segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Noticiário policial


Jovem tenta suicídio ao ingerir comprimidos

O jovem de iniciais CCS 24 anos residente no distrito de Quicé, deu entrada no HDAM, depois de apresentar sintomas de intoxicação.
Segundo informações ele havia ingerido vários comprimidos, no intuito de cometer suicídio. Os motivos reais dessa tentativa não foram revelados, após passar pelos procedimentos de praxes ele foi liberado.


Jovem transferido para Petrolina após acidente entre moto e carro

Por volta das 02h05min da madrugada de domingo deu entrada no HDAM o jovem VAGNER PEREIRA 29 anos residente no bairro Bonfim III.
De acordo com informações ele teria ido levar um parente, e ao mesmo tempo foi visitar um filho de seu primeiro casamento, e lá teria dito que se viesse a falecer não deixaria a criança desamparada.
Depois de ter levado o familiar ele retornava para sua residência e nas imediações da ladeira do capote sofreu uma colisão com sua moto e um veículo, onde ele sofreu várias fraturas, traumatismo craniano e infelizmente teve uma de suas pernas amputadas, e encontra-se hospitalizado em Petrolina seu estado é crítico.


Menina encontrada desacordada na zona rural de Bonfim

Na tarde do último domingo deu entrada no HDAM a garota de 12 anos, residente no bairro Alto da Maravilha.
De acordo com informações de familiares ela teria saído com destino a um mercadinho para comprar alguma coisa, e desde então não havia retornado para sua casa, quando familiares souberam que ela havia sido encontrada por populares em uma estrada vicinal próximo a Fazenda Suíça na zona rural de Bonfim.
A menina é a mesma que acusou um vigilante de ter lhe estuprado fato ocorrido no final de novembro em Senhor do Bonfim, após terem ido a um motel.

Mostra 2009 levou realizações culturais do governo ao Calçadão

O show sanfonado, liderado pelos foles dos mestres Josa e Chiquinho, espalhou o som do sábado (5) no Calçadão logo cedo. Foi o tom do forró à frente da Cultura bonfinense mais enraizada, anunciando que, em 2009, o governo Cuidando da Nossa Gente soube ativar e reativar tudo que se exprime em arte no território municipal.

Alex, Daniel Gomes e o grupo Mandala Blak sucederam-se no “Palco Livre” do toldo de entrada. Pela MPB mostraram o que é que Bonfim musical sabe fazer quando um governo popular abre canal para o desenvolvimento da criação, produção e exibição do canto em “solo” ou coletivo, vocal ou instrumental.

Magia

“Não pudemos mostrar tudo. O sábado acompanha a força da feira, até as 14 horas” – lamentou Edneuton Sá, Coordenador do Departamento de Cultura. Enquanto isso, ao toque rítmico e mágico das mãos de Dinha (sempre ela) na lata fazia o coro cântico de vozes evoluir para uma roda de giros cadenciais. Era a alegria do Samba-de-lata, pegando na veia do próprio Paulo Machado, maior admirador dessa caríssima tradição da terra.

Ele tomou do microfone e de quando em vez descrevia cada significado. Do Dia da Cultura Bonfinense (5 de dezembro), da passagem de Rui Barbosa nessa data, há 90 anos atrás, em Senhor do Bonfim e da riqueza histórica que esse passado de glórias legou para nossa geração. Da herança cultural do negro e do indígena, e da importância desses valores para a diversidade de manifestações da nossa geração atual.

Ligado no social

A Filarmônica Mirim União dos Ferroviários entrou e ele prosseguiu. Quem passava parava. Bruno Lopes (26), engenheiro, morador do bairro Maristas comentou: “são pessoas novas recebendo algum apoio e tocando tão bem. É bom para a cidade”. Quem estava continuava. Severino dos Santos é o Bil, (63), aposentado, mora na Alberto Torres, 260, Gamboa: “Quero sair e não consigo. É bonito, estou é aprendendo. Até o homi ta ali”. Qual o homem? “O Paulo Machado”. O que acha dele? “Tô achando é bom, ele é ligado no social”.

O melhor

No espaço do artesanato rolaram produtos da habilidade manual com os recursos naturais da região. Vendeu hoje? “Tudo, não, a gente sempre comercializa o que faz”, disse dona Zeninha, ouvindo a batida do Samba do Parentesco e explicações de Vanildo, quilombola que gosta de divulgar o que orgulha a sua comunidade (Tijuaçu). A Biblioteca Itinerante, tão conhecida em todas as regiões de Bonfim não parou de receber visitantes na entrada do Calçadão. E a Casa do São João não parou de exibir vídeos, álbuns, textos e registros fotográficos do melhor São João de Senhor do Bonfim: o de 2009.