terça-feira, 8 de setembro de 2009

Maria da Penha recebe homenagem em Salvador


A biofarmacêutica Maria da Penha Fernandes, símbolo do combate à violência contra mulher, será homenageada nesta quarta-feira (9), às 10 horas, pela Superintendência Municipal de Políticas para as Mulheres (SPM). A homenagem será realizada no Centro de Referência Loreta Valadares (CRLV), localizado na Federação.

Criado em novembro de 2005, o centro é resultado da parceria entre os Governos Federal, Estadual e Municipal. Além de oferecer serviços públicos e gratuitos de prevenção e atendimento psicológico, social e jurídico a mulheres que sofrem violência, a CRLV organiza palestras e oficinas de conscientização nas escolas, grupos comunitários e diversas outras entidades. O evento contará com a presença da superintendente Ariane Carla e de representantes de instituições ligadas à causa.

Após um longo período de agressões do ex-marido, que a deixaram paraplégica, Maria da Penha batalhou nove anos para que ele fosse condenado pelos crimes. A luta virou o principal símbolo da Lei Federal nº 11.340, sancionada em 7 de agosto de 2006, e batizada com seu nome.

Continuam as buscas pelo bando que aterrorizou Umburanas


Joaquim Almeida da Silva Júnior, 26 anos, morto na troca de tiros na última quarta-feira, era natural de Abaré.

Mais de trinta horas depois de invadiram a cidade de Umburanas, assaltar cinco estabelecimentos, incluindo o posto do Bradesco, casas lotéricas, agência dos correios e supermercados, os acusados ainda continuam foragidos. Mas a policia recebeu novas pistas neste sábado.

A polícia mantém o cerco à quadrilha numa área de caatinga fechada entre os municípios de Mirangaba, Ourolândia, Umburanas e Campo Formoso.

Segundo moradores, os acusados teriam sido vistos pela última vez na última sexta-feira (4), por volta das 11h40mim, na zona rural do município de Mirangaba.

O Cel. PM Everaldo Mendes da Silva, Comandante do Policiamento Regional Norte, esteve na cidade de Ourolândia. Ele elogiou a ação dos policiais, ressaltando o valor do trabalho que vem sendo realizado pelas equipes comandadas pelo Major Sérgio Moisés, comandante da 24ª CIPM, e o delegado de Jacobina, Eduardo Brito, que têm acompanhando a operação.

Sobre a identificação do assaltante morto, a informação é que ele seria natural da cidade Abaré, que fica na jurisdição do Policiamento Regional Norte, comandado pelo Cel. Everaldo Mendes.

Pistas deste sábado

Depois de passarem numa fazenda próxima ao distrito de Taquarandi, onde obrigaram o proprietário a fazer comida, os acusados do arrastão na cidade de Umburanas podem estar na região de Caatinga do Moura, no município de Jacobina. Eles teriam sido vistos na manhã deste sábado, numa comunidade chamada Salinas, nas imediações daquele distrito. A polícia já chegou ao local.

Desde a última quarta-feira, quando assaltaram vários estabelecimentos comerciais em Umburanas, a polícia só conseguiu identificar apenas um dos integrantes da quadrilha, João Almeida da Silva Júnior, que foi morto em troca de tiros com os policiais no povoado de Marruais, no município de Mirangaba.

Relatório Operação Independência - DEL. 10/04 - Sr . do Bonfim

RELATÓRIO DA OPERAÇÃO INDEPENDÊNCIA

OBJETIVO:
Implementar reforço de policiamento e fiscalização de trânsito e dos transportes intermunicipais, interestaduais e internacionais de passageiros nas rodovias federais, visando: à prevenção dos acidentes de trânsito e o aumento da segurança nas rodovias federais, no período do feriado da Independência do Brasil.

