente meses de pouca arrecadação, se uma nova alocação de recursos não for feita rapidamente.
A situação de crise será agravada, prevêem os prefeitos, pela antecipação do Fundeb, em maio, e pela não-normatização da Lei 11.960/09, que regula o parcelamento das dívidas com o INSS.
Em função da crise, a queda na arrecadação também terá impacto nas contas do Estado. A previsão é de queda de 14% em relação ao previsto no primeiro trimestre deste ano.
“A projeção de perda é de 21% em relação ao mês passado”, disse o presidente da União dos Municípios da Bahia, Roberto Maia (PMDB). Nesta terça-feira, 28, o presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, defendeu a aprovação de um novo projeto de lei, pelo Congresso Nacional, que garanta mais repasses de recursos federais para compensar as perdas na arrecadação do FPM.
Maia prevê o agravamento da crise nas prefeituras. “A retomada da economia não se dá no ritmo previsto pelo governo”, diz. “Além disso, os repasses são feitos em cima dos valores de 2008 e os gastos da prefeitura ampliaram este ano, especialmente com reajuste de salários”, explicou, ressaltando a antecipação do Fundeb, em maio, como outro agravante.
Outro fator que poderá dificultar a vida dos prefeitos baianos, segundo Maia, é a dificuldade que encontram para parcelar a dívida com o INSS, o que foi garantido com a aprovação da Lei 11.960/09, sancionada no último dia 27.

Lançada segunda etapa de Campanha de Recadastramento de Armas

A Polícia Federal (PF) e a Associação Nacional da Indústria das Armas (Aniam) lançaram na segunda (27) a segunda etapa da Campanha de Recadastramento de Armas.
A PF de Pernambuco está fazendo o recadastramento através da Internet e recebendo a entrega voluntária de armas de fogo e indenizando as pessoas de acordo com o calibre das armas. No site, deve-se preencher o Registro Provisório de Arma de Fogo em duas vias (válido por 90 dias) e, após o preenchimento, o interessado deverá se dirigir à unidade da Polícia Federal escolhida.
Não é necessário pagar taxas nem comprovar a origem da arma, basta o proprietário assinar uma declaração. Para quem quiser se desfazer de sua arma continua valendo a indenização de R$ 100 a R$ 300 por unidade devolvida, conforme o calibre.
No total, o Brasil possui 718.559 armas recadastradas até o momento, sendo 24.751 delas em Pernambuco, que é o 9º no Ranking Nacional de armas recadastradas. Já no Ranking Nacional de armas entregues, Pernambuco é o 7° colocado, com 29 mil armas.
O programa de recadastramento de armas terminou em 2008, mas um projeto de lei aprovado em abril reabriu o prazo até 31 de dezembro e suspendeu, além da taxa de R$ 60 reais, várias exigências burocráticas. O registro dará à pessoa o direito de possuir arma em casa, para defesa, mas não de circular pelas ruas, o que só será possível com um outro documento, o de porte.

Presidente Lula sanciona lei que regulamenta profissão de mototaxista

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou nesta quarta-feira (28) a lei que regulamenta a profissão de mototaxista no Brasil. Segundo o ministro das Cidades, Márcio Fortes, que se reuniu com o presidente para tratar do tema, foi feito um único veto, em um artigo que descrevia as obrigações dos seguranças motorizados que usam motos para trabalhar.
Segundo Fortes, o artigo foi vetado porque tratava de temas que devem constar do contrato privado entre a empresa de segurança e os moradores, como, por exemplo, a obrigatoriedade de esperar os moradores em casa e avisar a polícia sobre movimentações suspeitas.
Segundo o ministro, as tarifas a serem cobradas pelos mototaxistas serão definidas pelas prefeituras e pelos Estados. O governo vai criar um curso especializado que deverá ser feito por todos os motoqueiros que queiram continuar exercendo a profissão. Ainda não há prazo para início do curso, mas a previsão do governo é de que, dentro de um ano, todos os mototaxistas deverão ter concluído esse treinamento.