quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Era de Jacobina família morta em chacina em F. de Santana


Era de Jacobina a família morta na chacina em Feira de Santana. Cleidson Mariano Araújo, uma das vítimas, foi funcionário da Jacográfica, empresa que já foi sediada em Jacobina. Seus pais residem no bairro Jacobina 3.

A Chacina - Conforme o relato de moradores da localidade, quatro homens chegaram a residência em duas motocicletas. Invadiram a casa e executaram a tiros quatro pessoas – dentre elas duas crianças.Foram mortos o casal Cleidson Mariano Araújo, 29 anos e Eliana Batista da Conceição, 41 anos; o filho dela, Breno da Conceição, oito anos; e o amigo do garoto Bruno Silva de Jesus, 10 anos.

Após efetuar os disparos os bandidos fugiram sem deixar pistas. Cápsulas de pistola 9mm estavam espalhadas pela casa. A chacina assustou a todos que estiveram no local.O corpo de Bruno foi encontrado no banheiro. A vítima morreu agachada ao lado do vaso sanitário – dando indícios de que tentou se esconder, mas foi alcançado pelos bandidos.

Os corpos de Cleidson e do seu enteado, Breno, foram encontrados na sala. Já Eliana foi executada nos fundos da casa.O capitão da Polícia Militar, Marcio Maza, esteve no local para acompanhar os primeiros procedimentos.

“Um crime bárbaro, com um alto grau de violência, mas ainda é muito cedo para termos qualquer definição quanto a autoria. Já verificamos que uma das vítimas, o Cleidson, tem pelo menos quatro passagens pela polícia por diversos crimes”, revelou o capitão.

POLÍCIA: HOMEM MORTO A TIROS EM CANSANÇÃO


"Neguinho da Isabel", morto a tiros na noite do dia 21/12/09, na cidade de Cansanção, por dois desconhecidos em uma moto.

Show de variedade na praça natalina dobrou a madrugada

O quarto dia consecutivo do Natal pra Nossa Gente realizado no largo da Prefeitura Municipal ontem (22) apresentou uma agenda farta e variada de apresentações. Aos 30 minutos de hoje a cantora Raiane ainda brincava com o público: “agora é que está bom, é a dobra da madrugada”.

Fazendo solo vocal na companhia do seu trio “Som Cuca”, Raiane foi capaz de interpretar canções populares bem escolhidas dando-lhes uma versão rítmica renovada. Valendo-se do seu timbre especial e de um instrumento de percussão pouco conhecido, mas suave, saiu, por exemplo, da originalidade de Vinicius de Moraes sem comprometer a qualidade do samba. Com um copo na mão, porém lúcido, Aurélio (Aureoly Guimarães) deixou escapar: “lembra o estilo de Cássia Eller”.

Partilha

As atrações anteriores foram ao feitio do Natal. Aproximadamente 30 garotas fizeram o “Anjos de Luz” com toda graça juvenil. Trajada de branco, parte delas foram as irrequietas bailarinas anunciadoras da vinda de Jesus Cristo e exaltadoras da Família enquanto unidade básica da estrutura social cristã. Um pouco antes, a totalidade delas tinha praticado o que mais sintoniza esse grupo católico: cantar em conjunto. Dirigidas por Luzia (Alves Batista) elas formam o Coral Anjos de Luz. Suas mensagens “partilharam esperanças”, como sugeriu o discurso do prefeito Paulo Machado no começo da noitada. A numerosa platéia as aplaudiu repetidamente.

Espaço

Jacira Lola, moradora na Cândido Félix 203, confessou seu gosto por esse tipo de festa de Natal e Joselita Vieira, que veio da Rua Voluntários da Pátria com um filho de oito anos foi adiante: “Esse espaço (a frente da Prefeitura) devia comportar atividades culturais o tempo todo e não ser só no fim do ano”. Ambas prometeram não perder apresentação da Filarmônica Mirim da União dos Ferroviários, que entraria no momento seguinte.

