terça-feira, 8 de março de 2011

D. FRANCISCO CELEBRARÁ MISSA DE CINZAS HOJE AS 07H NA CATEDRAL


imagem google
Inicia nesta quarta-feira de Cinzas, (09/03), o período da Quaresma. As tradicionais missas de Cinzas serão celebradas em todas as paróquias, coincidindo com a Campanha da Fraternidade desenvolvida pela 47ª vez pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O tema deste ano é “Fraternidade e a Vida no Planeta”.

Durante as celebrações, os fiéis recebem uma cruz na testa com as cinzas obtidas da queima das palmas usadas no Domingo de Ramos no ano anterior. Em Senhor do Bonfim as missas de Cinzas costumam reunir centenas de fiéis a partir das primeiras celebrações na Quarta-feira após o período do Carnaval, e na manhã de hoje D. Francisco Canindé Palhano, bispo diocesano celebrará às 07h00min, na Catedral, e logo a noite às 19h30min, será celebrada outra missa de cinzas, também na Catedral.

QUARTA-FEIRA DE CINZAS, COMEÇA A QUARESMA


- O tempo da Quaresma nos recorda os quarenta dias que Jesus passou no deserto, sendo tentado pelo diabo e sua vitória sobre a tentação de desviar-se do projeto de Deus. Para os cristãos é tempo de oração, jejum, caridade e penitência, deixando morrer em nós o velho homem e ressurgindo para a vida nova dos filhos de Deus. Somos convidados a renovar a nossa vida assumindo de modo mais completo o nosso batismo, esforçando-nos para viver como filhos da luz e vencer as trevas do mal que muitas vezes tomam conta de nós.

- Pelo sacramento da Penitência (ou Reconciliação) somos purificados do mal e caminhamos com Cristo passando da morte para a vida (Páscoa). Participando da Eucaristia, percorremos o mesmo caminho de Cristo, feito de provação e cruz. Aprendemos com ele a sermos obedientes ao Pai, até o fim. Por sua ressurreição, também nos tornamos vencedores da morte e participamos da vida eterna.

- A Igreja nos convida a iniciar a Quaresma com a Quarta-feira de Cinzas onde somos convidaos ao jejum e à abstinência como renúncia e mortificação para nos renovarmos espiritual e humanamente. As cinzas colocadas noas cabeças lembram que somos frágeis e pecadores e por isso devemos nos humilhar diante do Senhor para que Ele tenha compaixão de nós.

- O tempo da Quaresma se estende da Quarta-feira de Cinzas até a Quinta-feira Santa (antes da Missa da Ceia do Senhor). A semana que precede a Páscoa é conhecida como Semana Santa, começa com o Domingo de Ramos.

- Com a Missa da Ceia do Senhor (Quinta-feira Santa)começa o Tríduo Pascal da Paixão, Morte e Ressureição do Senhor, que tem ponto mais alto na Vigília Pascal e termina com as Vésperas do Domingo da Ressureição. Estes três dias são a passgem entre a Quaresma e a Páscoa.

- Os domingos desse tempo se chamam 1º, 2º, 3º, 4º, 5º, Domingo de Ramos e da Paixão (6º). Esses domingos têm precedência sobre festas e solenidades que ocorram. As solenidades de São José (19/3) e da Anunciação do Senhor (25/3) são antecipadas para o sábado, caso caíam num domingo da quaresma.

- As festas que caiam nos dias de semana têm precedência sobre os dias da Quaresma (exemplo: Cátedra de São Pedro,22/2). Uma solenidade que caia na Semana Santa deve ser transferida para o primeiro dia livre depois da Oitava da Páscoa. As memórias são deixadas de lado nesse tempo.

- No tempo da Quaresma não se canta o Glória (Hino de Louvor). Nos domingos reza-se sempre o Creio (Profissão e Fé). Não se canta o Aleluia na Aclamação ao Evangelho e também em outros cantos.

- As missas dominicais do Tempo da Quaresma têm prefácio próprio. Na semana há prefácios à escolha (quatro textos). Há, ainda, dois prefácios “da paixão do Senhor” que são rezados na V semana da Quaresma e na Semana Santa.

