segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Desperdício de água em pleno centro da cidade

É impressionante... Mas diariamente litros e mais litros de água saem jorrando pelas ruas de Senhor do Bonfim, mais precisamente da Praça. Dr. Jose Gonçalves, entre a Casa Lotérica e a “Casa de Festa Arcanjo Gabriel”, durante a noite, e até altas horas do dia as águas fluem naturalmente, sendo que os proprietários desses imóveis não procuram tomar uma providência para tratar desse problema que causa bastante prejuízo à população e uma preocupação maior ainda para o futuro, pois se não houver consciência por parte dos habitantes do planeta, haverá uma falta total de água potável. Agora, acabei de presenciar que, pela Rua Costa Pinto, na mesma direção das casas citadas acima, também, está jorrando água na rua, sem que se tome uma devida providência.
Está mais do que na hora da população local, que presencia diariamente esses desperdício, se manifestar, pois se continuar desse jeito, estamos colaborando para o desperdício de uma beleza da natureza e porque não dizer do "sangue" do nosso planeta.

Por: Maria Luciane
Leitora/ Senhor do Bonfim

CAMPEONATO BONFINENSE 2010

Tá chegando à hora, o Bonfinensão 2010 começará no dia 15 de Agosto e contará com a participação de 8 equipes definidos em 2 grupos. Grupo A, formado por Palmeiras, Real Madri, Sisal e Guanabara, já o Grupo B, formado por Pirangy, Cascavel, Atlanta e Vila Nova. No jogo de estréia dia 15, as 14h00min pela categoria sub-20, jogarão Pirangy x Vila Nova e no principal, categoria amador, Palmeiras x Guanabara. O Bonfinensão 2010 contará com a Prefeitura Municipal de Senhor do Bonfim, que ajudará com uniformes, arbitragem, bolas e mais uma ajuda de custo para cada time participante. Parece que desta vez o Bonfinensão 2010 terá mais qualidade e uma premiação pra arregalar os olhos. O presidente da LDB, o Srº Idailton Santiago continuará não medindo esforços para que tudo seja de agrado para os times, torcedores, imprensa de um modo geral e todos os dirigentes de clubes!

Fonte: Toque de Primeira

Conselheira tutelar de Barrocas é encontrada morta


A conselheira tutelar Acácia Queiroz de Queiroz Silva, 34 anos, foi encontrada morta ás 19h39 de sábado (31), no interior de sua residência, na Avenida Antonio Carlos Magalhães, 140, as margens da BA-411, rodovia que liga Barrocas/Serrinha.

Vestida com uma camiseta branca, calça preta e usando uma sandálias tipo havaianas, o corpo da conselheira estava caído em volta de uma poça de sangue e segundo informações preliminares dos perítos que compareceram ao local e registrados nos livros de ocorrências da Delegacia e da Política Militar, se encontrava com uma perfuração de arma de fogo no lado direito da cabeça na altura da nuca. De acordo com dados transcritos, também na ocorrência, foi encontrada ao lado do corpo uma cápsula do projétil disparado, possivelmente o que provocou a morte.

Acácia Queiroz era conselheira tutelar ha cinco anos e dois mandatos consecutivos exerceu a presidência do Conselho, ela tinha o costume de dormir nos finais de semana, de sexta-feira a domingo, juntamente com os dois filhos, na residência dos seus pais, na Avenida Sinfrônio de Queiróz, 237, pois ficava de plantão para as emergências das atividades do conselho, devido a distancia de sua residência do centro e caso houvesse necessidade de sair de casa a noite, não tinha com quem deixar os dois filhos, o mais velho com 13 anos e o casula com 6.

Na noite do crime a conselheira tinha esta intenção de passar a noite com os pais, tanto que o Fiesta branco que aparece na foto é do pai da vitima que teria deixado para ela ir até o centro da cidade, assim que os filhos voltassem com seu ex-marido Gilberto Brito, 60 anos, da cidade de Serrinha, onde foram passar o dia.

O que ocorreu no dia do crime - No dia do crime, o pai da vitima esteve na casa da filha das 17h ás 18h30, segundo informações de uma familiar que pediu para não ser identificado, um dos filhos de Acácia falou com ela por telefone e ás 19h39 a polícia foi informada do fato.

De acordo com este familiar, Acácia estava separada há cinco anos e houve muita turbulência depois da separação, inclusive assuntos que estão na justiça, e no sábado, Gilberto que atualmente mora em Araci, passou o dia com os filhos na cidade de Serrinha e ao retornarem a noite a Barrocas, onde pretendiam comer uma pizza, parou o veiculo em frente à casa da conselheira e as crianças desceram para encontrar com a mãe, foi quando se depararam com a mesma morta e voltaram para avisar ao pai. Diante da confirmação, Gilberto foi avisar aos familiares de Acácia e depois a polícia.

No local do crime os policiais encontram apenas o controle remoto da TV, a televisão ligada e um aparelho celular que estavam próximos ao corpo. O boletim de ocorrência registrado na circunscricional de Serrinha foi assinado pela delegada Maria Clécia Vasconcelos.

A polícia descarta a hipótese de latrocínio, pois o policial civil de pré-nome Rubenilton verificou todos os cômodos da residência da vitima e tudo estava no local e não tinha vestígios de luta corporal ou reação da vitima, caracterizando que a intenção de matar, pois praticou o crime e saiu sem deixar vestígios.

Aparentemente, Acácia temia alguma coisa ou se precavia, pois, as portas de acessos da casa e as janelas, todas elas tem grade de proteção.

Segunda tragédia na família - Integrante de uma família tradicional no município de Barrocas, muito querida da comunidade, Acácia tinha uma maneira “especial”, assim relatou um colega de Conselho, de tratar os problemas relacionados às crianças e aos adolescentes.

Há cerca de dez anos, ela perdeu um irmão de forma trágica, quando morreu vitima de um acidente durante a limpeza de uma cisterna e ao descer para seu interior, a escada quebrou e ele caiu provocando um forte trauma que ocasionou a morte.

O corpo de Acácia foi sepultado no final da tarde deste domingo (01), no cemitério São João Batista.

Fonte: CALILA NOTÍCIAS.