terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Homem que tentou matar familiares morre em troca de tiros com a polícia


Uma tragédia aconteceu na quarta-feira (02/12), por volta das 09h30min no interior do município de Filadélfia (divisa com Ponto Novo).
Segundo informações, Nilton Monteiro, que já tinha um atestado de insanidade mental, e alucinado dizia que seus familiares queria lhe matar, e resolveu trancar sua familia em um dos quartos na noite anterior ao crime.
Já na manhã do dia 02 de dezembro quando NILTON se destraiu a sua esposa conseguiu fugir com uma criancinha, Nilton atingiu um de seus enteado na cabeça, que mesmo ferido conseguiu fugir do agressor e procurou socorro a um motorista que passava nas imediações.
Infelizmente a menina de 11 anos não conseguiu fugir sendo atingida na cabeça com um golpe de foice e posteriormente foi esquartejada pelo padrasto que a golpes de foice decepou obraço da garota e cortou a face deixando-a desfigurada, sendo trasferida para Juazeiro vindo a falecer na sexta-feira dia 04 de dezembro
Naquela ocasião a Polícia que se deslocou até o local na busca para deter o acusado, foi recebida com tiros desferidos por Nilton, que reagia de forma violenta.
Sem opção, a Polícia reagiu a altura, sendo Nilton atingido, vindo a morrer a caminho do hospital.

MEGA NATAL DE SENHOR DO BONFIM

Mudanças para condutores conseguirem 1ª habilitação


As novas regras estabelecidas pela resolução 285 do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN), que altera a carga horária dos cursos para a retirada da primeira habilitação (em vigor no dia 1º de janeiro de 2009) alavancaram a procura pelo serviço no ano passado.

Com as novas regras do Contran, o condutor passou a ficar mais tempo nos Centros de Formação de Condutores (CFCs). A carga horária do curso teórico teve um salto de 30 horas aula para 45 horas aula e de direção veicular, de 15 horas aula para 20 horas aula; a realização do curso de direção para motocicleta passou a ser permitida em via pública; todos os candidatos agora podem realizar a prática de direção veicular em condições climáticas adversas como, por exemplo, na chuva, nevoeiro ou noite, dentre outras mudanças.

SEGURANÇA: Governador descarta contratação de concursados em 1997


Sobre os 912 aprovados em concurso público realizado desde 1997 para a Polícia Civil, mas que até agora não foram nomeados, o governador Jaques Wagner (PT), no dia do lançamento da Operação Verão, mesmo diante de toda crise no setor de Segurança, que inclui falta de pessoal, conforme vem sendo amplamente divulgado, declarou de forma taxativa que o governo estadual não tem condições de contratar todas essas pessoas. Segundo ele, houve erros inconstitucionais no edital do processo e o seu governo não pode arcar com isso. “Nenhum concurso público abre brecha para que os aprovados sejam chamados depois de tanto tempo. A medida que o nosso orçamento nos permitir chamaremos, mas não podemos assegurar a contratação de todos”,destacou. Sobre a violência instalada no estado, Wagner minimizou o problema e afirmou que muitas coisas estão sendo feitas, como o curso para os policiais militares. “No entanto, não é possível fazer tudo de uma vez”. Vale ressaltar que por conta de reivindicações não cumpridas por parte da administração estadual , os policiais militares anunciam já para esta semana uma nova greve "branca".

Único brasileiro em lista de melhores da década


O cantor Alexandre Pires está com todo prestígio lá fora. Ele é o único cantor brasileiro no ranking das músicas latinas mais populares dos anos 2000. A lista foi divulgada na revista Billboard. Alexandre ocupa a 51ª posição com a música “Usted se me Llevó La Vida”. A lista é composta por cantores como Shakira, Juanes, Enrique Iglesias e Rick Martin.

Salvador tem mais de 2 mil moradores de rua


Salvador tem 2.076 moradores de rua, de acordo com levantamento realizado pela Prefeitura, Ministério Público Estadual (MPE) e Fundação José Silveira e divulgado na manhã desta terça-feira, 15. De acordo com dados do IBGE relativos a 2007, Salvador tem 2.892.625 habitantes. A maioria dos moradores são homens (79,8%), negros (49%), com 18 a 39 anos (70,2%). Ao longo do levantamento, foram entrevistados 2.010 moradores de rua e detectou-se que 50,6% foram morar na rua por problemas afetivos e familiares. O segundo motivo apontado foi o uso de drogas e álcool com 34,2%. A Cidade Baixa é a região com mais moradores de rua (620), seguida de Pelourinho, Baixa do Sapateiros, Barroquinha e Barbalho (com 487) e o Centro da cidade (com 321).

1ª Oficina estruturante: união para construir a saída

Há questões de políticas públicas que se situam entre as três esferas de poder executivo (municipal, estadual e federal), mas ficam numa espécie de “área cinzenta”, em que nenhuma destas instâncias resolve nada.