- Para a celebração da Eucaristia, os domingos apresentam um formulário próprio (Missal) com um ciclo de leituras (Lecionário) distribuído em três anos (A, B, C). No domingo da Ramos a leitura do Evangelho da procissão e da paixão do Senhor segue o esquema do ciclo A B C; as outras leituras e o salmo são fixos para todos os anos.

- As leituras dos dias de semana são fixas. Nas semanas III, IV e V, são sugeridas leituras que podem ser lidas em qualquer dia da semana, substituindo as do dia.

- A cor litúrgica da Quaresma é o roxo; para o 4º domingo (laetare) é permitido o uso da cor rosa. No domingo de Ramos, a cor das vestes litúrgicas é a vermelha.

.- Além da Via Sacra, podemos melhor viver o espírito da Quaresma celebrando a Campanha da Fraternidade que a Igreja nos propõe a cada ano, com um tema de interesse para toda a comunidade eclesial e para a sociedade.

- Os cantos das celebrações devem expressar o sentido do que vivemos nesse tempo: oração, escuta da Palavra de Deus, jejum, penitência, reconciliação, vivência do batismo, perdão, fraternidade, etc. Os cds Liturgia XII e LIX da Paulus Música e o da CF (CNBB) nos ajudam a cantar bem esse tempo.

Pe. Alberto PSJE

Mais uma vez em Queimadas, Prefeito é acusado de presentear correligionários com patrimonio público

O município de Queimadas, 307km de Salvador, continua sendo uma terra sem leis quando se trata da forma que é governada pelos seus prefeitos.

A igreja, cartão postal do município, fica no centro da cidade

É uma cidade, como tantas outras do sertão baiano, que não recebe incentivos para a geração de empregos e renda. Sua principal atividade é a agricultura familiar e tem um elevado índice de dependentes de programas sociais do governo federal.

No ano de 2008, o povo de Queimadas resolveu se manifestar quando descobriram a decisão do Prefeito José Mauro de Oliveira Filho, Maurinho, que doou uma praça publica para pagar dívidas pessoais com agiotas. O caso, que foi encaminhado pela Câmara de vereadores para o Ministério Público, tornou-se noticia com repercussão nacional quando foi transmitido pelo Jornal Nacional.

Maurinho já era acusado por prática de ações irregulares na gestão pública, o que o levou à cassação do seu mandato por improbidade administrativa, passando o comando para seu vice Paulo Sergio Brandão Carneiro, Serginho. A partir daí, a cidade começou a enfrentar um processo de transição bastante desgastante, a população desacreditada não vislumbrava dias melhores e o comércio passou por dificuldades decorrentes à diversas mudanças no quadro de funcionários públicos.

Atual prefeito, Serginho administra a cidade sem ser eleito pelo povo

Serginho nunca havia participado de outro processo eleitoral antes, era um desconhecido do município que foi escolhido por Maurinho para compor sua chapa nas eleições de 2004.

Seu tempo de apresentação foi curto. Logo em seguida, vieram as eleições municipais, onde ele foi derrotado nas urnas pelo voto do povo, comprovando a rejeição da sociedade pelos atos praticados.

Conseguindo, na justiça, impugnar a vitória do então eleito Edivaldo Cayres Rodrigues, comprovou que Edivaldo havia comprado o voto de um eleitor com a doação de dois sacos de cimento e mais uma vez voltou a comandar o município.

Mesmo não sendo escolhido pela maioria dos votos, Serginho assumiu a prefeitura e com ele uma equipe de secretários, fato que gerou polêmica entre a população.

A sua ultima ação, descrita com detalhes abaixo, mostrou que um dos atos irregulares do seu padrinho político, Maurinho, não foi suficiente para que aprendesse que algumas práticas eram erradas dentro da administração pública.

o imóvel foi completamente destruido. Os autores da depredação dizem que pegaram as telhas e madeiras da cobertura com ordem do prefeito

Na zona rural do município existem alguns prédios escolares, que estão sem uso devido a falta de alunos, mas que são imóveis públicos construídos em gestões passadas e que poderiam estar sendo usados com outras finalidades pela população, seguindo o exemplo de outros municípios vizinhos, onde também ocorreu o fechamento das escolas e os imóveis passaram a ser usados através de comodatos por igrejas, associações e outras instituições da sociedade organizada, no entanto, na cidade de Queimadas esses patrimônios públicos foram saqueados.

