sábado, 29 de agosto de 2009

Saúde reúne para conter avanço da tuberculose e da Aids no município

Por iniciativa da gestão Cuidando da nossa gente, os mais qualificados profissionais da Saúde Municipal realizaram ontem (27) o 1° Seminário Seminário de Có-infecção – Tuberculose e HIV / Aids no auditório da Câmara de Vereadores.

O prefeito Paulo Machado, depois de fazer a abertura com a secretária de Saúde Gorete Braz, voltou falar sobre o encontro: “Não posso me conformar, se a Aids está matando um bonfinense por mês e a tuberculose atacando 50 a cada ano”. Disse reconhecer que esses são males universais, mas que governantes locais sensíveis à saúde do povo podem reduzir, e defendeu a repetição de seminários que “como este” treinam especializam, como atribuição das prefeituras.

Preocupados com o avanço dessas doenças, principalmente quando elas se encontram num mesmo paciente, quase 30 enfermeiros, 10 médicos, seis dentistas e assistentes trabalharam para detalhar o perfil dessas doenças no município e na montagem de ações estratégicas de prevenção e tratamento. Fez parte das decisões, a rápida implementação do Protocolo de Atendimento do Ministério da Saúde em Senhor do Bonfim para que o nosso sistema entre em uniformidade com o sistema nacional.

Em Bonfim, 89 pessoas com HIV ou aids são acompanhadas pelo CTA – Centro de Referência em Saúde Sexual, segundo a coordenadora do Programa Municipal de DST/Aids, Mayana Jambeiro. “Estão com Aids aqueles que já são portadores da doença; os que estão com HIV, são apenas portadores do vírus” explica ela.

Muitas pessoas são portadoras, sem saber. É recomendável que todos façam o exame. As unidades de saúde do município fornecem os medicamentos e fazem o acompanhamento. “É só ir ao Centro de Referência”, na Rua Antonio Vicente e fazer gratuitamente o exame, com resultado imediato. O médico especialista em infectologia, Dr. Juvenilson Andrade,palestrou sobre o tema, importante para o Seminário.