PERÍODO:
04/09/2009 a 07/09/2009 ( Sexta-feira a Segunda-feira )
LOCAL:
BR 407 ( Km 00 ao Km 230 ) e BR 324 ( KM 355 ao KM 444 )

RESULTADOS:


NOTIFICAÇÕES TOTAL
EXCESSO DE VELOCIDADE 0
CNH (SEM CNH, VENCIDA, CATEGORIA DIFERENTE... ) 17
ULTRAPASSAGENS PROIBIDAS 22
USO DE BEBIDAS ALCOÓLICAS 04
CINTO DE SEGURANÇA 08
RESTRIÇÕES DE TRÂNSITO 0
TRANSPORTE CLANDESTINO 0
EQUIPAMENTOS OBRIGATÓRIOS 08
SISTEMA DE ILUMINAÇÃO 0


OUTRAS NOTIFICAÇÕES

TOTAL DE NOTIFICAÇÕES 95
TOTAL DE VEÍCULOS FISCALIZADOS 176
PESSOAS DETIDAS 01
PESSOAS DETIDAS POR EMBRIAGUÊS 02
AUXÍLIO AO USUÁRIO 02
TESTES COM ETILÔMETROS EFETUADOS 143
ESTABELECIMENTOS FISCALIZADOS 0
CNH’s RECOLHIDAS 01
VEÍCULOS RETIDOS 04
VEÍCULOS RECUPERADOS 0
CRLV’s RETIDOS 07
DOCUMENTOS FALSIFICADOS 0
CD/DVD APREENDIDOS 0
ARMAS APREENDIDAS 0
CARGA APREENDIDA ( KG ) 9.600
ANIMAIS SILVESTRES 0
CARVÃO APREENDIDO (m3) 0
MADEIRA APREENDIDA (m3) 0
CARGA RECUPERADA 0
COCAÍNA (g) 0
MACONHA (g) 0
ACIDENTES SEM VÍTIMAS 03
ACIDENTES COM VÍTIMAS 02
QUANTIDADES DE FERIDOS 04
QUANTIDADE DE MORTOS 0
EFETIVO 32



Em Senhor do Bonfim, km 117 da BR 407 ( área do Posto PRF ), às 20h00 do dia 05/09/2009, foi preso Djalma Alves Da Silva , 41 anos, CPF 464.244.405-00, condutor do veículo GM/Astra Advantage, placa JRV- 7193 - BA, por dirigir sob influência de álcool. Ocorrência encaminhada à Polícia Civil local.

Em Senhor do Bonfim, km 117 da BR 407, às 17h05, foi preso David de Oliveira Cavalcante, 36 anos, CPF 887.507.285-04, condutor do veículo Honda/CG 125 FAN, placa JSL - 5726/BA, por conduzir veículo em estado de embriaguez alcoólica. Ocorrência encaminhada à Polícia Civil local.

Em Senhor do Bonfim, km 117 da BR 407, às 23h50, foi preso Moises Elias Brito dos Santos, 41 anos, CPF 371.268.655-20, condutor do veículo Ford/F250, placa GXI - 1961/BA, por ter mandado de prisão em aberto.
Ocorrência encaminhada à Polícia Civil de Senhor do Bonfim.





Carlos Alberto Lopes Júnior
Ch. do NPF – Del. 10/04

As broncas dos leitores


Caro repórter gostaria que você anunciasse no seu programa falado e aqui escrito, sobre os comerciantes ambulantes que vendem bebidas enlatadas, os mesmos estão nos roubando sem pena, estão tomando das pessoas R$ 2,00 por uma garrafinha de 500 ml de água mineral, isso é um absurdo, pior que temos que ceder a eles pois não vamos ficar com sede. Veja o tamanho do roubo, 01 vaso de 20 litros custa R$ 5,00.

Caro amigo leitor: a solução vai ser quando ocorrer qualquer evento de qualquer natureza aonde sabendo-se que vai demorar, que vai ser necessário levar crianças etc., devemos sair de casa já prevenido com garrafas térmicas com o líquido precioso.

Auxiliar técnico do Atlético Mineiro quer levar jovens talentos de Bonfim

Com a missão de avaliar jogadores locais das categorias de base, esteve em Senhor do Bonfim, no sábado (5), o ex-atleta Careca, que pertenceu à seleção pré-olímpica, Cruzeiro e Atlético Mineiro e já disse que leva dois.

Representando o Galo, onde há anos é auxiliar técnico, Careca teve sua tarefa facilitada pelos desportistas Pedro Neto e Vandinho. Rapidamente o Estádio Pedro Amorim teve uma tarde movimentada por 12 escolinhas de futebol, que trouxeram times uniformizados para as exibições do momento.

