sexta-feira, 12 de novembro de 2010

POLÍCIA CIVIL REALIZA OPERAÇÃO DE COMBATE AO TRÁFICO EM BONFIM






Por volta das 05h00min, da manhã dessa sexta-feira (12/11), a polícia civil de Bonfim sob o comando do bel. Delegado Dr. Felipe Nery, com o apoio de mais três delegados, Dr. Raimundo guerra, de Jaguarari, Dr. Juvenal Uchoa de Bonfim, e Dr. Marcone Almino de Pindobaçu, mais os dois coordenadores do serviço de investigação, da 19ª, e da delegacia de Bonfim, Radmak e Vitor, respectivamente, e 12 investigadores, lotados na 19ª Corpin, cumpriram 4 (quatro) mandatos de prisão, autorizados pela justiça.

Desfavorecendo:

* Elvis Henrique, 20 anos, residente a Rua Pero Vaz, Alto da Maravilha, no qual em sua residência foram encontrados, 39 dolões de maconha, 40 pedras de crack, e R$ 189, em espécies, de R$ 2,00, R$ 5,00 e de R$ 10,00.

* Genival Cosme dos Reis, 38 anos, residente a Rua Francisco Jacinto, Alto da Maravilha, sendo encontrado em sua residência, 29 pedras de crack, R$ 253,55, em espécie, em conversa com Genival, ele revelou que já havia sido preso, por homicídio próximo a Salvador nos início dos anos 2000, quando um homem teria furado sua mãe, e seu irmão, e ele foi chamado, e ao chegar no local, deparou-se com a situação ainda presenciou quando o homem tentava furar seu irmão, ele se apossou de um porrete e desferiu várias porradas contra o agressor de seus familiares, levando o homem a óbito a golpes de porrete.

Ele contou para a nossa equipe que trabalha como pedreiro, e que entrou nessa de vender drogas, como forma de auxiliar nas despesas de sua casa, onde ele vive com sua esposa, Valdineide Maria de Jesus Silva, 26 anos, e mais três filhos do casal.

Recentemente ele foi conduzido ao complexo policial, por ter sido abordado e encontrado com ele um dólar de maconha, nas imediações do Campo do Gado.

* Ainda no Alto da Maravilha na Rua Nina Rodrigues, casa de Branca foi feito o cumprimento do mandato, mas nada foi encontrado.

* Na casa de José Carlos, no antigo Campo da Jacutinga, foi feito também o mandato, mas também nada foi encontrado.

Nossa equipe esteve conversando com o coordenador Delegado Dr. Felipe Nery, e nos contou que sua equipe de investigação já vinha monitorando os pontos há algum tempo, e que a justiça acatou os mandatos de prisão, e partiram para cumpri-los.

E que a participação da comunidade tem sido uma grande parceira no combate ao tráfico de drogas me Senhor do Bonfim.

MANO maravilha notícias