De um lado o Município não tem recursos para solucionar, por exemplo, o problema da ÁGUA em suas diversas funções, desde a preservação à distribuição. E de outro lado, o Estado e a União também não encara a solução. Eles priorizam programas estratégicos que ou corrigem genericamente a extrema pobreza, ou desvelam-se para implantar mega-projetos infra-estruturais. Problemas intermediários como os que emergencialmente afligem a nossa região muitas vezes ficam por conta do destino.

Se houver um debate para determinar de quem é a responsabilidade para garantir toda a política da ÁGUA nos municípios, as três esferas de poder acabarão saindo cobertas de razão. E porque ninguém assume, os municípios de regiões carentes como o semi-árido, em que há pouca Estrada, pouca Escola, pouca Saúde e pouco tudo, obrigam-se a reconhecer que estão numa zona onde a saída é procurar a saída.

Mas enquanto isso, graves questão de SAÚDE e suas dores de cabeça com prevenção, tratamento, hospitalização e, novamente, prevenção estão continuando e se agravando.

As ESTRADAS municipais e intermunicipais não podem continuar cada vez mais carentes, precisando de ampliação, pavimentação e manutenção.

Esse tipo de problemas em município pequenos e médios como os nossos não terão qualquer intervenção vinda de cima para resolvê-los especificamente. São problemas graves que consomem dinheiro, que roubam tempo, que atrapalham a vida das comunidades e desorganizam as finanças municipais.

Chegou a hora então da “1ª Oficina Territorial de Políticas Públicas para o Piemonte Norte do Itapicuru” chamar para si a construção de alternativas. “Há muita coisa que os municípios podem fazer juntos, embora cada município tenha que continuar sua luta individual”, esta afirmativa do prefeito Paulo Machado soou convincente em setembro. O que falta agora é uma marcha célere para amarrar a fusão de interesses.

O fórum convocado para esta Oficina é altamente qualificado. Tem o antecedente da discussão de setembro, quando gestores e representantes da quase totalidade da microrregião parecem ter descoberto senão o mapa da mina, pelo menos o caminho da cooperação.

Feito com a personalidade e a individualidade dos homens, os municípios incorporam valores iguais. São concorrentes caprichosos e independentes. Mas em situações peculiares de defesa agem como povos inteligentes que buscam a saída na quebra do isolamento.

Ao perder reservas econômicas e desenvolvimento para pólos asiáticos e norte-americanos um grupo de países do Velho Continente formou a UE (União Européia). Eles usaram o princípio da união para se auto-protegerem. Princípio da inteligência.

Aqui, as razões são outras, mas o princípio da racionalidade está comandando a união para somar força e com ela um começo de solução. Unidos, consorciados ou cooperativados nossos municípios microrregionais podem dar exemplo para sua reedição noutros territórios.

A quantidade de problemas em comum no Território pede mesmo que os municípios formem uma comunidade consorciada. Ela pode impulsionar outras atividades. Pode melhorar o poder político, a capacidade de barganha e até fazer progredir o vasto mundo da organização micro-econômica geradora de emprego e renda regional.

Por Antonio Britto

POLÍCIA: Três supostos assaltantes do BB de Santa luz são mortos em confronto com a Polícia


A Polícia Militar, depois de realizar um trabalho de investigação pela "agência diária" do 16º Batalhão da PM, sediada em Serrinha, localizou na tarde deste domingo(13), no povoado de Ambrósio, município de Cansanção, três suspeitos de terem participado no assalto ao Banco do Brasil de Santa luz no dia 04.

A operação terminou com a morte de Laudemi de Jesus, (Laudo), Edson Soares Barreto e um terceiro de conhecido por Gilsão. Segundo a polícia, eles estavam bebendo na inauguração do Bar de Laudo e quando avistaram as viaturas, começaram a atirar, sendo revidado pelos policiais, que reagiram atirando, resultando na morte dos três suspeitos.

A polícia já sabe que após o assalto a quadrilha fugiu em direção ao rio Itapicuru, onde fica a fazenda do Gilsão, conseguindo desaparecer sem deixar pista e, pelas as imagens do sistema de segurança interna do Correio, aparece o Laudo, que pode ser o que manteve durante todo tempo o um soldado como refém.

Há indícios, segundo fonte da policia, que Euclides Almeida Santos, 52 anos, conhecido por Kidão, tenha envolvimento com o bando e teria ocorrido um desentendimento com os outros integrantes na divisão do dinheiro e não é descartada a hipótese que ele teria sido morto pelos comparsas.

Com o bando a polícia apreendeu três revólveres calibre 38, o celular pertencente ao soldado que foi tomado como refém, que estava com Laudo, não encontrando dinheiro nem as armas usadas no dia do assalto. O trabalho investigativo vai continuar, pois a policia quer saber quem são os outros integrantes, inclusive os dois que fugiram no carro do agricultor até Feira de Santana.

