domingo, 30 de janeiro de 2011

HOMENAGEM AO AMIGO HENRIQUE - SUCESSO FISIOTERAPEUTA...




O TRÊM DA VIDA

Um amigo falou-me de um livro que comparava a vida a uma viagem de trem.
Uma comparação extremamente interessante,quando bem interpretada.
Isso mesmo, a vida não passa de uma viagem de trem, cheia de embarques e desembarques alguns acidentes, surpresas agradáveis em alguns embarques e grandes tristezas em outros.
Quando nascemos, entramos nesse trem e nos deparamos com algumas pessoas que, julgamos, estarão sempre nessa viagem conosco: nossos pais.
Infelizmente, isso não é verdade; em alguma estação eles descerão e nos deixarão órfãos de seu carinho, amizade e companhia insubstituível....mas isso não impede que, durante a viagem, pessoas interessantes e que virão a ser super especiais para nós, embarquem. Chegam nossos irmãos, amigos e amores maravilhosos.
Muitas pessoas tomam esse trem, apenas a passeio, outros encontrarão essa viagem somente tristezas, ainda outros circularão pelo trem, prontos a ajudar a quem precisa.
Muitos descem e deixam saudades eternas, outros tantos passam por ele de uma forma que, quando desocupam seu acento, ninguém nem sequer percebe.
Curioso é constatar que alguns passageiros, que nos são tão caros, acomodam-se em vagões diferentes dos nossos; portanto, somos obrigados a fazer esse trajeto separados deles, o que não impede, é claro, que durante a viagem, atravessemos, com grande dificuldade nosso vagão e cheguemos até eles....só que, infelizmente, jamais poderemos sentar ao seu lado, pois já terá alguém ocupando aquele lugar. Não importa, é assim a viagem, cheia de atropelos, sonhos, fantasias, esperas, despedidas...porém, jamais, retornos.
Façamos essa viagem, então, da melhor maneira possível, tentando nos relacionar bem com todos os passageiros, procurando, em cada um deles, o que tiverem de melhor, lembrando, sempre, que, em algum momento do trajeto, eles poderão fraquejar e, provavelmente, precisaremos entender isso, porque nós também fraquejaremos muitas vezes e, com certeza, haverá alguém que nos entenderá.
O grande mistério, afinal, é que jamais saberemos em qual parada
desceremos, muito menos nossos companheiros, nem mesmo aquele que está sentado ao nosso lado.
Eu fico pensando, se, quando descer desse trem, sentirei saudades....
acredito que sim, me separar de alguns amigos que fiz nele será, no mínimo dolorido deixar meus filhos continuarem a viagem sozinhos, com certeza será muito triste, mas me agarro na esperança que, em algum momento, estarei na estação principal e terei a grande emoção de vê-los chegar com uma bagagem que não tinham quando embarcaram..... e o que vai me deixar feliz, será pensar que eu colaborei para que ela tenha crescido e se tornado valiosa.
Amigos, façamos com que a nossa estada, nesse trem, seja tranquila, que tenha valido à pena e que, quando chegar a hora de desembarcarmos, o nosso lugar vazio traga saudades e boas recordações para aqueles que prosseguirem.

...de seus amigos da RCC Bonfim

VUGNER SILVA CONQUISTA BI CAMPEONATO DE JIU JITSU EM LISBOA


Durante esse final de semana o mestre de jiu jitsu, VUGNER SILVA, esteve participando do campeonato europeu de jiu jitsu na cidade de Lisboa Portugal.
Conquistanto o BI CAMPEÃO, depois de ter conquistado vitória nas três lutas que realizou.
Parabéns ao mestre Vugner Silva.

Colo Colo derrota o Ipitanga e segue invicto no Campeonato Baiano

Além do Colo Colo, Bahia de Feira também não sabe o que é perder na edição atual do estadual
por iBahia
Quatro jogos e nenhuma derrota. Na tarde deste domingo (30), o Tigre de Ilhéus aproveitou o mando de campo e venceu o Ipitanga por 1 a 0 no Mário Pessoa, mantendo a invencibilidade no Baianão 2011. Luxo que só se aplica ao Colo Colo e ao Bahia de Feira até então.

Com um gol do volante Peu, o time do técnico Zanata chegou aos oito pontos e ocupa a terceira posição no Grupo 1. Já o Tucano tem quatro pontos conquistados e é o quinto na outra chave.

No próximo sábado (5), o Colo Colo visita o Feirense no estádio Alberto Oliveira, o Joia da Princesa, pela quinta rodada do estadual. O Ipitanga joga apenas no domingo (6), diante do Bahia de Feira, no Pedro Amorim.

