terça-feira, 9 de março de 2010

SENHOR DO BONFIM IMPLANTARÁ SISTEMA DE VIDEO-MONITORAMENTO DA CIDADE


Em reunião coordenada pelo Prefeito Paulo Machado e pelo comandante do 6º. Batalhão da Polícia Militar, ocorrida nesta segunda-feira, dia 8 de março, na Câmara de Vereadores, às 20 horas, discutiu-se a implantação do sistema de vídeo-monitoramento da cidade. Participaram da reunião dezenas de pessoas representando a sociedade civil, a Câmara de Vereadores, a Prefeitura Municipal, o Conselho de Segurança, a CDL, a Associação Comercial e a Polícia Militar. O objetivo maior da reunião foi a busca de parcerias para o investimento a ser realizado.

A FALA DO PREFEITO – O Prefeito Paulo Machado expôs o estado da
questão, o que a prefeitura e a Polícia Militar já encaminharam até então e convidou os presentes a serem parceiros na instalação do sistema, sobretudo Bancos e comércio local, os grandes beneficiários da proposta. Mostrou que o estado propiciou os equipamentos, através da Secretaria de Ciência e Tecnologia, da Secretaria de Segurança Pública e da Polícia Militar, que a prefeitura já destinou uma área para a construção do módulo, atrás dos Correios, e elaborou o projeto de construção, comprometendo-se a dar a assistência de arquitetos e engenheiros.

A APRESENTAÇÃO DE CEL. SALGADO – O comandante do 6º. Batalhão fez uma
convincente exposição de motivos, destacando-se:

1. Fatores Que justificam O Projeto:

a. ampliação das ações policiais;
b. redução do tempo resposta para ocorrências policiais;
c. presença de uma base policial no “coração da cidade”;
d. otimização dos recursos humanos e materiais disponíveis ao
policiamento;
e. identificação de autores e vitimas de delitos, permitindo
cadastro em banco de dados próprio;
f. inibição de atos delituosos pela certeza de estar sendo observado;
g. auxilio à secretaria de transporte do municipio nas
infrações de transito.

2. Recursos já disponíveis e fontes:
Dotação Orçamentária Disponível para o Projeto:
Equipamentos: R$ 89.300,00
Móveis e Utensílios: R$ 11.795,00
Total: R$ 101.095,00 ( cento e trinta mil novecentos e trinta e dois
reais e oitenta e seis centavos)‏

3. Quantidade e localização das câmeras:
- Câmera um: Avenida ACM, imediações do Posto Esmeralda
- Câmera dois: Avenida Antonio Laurindo, imediações do Posto Itamaraty
- Câmera três: Praça Nova do Congresso
- Câmera 04: Rua Ruy Barbosa – Imediações Da Caixa Econômica Federal;
- Câmera 05: Praça Juracy Magalhães – Imediaçoes Do Banco Bradesco;
- Câmera 06: Praça Augusto Sena Gomes –Imediações Da Constrular ;
- Câmera 07: Praça Augusto Sena Gomes –Fundo Dos Correios;
- Câmera 08: Praça Dr. José Gonçalves – Frente Dos Correios.

4. CONCLUSÕES E PROPOSTAS: Foi criada uma comissão de sete instituições, que sob a coordenação de Coronel Salgado irá negociar as parcerias e o investimento de cada instituição.

Comissão:
Polícia Militar: Cel. Salgado; Prefeitura: Auzeneide; Câmara de Vereadores: Carlos de Tijuaçu; Assoc. Comercial: Heron; CDL:Valberto; Conselho de Segurança: Cosme; Bancos: Dagmar.

Em Bonfim mulher desfilou com ícones épicos da liberdade do seu gênero

A bem anunciada “Marcha das Mulheres” para este 8 de março foi de tirar o fôlego. “Isto não é a marcha comum, estamos na animação do ritmo carnavalesco”. Disse a feliz Maria José Canário, conduzida Coordenação do evento pela Secretária de Assistência Social, Fátima Brasileiro, às 4:15h, quando apenas saiam da Praça Nova do Congresso.

Tinha razão Maria José. A mulherada, que minutos antes da largada recebera uma-a-uma um chocolate sonho de valsa, estava também armada de apitos, e os soprava de fazer inveja às buzinas dos estádios africanos. Sem demora, o carro de som disparou o samba de Benito Di Paula: Agora chegou a vez, vou cantar / mulher brasileira em primeiro lugar... (Bis) E caminharam mesmo, cantando e sambando: Norte a sul do meu Brasil / Caminha sambando quem não viu / Mulher de verdade, sim, senhor / Mulher brasileira é feita de amor.

Guiadas pelo carrão dos Bombeiros, viaturas da PM e dos programas sociais do município, elas estavam bem descritas pela composição “Mulheres” de Martinho da Vila. Eram ... de todas cores / De várias idades / De muitos amores /... Do tipo atrevida / Do tipo acanhada / Do tipo vivida / Casada carente / Solteira feliz / ... Mulheres cabeça / ... De guerra e de paz.

De Chiquinha a Sulinha

Na chegada ao Centro Cultural, recebidas com água e maçã, lotaram o auditório para participarem da homenagem a quatro mulheres de qualidades excepcionais: Chiquinha Gonzaga, primeira fêmea a reger orquestra no Brasil, a ser pianista de choro e a compor uma marcha carnavalesca (Ô Abre alas, 1899); Irmã Dulce, pedia ajuda nas ruas de Salvador para suas obras de humanismo social de alimentação e cuidados médicos a pessoas desvalidas; e Zilda Arns, coordenadora da Pastoral da Criança e três vezes indicada para o Prêmio Nobel da Paz, pelo Brasil. De Bonfim, a homenagem foi para a saudosa Mãe Sulinha – dona Maria Soares da Silva – que será o nome do Centro de Referência da Mulher a ser inaugurado em poucos dias.

As manifestações do prefeito Paulo Machado, João Carlos Bernardes (Biro-Biro) e Carlos de Tijuaçu tinham conquistado todos os aplausos. Porém, no final, ainda hove gaz para aplaudir a comédia “Abc do Preguiçoso” interpretada por Zumar e Cia, selando a felicidade da mulher bonfinense no seu dia.

Assessoria de Comunicação Social