segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Polícia convoca aprovado em concurso para soldado

Os candidatos inscritos no Concurso para Soldado da Polícia Militar podem verificar no Diário Oficial do Estado da Bahia, nº 071, do dia 23 de outubro, e no site www.pm.ba.gov.br, a relação com os convocados para a realização do Exame Pré-Admissional - Avaliação Psicológica, que ocorrerá no dia 8 de novembro de 2009, em todo o Estado.


De acordo com os organizadores do concurso, é importante os candidatos ficarem atento ao horário, que serão fielmente cumpridos. Eles devem ficar atentos também aos locais de realização do exame

Juventude de Bonfim em busca de seus direitos

Jovens de Senhor do Bonfim estarão se reunindo e se organizando para exigirem seus direitos, que muitas vezes são desrespeitados.Nossa primeira briga vai ser em favor da carteira de estudante que é um absurdo não ser respeitada em nossa cidade, os empresários que fazem festa ou em qualquer outro evento acha que é um favor eles derem meio entrada. Quando na verdade é uma obrigação, com o suor de muitos estudantes que lutaram por esse direito.

A juventude de Bonfim esta muito acomodada metade de seus eleitores são jovens, e não temos nada que os represente, não temos como em muitas outras cidades um conselho municipal da juventude que também esta na constituição, e não é respeitada como muitas outras coisas ligada a juventude.

Estamos organizando uma festa no Apetit Dance neste sábado dia 31 a partir das 20Hrs para promover a questão da carteira de estudante, para mostrar ao jovem como funciona a meia entrada, para que ele conheça como funciona um direito que é dele, para que daí em diante nos possamos lutar juntos por esta obrigação que não pode ser levada como um favor.

Dois bonfinenses morreram em acidente em Simões Filho


O garoto Pedro Barbosa de Araújo dos Santos, 4 anos, e Jamile Barbosa Araújo, 21, morreram carbonizados nesta sexta-feira à noite num acidente que envolveu seis veículos no Km-5 da rodovia BA- 093, em Simões Filho. Eles viajavam no Monza prata, BUH-7274, licença de São Paulo, dirigido por José Santos Araújo e que levava mais três pessoas, incluindo outra criança de pouco mais de 1 ano. O carro, que vinha de Senhor do Bonfim para Camaçari, pegou fogo e as vítimas fatais ficaram presas nas ferragens.



O acidente aconteceu por volta das 19h50, na rodovia que, apesar de possuir um fluxo intenso de caminhões de carga e de veículos de passeio, não tem iluminação nem acostamento e cujo asfalto está em péssimas condições de conservação. Segundo relatos dos motoristas dos veículos envolvidos no acidente, o condutor do Monza tentou ultrapassar o caminhão Volvo FH, placa MGM-2926, de Santa Catarina, pouco antes de uma curva.



Ao perceber aproximação de outros caminhões, tentou frear, mas acabou batendo na lateral do Volvo. José Santos Araújo perdeu o controle da direção e o carro ficou atravessado no meio da pista. O Monza foi atingido pelo Mercedes Benz, AXB-0066, do Paraná, dirigido por Edilson Vital dos Santos e que transportava farelo da cidade de Luís Eduardo Magalhães para o Porto de Aratu. Com o choque, o Monza ficou prensado entre os dois caminhões e bateu no táxi Corsa JOM-4983.

Antes disso, uma senhora e uma criança foram lançados para fora do carro. José Santos Araújo conseguiu sair do veículo depois que o tanque de combustível explodiu, retirando um homem idoso que viajava no banco carona, com ajuda de parentes que vinham num carro atrás. Os quatro feridos foram socorridos para o Hospital Geral de Camaçari (HGC).

O fogo do Monza incendiou o Corsa e o Volvo, cujo motorista desapareceu após o acidente. Ele havia tentado parar o caminhão para evitar a colisão com o ônibus da Empresa VSA placa JNW-9708, que seguia de Camaçari para Simões Filho com 15 passageiros. Segundo o motorista do coletivo, Robson Bispo, ao ser freado, o caminhão em chamas ficou em “L” com a sua carreta e saiu deslizando na sua direção. Robson Bispo conseguiu frear o coletivo, levando o veículo para a contramão. Dessa forma, o ônibus bateu apenas na lateral da carreta, sofrendo destruição parcial do lado direito.



Os passageiros sofreram escoriações e ficaram muito nervosos, segundo Robson Bispo. Menos sorte teve Francilice Oliveira Brandão de Souza, que viajava no banco carona de um Uno branco, de placa não identificada. O condutor do carro, cujo nome não foi informado, desviou o veículo para um barranco para evitar a colisão com o Volvo, mas as chamas do caminhão também incendiaram o Uno. Os ocupantes foram socorridos com ferimentos leves para o HGC. Três viaturas do Corpo de Bombeiros trabalharam no controle das chamas.