Outros resultados
Bahia 1 x 2 Fluminense
Bahia de Feira 1 x 1 Vitória
Atlético 2 x 0 Feirense
Vitória da Conquista 2 x 1 Camaçari
Juazeiro 1 x 1 Serrano

IB

PMN IRÁ REUNIR COM PREFEITO DE BONFIM

Senhor do Bonfim, 30 de Janeiro de 2011

O PMN, após ser convidado pelo Prefeito Paulo Machado para dialogar, resolveu constituir uma comissão para acompanhar o diretório municipal do partido e ouvi-lo em reunião que ocorrerá na sede do PMN nesta segunda-feira às 20 horas.

Nessa reunião o prefeito será apenas ouvido e a comissão em conjunto com a diretoria do partido passará às informações para a Assembléia Geral do PMN e só aí em coletivo partidário será tomada uma decisão.

Comissão de Imprensa do PMN - Alan Kardecson

A DITADURA DA COR E DA ESTRELA

(a PeTização da coisa pública)


*Josemar Santana

Nossos governantes sempre tiveram preferência por impor ao povo as cores que adotam como marketing de campanha ou de seus partidos, misturando marketing pessoal com marketing de governo, de tal sorte que chegam a impor a sua vontade com determinação ditatorial.

Na tentativa de burlarem o princípio da impessoalidade, dispositivo constitucional presente no art. 37 da nossa Lei Maior, alguns chegaram a promover propaganda subliminar, disfarçando, em certos casos, as iniciais de seu nome, adaptados ao nome que deram a seus governos.

O ex-governador ACM utilizava as suas inicias para denominar o seu governo de Ação, Competência e Moralidade, estimulando os prefeitos baianos, a partir daí, a seguirem o seu exemplo, como ocorreu na região de Senhor do Bonfim, quando um prefeito pegou as iniciais de seu nome, as letras HP e denominou o seu governo de Humanismo e Progresso.

Outro, da mesma região, utilizou as iniciais de seu nome, LPM e denominou o seu governo de Liberdade, Progresso e Moralidade. Mais outro, também utilizou as iniciais de seu nome, EA e denominou o seu governo de Eficiência Administrativa. Apenas este último sofreu condenação em ação judicial de improbidade administrativa, proposta pelo Ministério Público.

Apesar disso, costumavam e muitos ainda seguem os maus exemplos e pintam prédios e outras obras públicas com as cores de suas campanhas ou de seus partidos. Em Bonfim já houve época do azul e branco, do verde, amarelo e vermelho, do vermelho e branco e assim por diante.

Trata-se, evidentemente, de prática estúpida e desonesta, porque estiveram ou ainda estão utilizando recursos públicos, portanto, recursos do povo, para promoverem suas marcas pessoais, em muitos casos, promovendo o aparelhamento partidário das instituições públicas.

O maior mau exemplo dessa prática reprovável esteve presente durante os oito anos do governo do ex-presidente Lula, que adotou não apenas as cores do seu partido, o vermelho, mas, também, procurou utilizar estrelas vermelhas nos jardins do Palácio do Planalto e na Granja do Torto (residências oficiais do Presidente da República), além de utilizar dissimuladamente as inicias do Partido dos Trabalhadores (PT), denominando o seu governo de Brasil Para Todos, dando a entender que o Brasil é todo PT (Para Todos).

Em Senhor do Bonfim a petização dos bens públicos está presente nas esferas municipal e estadual. E nesse caso, justiça seja feita, não há o mau exemplo dado pelo governo estadual, que se mantém utilizando as cores oficiais do Estado, quais sejam, azul, vermelho e branco.

O puxa-saquismo exacerbado, entretanto, praticado por dirigentes de órgãos públicos, especialmente, na área educacional, vem implantando fardas vermelhas em escolas estaduais (a tradição nacional era de fardas azul e branco, tanto em colégios públicos, como em particulares – Maristas, Sacramentinas, Estadual etc), pintura em vermelho no prédio sede da Direc, pintura vermelha em escolas do Estado etc.

Em nível municipal a situação é parecida, mesmo não tendo ainda alcançado a pintura de prédios públicos, ficando, em alguns casos, limitados a fardas escolares, mas há em jardins e praças a presença marcante de vermelho nas calçadas, inclusive, com a instalação de estrelas vermelhas em jardins, como se vê na rotatória de ligação entre a Avenida Antônio Laurindo e a Praça Nova (conhecido local do antigo Relógio Público, ali instalado nos anos 60 pelo Rotary Club).

A própria logomarca do Governo Municipal apresenta uma estrela vermelha com um rabo semelhante ao rastro de um cometa em movimento, desprezando dispositivo da Lei Orgânica do Município que impõe o uso de cores oficiais do município em seus bens.

É a DITADURA DA COR E DA ESTRELA que se impõe desonesta e desavergonhadamente, com utilização do dinheiro público, financiando o aparelhamento político-partidário dos bens do povo.

*Josemar Santana é jornalista e advogado