Se ficaram assistiram duas apresentações do gênero. Uma com instrumentos clássicos de uma filarmônica tradicional e outra com a garganta, constituída do Coral da Saudade. A filarmônica foi a mirim da União, com 38 adolescente, 12 dos quais do sexo feminino e todos na faixa etária média dos 14 a 15 anos. “Se Cantídio, que é ou seo Bananeira, tem 77 anos e é uma exceção na filarmônica”, disse o maestro José Eduardo Rodrigues. Eduardo sustenta que seo Bananeira é um símbolo da história musical de Bonfim.

Regência

A sonorização da praça bradou que “Quatro desses mirins estão estudando música na UFBA – Universidade Federal da Bahia”, era a voz inconfundível de Eloilto Cajuhy como que a dizer vocês da platéia têm razão para estar gostando. E a regência do maestro Fernando Dantas entrou dosando as vozes de 26 adultos em cantorias soladas por um ou por todos. Lá estava o professor e membro da Academia de Letras, Pedro Ernesto, entre os que no Coral da Saudade orgulhosamente obedeciam a partitura executando letras e músicas para o Natal de 2009.

Assessoria de Comunicação PMSB

Polícia prende homem que espancou companheira


Por volta da 07h30min, da manhã desta quarta-feira (23/12), a guarnição da Pm comandada pelo sgtº Torres, deteve o meliante identificado por MICHAEL BENTO FERREIRA DA SILVA, residente no bairro do mercado, ele é acusado de ter agredido sua companheira identificada por JAQUELINE DA SILMA MENDES.
Nossa equipe esteve conversando com o agressor que contou que agrediu Jaqueline por que ela teria pegado umas bermudas suas e vendido para comprar crack, e enfurecido ele foi ao encontro dela e encontrando-a nas imediações do beco fino, teria lhe agredido dando lhe uma rasteira e agredido ainda a ponta-pé, deixando lesionada no couro cabeludo e no rosto onde devido a violência a Jaqueline desmaiou e foi socorrido pelo SAMU até o HDAM.
Enquanto que seu companheiro e agressor foi apresentado no complexo policial e autuado em flagrante enquadrado na lei Maria da penha LEI Nº 11.340, DE 7 DE AGOSTO DE 2006.

Amizade de álcool, colega agride outro a golpes de facão em Igara


Por volta das 20h50min, da noite do dia 22 de dezembro, deu entrada no HDAM o sr OSMÁRIO AUGUSTO DE OLIVEIRA 55 anos, residente no distrito de Igara, de acordo com informações ele estava a companhia da pessoa de pré-nome GERSON e faziam uso de bebida alcoólica, quando segundo a vitima o GERSON e sem motivos arrastou um facão e desferiu alguns golpes atingindo na mão direita e no couro cabeludo, após ser medicado e liberado.
A equipe OLHO NA NOTICIA "parceiro do blog" esteve com o sr Osmário que teria sido agredido pelo sr Gerson que também estava no hospital com os policiais aguardando pelo atendimento da vitima para fazer a apresentação do acusado na delegacia. Após o sr Osmário pedir providencias aos Pms de Igara sobre o ocorrido, os mesmo fizeram diligência onde com muito trabalho localizaram o autor ainda com a arma do crime. O esforço da Policia foi em vão, uma vez que o sr Osmário ao chegar a delegacia não quis representar contra a pessoa que tentou contra sua vida com um facão e ainda serviu água a seu agressor.

Homem morre subitamente próximo 6º BPM

foto Bonfim Notícias

Na manhã desta quarta-feira (23/12), o sr EDVAN RODRIGUES DE SOUZA 55 anos residente na localidade de Bananeiras, faleceu quando se encontrava próximo ao prédio do INSS e perto do 6º BPM, ele estava com documentos como o timbre do INSS, e de repente faleceu, o SAMU esteve no local mas o homem já havia morrido.