Autoridades, juizes, dirigentes e parentes da garotada fizeram a honra da casa, em breve solenidade ao ex-craque e em apoio aos candidatos-mirins que seriam escolhidos e levados para o clube de Minas Gerais.

Depois do bate-bola, troca de informações e conversas de praxe, o meia-esquerda Rafael, categoria 92 e o atacante David (Dêivid), categoria 95, ambos do Vitorinha, foram alvos da escolha de Careca (não confundir com o Careca do São Paulo e Seleção Brasileira).

No decorrer do treino para avaliações, os pequenos atletas ouviram palavras de conforto e conselhos de Pedro Neto (principal articulador do evento), de Vandinho (que presenteou o prefeito com o estatuto de sua entidade), do Professor Ambrózio (presidente do Petrolina Social Clube e responsável por incluir Bonfim no roteiro de Careca) e do prefeito Paulo Machado que contou histórias, falou de Pedro Amorim, Bobô, Edinho Baiano e divertiu os mais de 100 adolescentes reunidos no centro do gramado.

A fala de Careca foi objetiva e esclarecedora. “Avalio cada categoria de forma diferente”, avisou. “Os 91 e 92 têm de estar prontos, bons de bola; os 93 e 94 devem chegar [no Atlético] melhores dos que já estão lá. Mas não fiquem ansiosos, eu já passei por isso”. Foi paternal mas advertiu que os escolhidos “vão passar por um período de observação”. Passando por esse período “será atleta do Atlético Mineiro”, garantiu apontando o escudo do Galo na sua camisa.

A aproximação foi animadora. Abriu portas para dois dos “futurosos” talentos que, agora, são alvos do acompanhamento dos futebolistas bonfinenses.

Independência foi homenageada com a diversidade da cultural regional


Em nome do orgulho municipal pela Independência do Brasil, o desfile ao 7 de Setembro não só concentrou escolas, corporações militares e entidades do povo na Praça Juracy Magalhães. A população prestigiou até o fim a variedade de manifestações cívicas. Escolares caracterizados como Indígenas trouxeram à lembrança os kiriris, nossos antepassados regionais; e militares em traje de gala ou de campanha exibiram em ritmo e altivez a arte de servir e homenagear a pátria.

Mães, pais, esposas e parentes disputaram lugar junto às cordas para ver, aplaudir e fotografar o desempenho de seus entes queridos. “Quero ir logo pra casa, mas como cada grupo é melhor, estou ficando” – disse, às 10h e 45min, dona Beatriz da Silva Aquino, moradora nas Casas Populares, enquanto do palanque as palmas ressoavam para a marcha de crianças de tenra idade, adolescente e adultos – ou para a conhecida sirene da simpática equipe do Samu.

Acrobracias e cadências, balizas e habilidades corporais fizeram o deputado Zezéu Ribeiro bater no ombro de Biro-Biro: “Essa diversidade é encantadora, não sei porque não é assim nas metrópoles”. A “diversidade nas manifestações da cultura bonfinense” foi pontuada também no discurso do prefeito Paulo Machado e na empolgação da secretária Lílian Teixeira: “Cada colégios municipal está trazendo um tema diferente”.

Balé, capoeira, fanfarra, percussão, motes afros e indígenas construíram a felicidade e a glória de músicos, professores e alunos de estabelecimentos públicos e particulares. O público assíduo disputou espaços até nas laterais da Catedral, que serviram de concentração de um lado e de dispersão do outro. Se dona Beatriz continuou até o fim, viu também a rica linguagem de arte teatral com que o grupo Aroeira Cênica abordou episódios da história da Independência do Brasil.

O grupo de guris liderados por Paulinho (Machado) equilibrando-se sobre pernas-de-pau não era uma imitação circense. Ali se iniciava uma representação da ingenuidade do povo (maioria de indígenas e escravos em 1822), dividido em lutas fratricidas pela monarquia ou contra ela.

Em seguida, figurantes, em figurino exuberante, passaram a representar uma sucessão de fatos. A própria Maria, a rainha-mãe, titubear na incerteza, também ela, do que seria melhor: assumir o poder com D. Pedro I à frente de um Brasil independente, contra a velha Monarquia, ou ficar com o antigo privilégio. Na angustiante dúvida, a rainha Maria aparece erguida às alturas sobre a cabeça dos pernas-de-pau, mas, ao mesmo tempo, deitada ao chão, como a monarca morta, mas espiritualmente sonhando em “não perder o poder”.

