quinta-feira, 6 de agosto de 2009

CAMPANHA DE VACINA- POLIO 2ª ETAPA‏


A partir do dia 18 do corrente mês e ano, estendendo-se até o dia 04 de setembro próximo, acontecerá a 2ª etapa da Campanha de Vacinação Contra a Poliomielite, sendo o dia 22/08/09 tido como o DIA NACIONAL.
Mais uma vez, esperamos contar com o prestimoso apoio de V. Sª para a ampla divulgação do evento, e da sua importância para a saúde da população na faixa etária estabelecida pelo Ministério da Saúde, que é de 0 a 4 anos 11 meses e 29 dias.
Campanha de Vacinação 2009 Pólio 2ª etapa e Rubéola
Senhor do Bonfim
22/08/08 (Sábado)

Postos de Vacinação – Zona Urbana

1. I CENTRO DE SAÚDE –
2. II CENTRO DE SAÚDE –
3. PS BAIRRO SÃO JORGE –
4. PSF BONFIM III –
5. ESCOLA CAZUZA TORRES –
6. ASSOCIAÇÃO DOS APOSENTADOS
7. POLÍCIA MILITAR –
8. POSTO POLICIAL DO MUTIRÃO –
9. POSTO POLICIAL SANTOS DUMONT
10. ESCOLA MUNICIPAL SENHOR DO BONFIM –
11. ESCOLA ABIGAIL FEITOSA ––
12. PSF SANTOS DUMONT –
13. ESCOLA BABOSA SANTOS –
14. ESCOLA JOSÉ GONÇALVES –
15. PRAÇA DO ISABEL (TOLDO) –
16. –BARRACA ALTO DO CIGANO –(TOLDO) –
17. CRECHE DA OLARIA -
18. PSF ALTO DA MARAVILHA –
19. CALÇADÃO I (TOLDO) –
20. CALÇADÃO II (TOLDO)
21. RODOVIÁRIA –
22. SINDIFERRO
23. HOSPITAL DOM ANTÔNIO MONTEIRO -
24. CTA –
25. MERCADO -
26. CENTRAL DE MARCAÇÃO -

ZONA RURAL

1. PSF CARRAPICHEL -
2. PSF MISSÃO DO SAHY –
3. PSF IGARA-
4. PSF TIJUAÇU-
5. PSF QUIÇÉ –
P S BARAÚNA-

Seminário em Bonfim forma 240 professores em Educação Inclusiva para o direito à diversidade em 44 municípios

O I Seminário de Educação Inclusiva: Direito à Diversidade cumpriu ontem (5) o seu terceiro dia de atividades com a presença de professores e técnicos em Educação Especial de 44 municípios baianos, além de convidados e observadores de outros estados e regiões.

Aberto com a presença, palavra e empenho do pós-doutor em educação prefeito Paulo Batista Machado, o encontro, vem apresentando palestras e debates dirigidos por educadores especializados em metodologias e recursos direcionados a incluir alunos cegos, surdos e portadores de outras deficiências no processo regular do ensino. Entretanto cumpre, ao mesmo tempo, a função essencial de formar o atual fórum de 240 participantes em Gestores e Professores da Educação Inclusiva.

Temas como o direito à diversidade, deficiência física, visual, baixa audição e síndrome de Down colocaram o nome de doutores, consultores, instituições universitárias prestigiosas e do Ministério da Educação no foco do Centro Cultural Ceciliano de Carvalho. “Não se sabe qual a palestra, painel ou mesa-redonda que prende mais a atenção dos seminaristas” – foi como a psicopedagoga e coordenadora do I Seminário, Eliana Conceição, definiu as atividades. Seu otimismo foi acompanhado pela opinião de Valdênia Viana, especialista em Língua Brasileira de Sinais (Libras) a coordenadora de Educação Inclusiva: “pelo nível de concentração dos seminaristas, espero que o aproveitamento em suas cidades seja o melhor possível”.

Sala de Recursos – E mbora transtornos, distúrbios da deficiência intelectual, preconceitos sociais e falta de acessibilidade sejam mostrados por ângulos novos para muitos participantes, a grande atração do evento está correndo por conta das Salas de Recursos. Diferente das salas do ensino regular, elas são providas de jogos pedagógicos diversificados, atividades contínuas, computadores, adaptações para braile, assistentes e orientadores para necessidades especiais e se constituem no sonho da quase totalidade dos seminaristas visitantes.

