quinta-feira, 15 de abril de 2010

Cursos de aprendizado profissional faz aula inaugural para 140 inscritos

Aconteceu ontem (13) à noite no Colégio Modelo Luiz Eduardo Magalhães aula de abertura do Projeto Inclusivo de Aprendizado Profissional, que se propõe a diplomar 140 pessoas da sede e da zona rural de Senhor do Bonfim em atividades profissionais. Dispondo de uma Coordenação, quatro monitores (professores) e estrutura física apropriada para trabalhar com seis grupos, o Projeto tem carga horária total de 90h e proverá os alunos de conhecimentos nas artes de Corte e Costura Doces e Salgados e Cabeleireiro (a).
Na sede municipal, os locais de aula serão o Centro Social Urbano (Alto da Maravilha), o Cras - Conselho Regional de Assistência Social (à Rua Manoel Vitorino) e a Fundação São Francisco (no Bonfim III).
Todo um grupo de 20 pessoas agora matriculado no curso de Moda Íntima (uma modalidade de Corte e Costura), já passou por cursos anteriores de Corte e Costura, da Secretaria Municipal de Ação Social. Agora se especializarão no segmento que molda, cria e acaba maiôs, biquínis, cuecas, calcinhas sutiãs, baby dolls etc.

UAUÁ TERÁ NOVA DELEGADA DE POLÍCIA

O município de Uauá, que há alguns dias atrás estava sem delegado e sendo assistido pelos delegados de Senhor do Bonfim ou Monte Santo, agora já pode ficar tranqüilo, pois, em breve, o município terá delegada titular.
A PORTARIA DE Nº 136, DE 09 DE ABRIL DE 2010, publicada no DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO DIZ: O DELEGADO GERAL DA POLÍCIA CIVIL DA BAHIA, no uso de suas atribuições, RESOLVE:
Remover, por conveniência e interesse da Administração, a Belª MILENA LIMA CALMON DE SIQUEIRA, Delegada de Polícia Civil, de Circunscrição em Pilão Arcado, 17ª COORPIN/DEPIN para ter exercício na Delegacia de Polícia de Circunscrição em Uauá, 19ª COORPIN/DEPIN.
A população uauense estava muito ansiosa para saber quem assumiria o cargo de delegado da cidade, visto que, a ex-delegada Ana Maria Cristina, desempenhou brilhante trabalho no município. Para alegria da população, especialmente as mulheres, mais uma delegada assumirá o cargo na Delegacia de Polícia de Uauá.

Câmara aprova aposentadoria especial para pessoas com deficiência

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira um projeto que cria uma aposentadoria especial para pessoas com deficiência. A proposta reduz o prazo de contribuição e a idade mínima para que essas pessoas possam se aposentar. O projeto segue para análise do Senado Federal. Atualmente, todos os homens precisam contribuir à Previdência por 35 anos e as mulheres por 30 anos. O projeto reduz em até dez anos o prazo de contribuição de acordo com o grau de deficiência. Quem tem deficiência considerada leve terá uma redução de cinco anos neste prazo, quem apresenta deficiência moderada contribuirá oito anos a menos que o cidadão comum e quem tem deficiência grave terá prazo dez anos menor para a aposentadoria com base no tempo de contribuição. No caso da aposentadoria por idade, cai de 65 para 60 entre os homens e de 60 para 55 entre as mulheres a idade para a aposentadoria desde que seja cumprido um tempo mínimo de 15 anos de contribuição.

Bahia está em 7º lugar no ranking nacional de pedofilia

Nos últimos seis anos, foram informados 9.530 casos de violência sexual contra crianças e adolescentes na Bahia, através do Disque Denúncia (100). Este número coloca o Estado em 7º lugar no ranking nacional, de acordo com o Programa Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes.
Este ano, o Ministério Público (MP-BA) recebeu 464 denúncias. De acordo com informações do A Tarde online, o coordenador do Centro de Defesa da Criança e do Adolescente, Waldemar Oliveira, a sociedade está mais consciente por denunciar os pedófilos. “Não há mais casos que antes, há mais mobilização e, com isso, mais ação das autoridades”. Só na cidade de Uauá (BA) recentemente aconteceram dois casos de pedofilia.

DECRETO CRUEL DE PAULO MACHADO

Prezado Netto,

Gostaria de usar seu espaço democrático para falar da minha indignação, pela forma desumana, irresponsável e cruel que o governo "CUIDANDO DA NOSSA GENTE", decretou a exoneração de centenas de funcionários dedicados e trabalhadores, trazendo desespero para todas essas famílias, para justificar a incompetência e a extravagância dessa gestão.
Fez-me lembrar de quando o Presidente Collor, sem aviso e sem ninguém esperar, confiscou a poupança, deixando a população atônita e perplexa, com tal atitude.
Que o prefeito reveja essa decisão infame, e lembre-se do fim melancólico e vergonhoso de Collor.

Sem querer ser apocalíptico estou muito preocupado quando esses balanços da prefeitura chegarem ao tribunal de contas. Enquanto isso, só nos resta rezar e pedir a Deus, que oriente e dê mais dignidade a esse servo desgarrado da sua igreja.
Justiça seja feita a Carlos Brasileiro, e olhe que não votei nele, mas durante os oito anos que governou Bonfim, teve COMANDO e nunca deixou o município chegar numa situação degradante dessa. Na verdade, na história de Senhor do Bonfim é a primeira vez que vemos demissão em massa do funcionalismo para resolver crise financeira, e olhe que passamos situações dificílimas, com inflação que chegou a 2.700% ao ano, ditadura militar, queda da bolsa de 1929 nos Estados Unidos que afetou o mundo inteiro, etc.
Essa posição descontrolada com certeza afetará diretamente a campanha a Deputado de Carlos Brasileiro, pois é o único, que apesar de remota, com possibilidade de se eleger.
Sou bonfinense, mas moro em Salvador e acompanho com muito interesse os destinos da nossa cidade, que infelizmente está em péssimas mãos.
Sugiro que o alcaide mude o slogan para: GOVERNO MASSACRANDO A NOSSA GENTE!

José Eduardo Pedreira