As cenas projetam a subjetividade dos poderosos daquele tempo. De um povo marginalizado, que não participa das decisões e sem razões briga entre si. Cenas verdadeiras. Exprimem mais que “fragmentos da realidade histórica da Independência”. Em nove minutos, o Aroeira desfilou arte dramática de qualidade elogiável. Para o seu mentor, Benedito Oliveira, “o trabalho foi longo, responsável e exigente”.

“D. Pedro” e a “rainha” na pele de atores com corpos horizontalmente rígidos, suspensos por outros em pernas-de-pau, a três metros do chão, extrapola o simples “teatro de rua”. Suscita treino, habilidade e primor técnico. No último ato, a arte dramática do Aroeira põe D. Pedro e a Rainha lá no alto arregalados ante o surgimento lá em baixo de um robô. “É o casal de poderosos já antevendo o futuro econômico e tecnológico do nosso país” – explica Benedito.

Ainda assim, quase não se sabe qual foi o melhor espetáculo, tal as categorias e criatividades desta festa cívica.



DESTAQUES NA POLICIA

Briga começou na feira livre e só parou no complexo

Por volta das 16h25min, de sábado (05/09), deu entrada no HR, o Sr. Rodrigo Barbosa da Silva 25 anos residente na Fazenda Barro. Informações que ele estava na feira livre e a pessoa identificada por ALEX DA SILVA, residente a Rua Maria Quitéria em Igara, teria lhe oferecido temperos, como o Sr. Rodrigo não quis comprar na mão de Alex, sendo que o Alex proferiu palavras de baixo calão contra Rodrigo, que reagiu com um bofetão.
Alex se apossou de uma arma branca tipo peixeira e agrediu o Rodrigo com uma facada no antebraço esquerdo.
Após o atendimento a Rodrigo no ambulatório do HR, os dois foram ouvidos no complexo policial.



Jovem entra em estado de choque após ser assaltada

Quando se dirigia na companhia de outras colegas, para a festa que aconteceu no campo clube no último sábado (05/09), a jovem de iniciais S.N.N 20 anos, residente a avenida Morgado centro de Bonfim, foi vitima de assaltante, que lhe abordou nas imediações da avenida Antonio Laurindo, centro, rasgando sua blusa e roubando o aparelho celular.
Para o azar do ladrão (atrazalado), alguns motoqueiros que passavam próximo ao local ao perceber a ação do elemento, perseguiram-no alcançando nas imediações da Avenida Júlio Silva, onde a viatura da PM foi acionada e o ladrão foi apresentado complexo policial, detalhe o meliante ainda tem apenas 17 anos suas iniciais A.C.F.S


Homem morre com pelo menos sete tiros em Carrapichel

Na madrugada de domingo (06/09), a policia civil foi acionada no distrito de Carrapichel, onde em um estabelecimento comercial denominado “BAR DA NEGA”, houve um homicídio, sendo vitima a pessoa identificada por CELIO BARBOSA DA SILVA, ele foi alvejado por pelo menos sete projeteis, sendo dois no abdome, dois no peito, um na perna direita, um no braço esquerdo e outro no braço direito, fato ocorrido por volta das 00h20min, os autores ou autor não foi detido até ao presente momento.


Briga de marido e mulher vai parar na cadeia



Por volta das 21h45min, foram apresentados na delegacia de policia, o Sr. JOSÉ BATISTA DOS SANTOS (Lacraia) de 50 anos residente ns casas populares, e A Srª. Nelci dos Santos Pedro 49 anos, ambos em visível estado de embriagueis alcoólica.
Cada um tentando apresentar uma versão diferente, a Lacraia dizia que ela havia escorregado e batido com a cabeça no chão, ela o acusava dizendo que ele a agrediu a golpes com o cabo de uma espingarda, deixando ferimentos na cabeça lado esquerdo.
O Lacraia apresentava ferimentos na orelha direita e arranhões no tórax e pescoço, os dois mantêm um relacionamento a pelo menos uns cinco anos.