Diante das constantes viagens que as pessoas da área onde os assaltantes mortos residiam, fazem a São Paulo, a polícia também investiga a ligação com o crime organizado da capital paulista, inclusive a participação de membros no dia do assalto, que teriam alugado as armas para o assalto.

A polícia prendeu o vaqueiro da fazenda de Gilsão, pois acredita que ele saiba mais sobre o assalto e já foi informado que na sexta-feira (04), ele teria saído da fazenda pela manhã e retornou à tarde com os comparsas. Sabe também que a quadrilha já estava desconfiando da ação da policia.

CULTURA: 5ª no cinema


ESCRITORES DA LIBERDADE
(História baseada em fatos reais - UMA LIÇÃO DE VIDA)
Tema: Ensinamento de Vida
Classificação: 12 anos
Taxa de Manutenção: R$ 2,00

CULTURA: "UMA VIAGEM ATRAVÉS DAS ESTRELAS"

Espaço de Ciência e Cultura da UNIVASF, apresenta em Senhor do Bonfim.
Espetáculo Teatral: "UMA VIAGEM ATRAVÉS DAS ESTRELAS"

Centro Cultural Ceciliano de Carvalho
18 e 19/12/09 às 20h
Classificação: Livre
Release em anexo.
Realização: Espaço de Ciência e Cultura da UNIVASF
Valor (Meia Promocional): R$ 5,00

Riana de Oliveira
Deptº de Cultura
Senhor do Bonfim/Ba

Carrapichel curtiu Papai Noel no “Natal pra Nossa Gente”

O “Natal pra Nossa Gente”, inovação introduzida pela gestão do prefeito Paulo Machado para levar também aos distritos a festa cristã, ocorreu na praça de Carrapichel neste fim de semana com grande concorrência da população, principalmente da garotada.

A equipe do Gabinete comandada por Wilma, Juliana, Alcione, Yana e muitos auxiliares comandou a organização geral. O prefeito manteve a tradição de cumprimentar pessoalmente os moradores da proximidade e de se pronunciar exaltando a importância do evento. A comunidade respondeu com o reconhecimento. “Até que enfim nossas crianças puderam ver um Natal aqui”, disse uma das mães, durante a fala do prefeito pela sonorização instalada na praça.

A estrutura de diversões que, cumprindo a programação do governo Municipal, vem percorrendo localidades da zona rural contou com escorregadeiras, camas elásticas, pula-pulas e a figura do Papai Noel. Estilizado, o velhinho pousou para fotos com a gurizada. A distribuição de sacolinhas de doces fez a fila aumentar.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Prefeitos do Piemonte avançam para políticas públicas em regime de colaboração

“Há muita coisa que os municípios podem fazer juntos, embora cada município tenha que continuar sua luta individual”.

Esta frase, lançada em setembro pelo prefeito Paulo Machado, rendeu na ocasião, um dia de discussões focadas nas idéias originais de criação de consócio e de práticas políticas de colaboração na microrregião.

Convocação

E rendeu também a formação do Grupo de Trabalho que agora convoca a 1ª Oficina Territorial de Políticas Públicas para o Piemonte Norte do Itapicuru, evento que, nesta quarta-feira 16 e quinta-feira 17, reunirá no Centro Cultural Ceciliano de Carvalho prefeitos, secretários, vereadores, técnicos e assessores de municípios microrregionais, além de entidades de diversos setores sociais dos municípios.

Grupo de Trabalho

Com a missão de elaborar para a 1ª Oficina uma pauta fortalecedora das cadeias produtivas do território, o Grupo de Trabalho ficou constituído pelo titular Raimundo Freitas, secretário de Agricultura de Senhor do Bonfim e Coordenador do Território; Andreilto Barbosa, secretário de Meio Ambiente de Senhor do Bonfim; Ismael, de Campo Formoso: Marcos Gomes, de Jaguarari; Paulo Roberto, de Andorinha; Cantídio Neto, de Filadélfia; Gilberto Amorim, de Pindobaçu; e José Alves, de Itiúba.

Pauta

Voltada para as grandes questões do território (Meio Ambiente, Agricultura, Saúde, Hospital Regional, Segurança Pública, Educação, Infraestrutura, Abastecimento, Cultura), a pauta do que será tratado na 1ª Oficina contém aproximadamente 35 temas, entre os quais aeroporto para o Território, patrulha mecanizada, matadouro territorial, água para produção, segurança pública, Samu territorial, educação ambiental, etc. Esses temas serão divididos e analisados por 9 equipes, na quarta-feira 16. No dia seguinte (17) haverá plenária de socialização das discussões nos dois turnos. Antes do encerramento, previsto para as 17:40h, a data e o local da próxima reunião serão marcados.

Fonte: Assessoria de Comunicação PMSB