segunda-feira, 10 de maio de 2010

População de Igara entrou na parceria de viatura para agilizar segurança


A comunidade de Igara recebeu pela primeira vez uma viatura policial para uso básico da Policia Militar nas necessidades de segurança pública do distrito. Cidadãs e cidadãos que foram ao ato de entrega oficial, na Associação Comunitária nesta sexta-feira viram na porta da entidade o carro Scort, da Ford, equipado de sirene, pneus novos e tinindo de novo.

O veículo vai dar mais rapidez às diligências do destacamento da PM, que atende aos mais de 12 mil habitantes de 26 povoados distritais. O que muitos não sabem é que a viatura vem de uma história digna de ser registrada. Depois de servir à PM do município de Nordestina, o equipamento perdeu alguma condição de uso, parou e já iria quase como sucata para algum leilão. Foi aí que quatro personagens sociais entraram em ação.


Acordo cidadão – O tenente-coronel Salgado, comandante do 6º Batalhão da PM, conseguiu com autoridades do estado que o carro fosse liberado para Senhor do Bonfim; o prefeito Paulo Machado garantiu custear a manutenção; o vereador Ivan Barbosa pagou 60% das despesas com a recuperação do veículo; e um grupo de comerciantes locais representou a população pagando 40% da recuperação.

Ameaça - Depois do cap. Pinheiro, Ivan Barbosa, Silvana, cel. Salgado e do prefeito Paulo Machado, pessoas da comunidade também se pronunciaram, a exemplo de Abelardo e Sebastião Antonio da Silva. Os discursos elogiaram bastante a união e colaboração de tantas pessoas em favor da paz e da tranqüilidade; falaram do aumento do efetivo policial local, com a chegada da viatura. Vandalismo e droga foram mencionados como “ameaça à localidade”, mas também foi lembrado que a Igara tem rede de informática recente, CDC – Centro Digital de Cidadania em funcionamento, novo CDC a chegar, Centro de Referência recentemente inaugurado e construção da Praça de Convivência já se iniciando. Antes do encerramento, houve a solicitação de atendimento de delegado da Polícia Civil, duas vezes por semana, na comunidade.

Professores da Educação Especial passam por capacitação


Professores da Educação Especial, das redes estadual e municipais de ensino, participam de curso de formação continuada, promovido pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia. Até junho deste ano, cerca de mil professores devem ser capacitados para melhor atender aos estudantes deste segmento, nos centros de educação especial, nas salas de recursos multifuncionais e nas classes de ensino regular.
As aulas acontecem em Salvador e no interior do Estado e contemplam a preparação para o ensino a cegos, surdos, deficientes intelectuais e com transtorno global do desenvolvimento.
Destinado a professores que possuem conhecimento básico de Libras e já lidam com alunos surdos, o curso enfoca, principalmente, a experiência prática de sala de aula, trabalhando termos e palavras usadas com maior frequência no ambiente escolar. Os professores precisam ter a consciência de que cabe a eles “difundir o conhecimento sobre Libras”. “Em muitos lugares, principalmente no interior do Estado, esse conhecimento básico ainda nem chegou”.
O coordenador do programa de inclusão especial da Bahia Sr. João Prazeres esteve dando entrevista no Jornal Bonfinense edição desta segunda-feira na Rainha FM, onde também esteve presente a diretora da DIREC 28, professora Rita Braz, e falaram da importância deste curso para os professores da região.

Vantagens do Empreendedor Individual

coordenador do SEBRAE Geronilson e secretário de indústria e comércio Cláudio Nunes
Sebrae/BA organiza encontros para explicar a nova figura jurídica, que oferece uma alternativa para quem quer regularizar sua atividade
"Vale a pena se formalizar como Empreendedor Individual?" "A gente não vai pagar muito caro?" "E como fica a situação de quem já contribui para a Previdência em outra atividade?" Essas tem sido o tipo de pergunta em todos os encontros promovidos pelo Sebra/BA na capital e em vários municípios do interior.

Nos encontros, são repassadas informações importantes sobre os benefícios previstos para quem aderir à nova categoria jurídica, como auxílio-doença, aposentadoria, salário maternidade, licença médica, valor dos tributos - pouco mais de R$ 50 por mês - e vantagens por atuar na legalidade, como emissão de notas fiscais e vendas para órgãos do governo.

Foi com esse objetivo de levar essa boa noticias para o empreendedor individual ainda na formalizado que estiveram dando entrevista no Jornal Bonfinense da Rainha FM, nesta segunda-feira, o Coordenador Regional do SEBRAE, Geronilson e o Secretário de Indústria Comércio e Turismo de Senhor do Bonfim, Cláudio Nunes.

PMs inativos devem se recadastrar a partir desta segunda


Cerca de cinco mil policiais militares aposentados que trabalham no interior da Bahia devem se recadastrar na Secretaria de Administração do Estado (Saeb) a partir desta segunda-feira, 10. Cada município tem um prazo específico para realizar o procedimento, que vai até 11 de junho. Quem não atualizar os dados pode ter o benefício suspenso.

Os PMs devem comparecer nas datas previstas às unidades do Centro de Atendimento Previdenciário (Ceprev), que ficam no SAC de Barreiras, Jacobina e Senhor do Bonfim, ou nos batalhões e companhias independentes da PM no interior. Os aposentados vão receber uma carta em sua residência informando o dia, horário e endereço do local para atendimento.

Encontro quilombola será realizado em Senhor do Bonfim


O 3º Encontro Integrado de Políticas Públicas para Comunidades Remanescentes de Quilombos será realizado pelo projeto estadual Acorda Quilombo nesta quarta (12) e quinta-feira (13), no Centro Cultural do município de Senhor do Bonfim (BA). O evento é uma promoção da Secretaria de Desenvolvimento e Integração Regional (Sedir).
O encontro tem como objetivo promover o diálogo entre representantes desses povos, Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), gestores estaduais e membros de entidades participantes, além de articular políticas públicas para comunidades quilombolas nos setores público e privado.
A idéia é fazer com que as comunidades conheçam essas organizações e tenham conhecimento de questões como a abertura e o andamento dos processos de regularização fundiária das comunidades, visando à transversalidade do Programa Brasil Quilombola, Projeto de Inclusão de Comunidades Remanescentes de Quilombos e de vários outros projetos quem vêm sendo executados na mesma linha de ação.
O encontro será organizado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa vinculada à Sedir, através da Coordenação de Apoio aos Povos de Comunidades Tradicionais, e terá a participação de 300 membros de comunidades quilombolas, prefeituras locais, Fundação Palmares, Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Sepir), Incra, Fundação Nacional da Saúde (Funasa), Ministério da Educação (MEC), Ministério da Saúde (MS), Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e entidades do movimento negro.