Entre os raros municípios baianos, “Senhor do Bonfim [10 Salas de Recursos – cinco na sede e cinco nos distritos], Juazeiro e mais alguns estão bem adiantados”. Sem esse equipamento, “ferramenta prática os planos para fazer a Educação Inclusiva ficariam na teoria”. Há informação de que em 2010 o governo federal, com a contrapartida do estado e municípios implantará as salas nos 147 pólos brasileiros da Educação Inclusiva. Pelo critério de maior atenção à Educação Inclusiva é que Bonfim polariza o atual seminário.

Sanfoneiro – O evento iniciado no dia 3 teve ontem (5) baile junino estilizado em decoração, iguarias e o fole de João Sanfoneiro deficiente visual bonfinense, para gosto dos 120 professores de fora. No arrasta-pé a professores avaliaram o encontro: “Está sendo formador e produtivo, no próximo vou sugerir que cada cidade coloque sua experiência” (Patrícia Galdino, Profª de Libras, de Esplanada); “Aprendi muitos sinais do vocabulário de Libras, enquanto professores daqui interpretavam as palestras” (Profª Danúbia, de Esplanada); Estou radiante, estimulada a apressar a implantar da Educação Inclusiva em minha cidade” (Profª Ana Clei, Pojuca). Amanha, sexta-feira (7), Marcos Conceição, bonfinense, deficiente visual e Secretário de Municipal de Acessibilidade da Prefeitura de Petrolina fará a palestra de encerramento do Seminário.

Educaçãolança projeto "de mãos dadas" na Câmara de Vereadores

No dia 07 de agosto A Secretaria de Educação SEMEC, e o Instituto Rumos da Educação, estarão realizando o lançamento do Projeto “De Mãos Dadas” na Câmara de Vereadores. Convidam a toda a população.
Dia: 07.08.09
Local: Câmara de Vereadores
Hora: 9:00h
È o Governo Cuidando da Nossa Gente presente também na Educação.

TCM acusa prefeito de Cipó por irregularidades

O prefeito de Cipó, múnicípio que fica a 245 quilômetros de Salvador, recebeu nesta quarta-feira (05) o encaminhamento de representação ao Ministério Público e multa de R$ 15 mil do Tribunal de Contas dos Municípios imposta por irregularidades nos cofres públicos municipais.

As denúncias foram feitas por um vereador que acusou o prefeito de contratar um ministro sem licitação, inaugurar um consultório odontológico com R$ 2 mil e gastar R$ 16 mil com festejos juninos.

O prefeito também foi acusado de contratar serviços de comunicação no valor de R$ 6.645 e pela contratação de servidores sem concurso público.

Em fevereiro deste ano, o TCM julgou procedentes as denúncias contra o prefeito, que agora foram confirmadas na íntegra pelo relator do processo.

UNEB realiza o 1º Encontro de Formação em Comunicação Comunitária

Nesta sexta (07) e sábado (08) acontece na Uneb o 1º Encontro de Formação em Comunicação Comunitária - Etapa Sertão do São Francisco.
O encontro faz parte do projeto Ondas Livres, a ser lançado pelo Governo da Bahia com objetivo de desenvolver políticas públicas na área de comunicação comunitária.
No evento acontecerá também o lançamento do livro Comunicação de Interesse Público - A escuta popular na comunicação pública: abrindo Caminho para uma nova Política, do jornalista, escritor e consultor Ricardo Mello. A obra discute a importância da comunicação contemporânea como direito fundamental.

Escolas da zona rural de Casa Nova em situação precária

Em Casa Nova (BA) a administração pública municipal precisa abrir os olhos. Semana passada a direção da APLB, acompanhada de representantes do Conselho de Alimentação Popular, visitou escolas em Poço da Pedra, Santana e Riacho do Sobrado.
O resultado foi decepcionante: Falta de organização na acomodação dos alimentos, falta de utensílios básicos de cozinhas e o mais grave: Falta de água potável para o consumo huano e para cozinhar os alimentos. Até ovos apodrecidos foram encontrados pelas equipes.
E a Câmara de Vereadores, o que faz que não fiscaliza?