segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Vereador Gustavo Miranda concede entrevista ao Jornal Bonfinense da Rádio Rainha FM


No último dia 25, o vereador Gustavo esteve presente na Rádio Rainha FM, para uma participação no Jornal Bonfinense, onde foi entrevistado pelos radialistas Cosme Bonfim e Neto Maravilha. O Vereador foi convidado para falar sobre a sua posição em relação aos números de cadeiras de vereadores na Câmara Municipal de Senhor do Bonfim, na próxima eleição. Hoje a Casa Legislativa conta com dez cadeiras, e há a proposta de aumentar mais cinco vagas (a Lei Orgânica Municipal prevê quinze vereadores, e a proposta do vereador Gustavo é de mudar em definitivo para dez vereadores).

Gustavo tem se pronunciado em sessões na câmara que é contra o aumento exagerado de vereadores. O parlamentar do PCdoB argumenta que dez vereadores estão dando conta da demanda do município e que quinze pode aumentar o nível de corrupção ou de submissão ao poder executivo. “O vereador tem que ter autonomia, para a realização de projetos, e avaliação dos mesmos oriundos do poder executivo. Há vereadores na câmara que acha que só porque o projeto vem do poder executivo, que como vereador da base, tem obrigação de aprovar, sem passar por uma avaliação maior e isso está errado.” argumentou o vereador sobre alguns problemas que acontecem na câmara municipal da cidade.

Gustavo ainda falou que com o aumento do número de cadeiras na câmara a concorrência vai ser maior para os pré-candidatos. E deu uma explicação matemática sobre isso, e disse que polemizou essa questão porque queria uma participação da população bonfinense sobre esse assunto. Ele falou sobre o seu desejo de que a população bonfinense participe mais das sessões da câmara.

Questionado pelos radialistas sobre sua futura candidatura a prefeito, o vereador falou que até o momento não tem resposta sobre isso, porque ela depende de vários fatores para que isso aconteça principalmente do seu partido, o PCdoB. Gustavo terminou a entrevista falando sobre o projeto do PCdoB estadual de lançar candidaturas próprias. Citou o exemplo de Salvador, que vai lançar a candidatura de Alice Portugal para prefeita, e de cidades da região como Filadélfia, Ponto Novo, Jaguarari e Andorinha.

ASCOM - GUSTAVO