terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Ônibus da empresa São Luiz pega fogo em Riachão do Jacuípe


Na madrugada desta segunda-feira (10) por volta das 3 horas, o ônibus da empresa São Luiz/Falcão Real que fazia a linha Juazeiro-Salvador pegou fogo ao passar por Riachão do Jacuipe.

Trata-se de um veiculo modelo Marcopolo Paradiso, de dois andares. O ônibus levava 67 passageiros e o motorista Paulo Roberto Ferreira, de 40 anos, é natural de Juazeiro. Ninguém se feriu, pois, ao perceber o fogo, todos saíram do ônibus a tempo. Apenas algumas bagagens foram retiradas e o restante pegou fogo.

Com muito desespero os passageiros oriundo de Petrolina, Juazeiro, Casa Nova e Sobradinho aguardaram outro veiculo da empresa, que veio de Feira de Santana buscá-los. Muitos deles estavam de férias na região de Juazeiro e voltavam para Salvador.

Nesta segunda-feira pela manhã o veiculo ainda se encontrava no local e havia fumaça e um forte cheiro de borracha queimada. O motorista não foi encontrado para informar como o incêndio começou. Ele seguiu para Salvador com os passageiros. Após a pericia será divulgado as causas do acidente.

Por Alana Peketita

Governo da Bahia lança programa para reduzir consumo de água e energia


Um decreto do governador Jaques Wagner, que será publicado no Diário Oficial desta terça-feira (11), institui no âmbito do poder executivo estadual o Programa de Racionalização do Consumo de Água e Energia nos Prédios Públicos. A ação será coordenada pela Secretaria de Administração do Estado (Saeb) e tem o objetivo de acabar com o desperdício, estimular o uso racional e estabelecer metas de redução progressiva de consumo.
Dentro do programa, cada órgão ou entidade do estado vai criar um grupo com no mínimo três servidores. Eles serão chamados de ‘Ecotime’ e terão a responsabilidade de implantar e realizar as ações do programa com o apoio da Saeb. O primeiro passo será monitorar o consumo e avaliar a situação das instalações hidrossanitárias e de energia dos prédios.
A partir da identificação dos problemas serão feitos serviços de correção ou manutenção preventiva, inclusive com a aquisição de equipamentos que apresentem melhor desempenho sob o ponto de vista da eficiência energética e hidráulica. De acordo com o Decreto, todos os serviços de manutenção serão contratados pela Saeb.
O Programa de Racionalização do Consumo de Água e Energia nos Prédios Públicos também vai atuar na conscientização dos servidores, que serão estimulados a acompanhar o trabalho e contribuir para a economia. A iniciativa terá dois anos de duração e os integrantes vão pactuar, junto à Saeb, metas de redução do consumo para o período.

PREPARATIVOS PARA A FESTA DO SENHOR DO BONFIM



clicar para ampliar


clicar para ampliar