Inquietos pelas ações praticadas, a população recorreu mais uma vez aos vereadores e denunciaram.

O vereador Valmir foi citado como a o intermediador entre os beneficiados e o prefeito

Dois desses imóveis escolares, construídos com recursos públicos, foram completamente destruídos, retiraram as portas, janelas, vasos dos sanitários, pias e toda a cobertura – telhas e madeiras. Segundo alguns responsáveis identificados pela depredação, a prática se deu após autorização do prefeito Serginho intermediado pelo vereador Valmir.

A equipe do SisalNEWS, acompanhando o Vereador Lazaro, foi ao local para registrar a situação e se deparou com um triste ato de descaso da gestão pública municipal. Imóveis que poderiam ser usados para diversas finalidades, estão sendo destruídos para beneficiar alguns eleitores.

A esposa de José Marcio da Silva, Zé, informou que o vereador Valmir, por ordem do prefeito Serginho, mandou que seu esposo retirasse o telhado do imóvel público. A autorização foi dada no mês de agosto de 2010, véspera das eleições para governos estaduais e federais.

Com o apoio do Vereador Valmir, José Marcio conseguiu autorização do prefeito para retirar e tomar posse da cobertura da escola

Já passou a política agora eu vou pedir, porque eu dei uma ajuda a ele (…) Eu disse para Valmir, Valmir eu tô precisando de uma ajuda, ou saco de cimento, o que você puder porque eu estou reformando minha casa e não vai dá pra mim sozinha e ele disse ‘eu vou lhe dar uma ajuda boa, depois a gente ajeita’, ai foi quando meu esposo já chegou de lá da rua no outro dia de noite e falou ‘Valmir deu uma ajuda para nós, é para nós derrubar o prédio (…) ele disse que pode tirar porque ja esta com a autorização. ’” – Falou a esposa de Zé.

Em conversa com a Senhora Maria de Lourdes, vizinha de Zé, ela disse: “Foi meu genro mesmo que foi tirar, tirar as peças de madeira (…) ele é carpinteiro (…) quem mandou foi o próprio Zé (…) ouvi dizer que foi o próprio Serginho quem deu autorização pra Zé tirar, tirar as madeiras e as telhas (…) agora, ele pagou a meu genro para tirar. (…) boca de Serginho não me disse não, eu ouvi o comentário que foi ele que deu.”

o material esta por todas as partes do quintal da casa, telhas empilhadas e madeiras sob a copa de arvores

Logo em seguida, encontramos Zé e perguntado por Lazaro sobre quem teria dado autorização para pegar o telhado e as madeiras, em resposta direta ele disse: “É o seguinte, eu estava precisando da madeira pra colocar na casa, ai eu falei com o vereador (Valmir) e com o prefeito (Serginho) (…) ai eles me deram, tanto o prefeito como o vereador, me deram a ordem que eu podia tirar as telhas e as madeiras. Eu pedi porque eu não tenho condições. O vereador me disse ‘pegue lá a madeira e coloque em sua casa’, o vereador me disse e o prefeito também.”

com ajuda de vizinho carpinteiro, as madeiras foram retiradas e parte dela ja foram colocadas no telhado da casa de José

José Marcio da Silva, com a ajuda de familiares e vizinhos retirou o material da escola João Ferreira dos Santos, localizada nas proximidades do povoado Espanta Gado. O imóvel escolar tinha em suas instalações vaso de sanitário, pias, portas, janelas e outros ítens necessários para suprir as necessidades dos usuários. O que não foi retirado por Zé, já havia sido retirado antes por moradores do povoado Peixe, que não foram identificados.

O segundo imóvel era a escola Manoel Rosa da Silva, também na mesma região. Esta sofreu a mesma ação para beneficiar Edrian dos Santos e sua esposa Damacia.

Edrian, conhecido por ‘Nego’, começou dizendo que havia feito o recolhimento do material por conta própria. Ele estava recebendo visita que se mostrou defensor do prefeito e tentou intimidar a equipe do site. Por insistência ao assunto o visitante se retirou e Nego ao ouvir que poderia ser responsabilizado por roubo do material, já que ele dizia não ter autorização para a retirada, resolveu confessar.

“A ordem, o papel nós não temos em mão (…) não fiz nada escondido (…) é bem verdade que foi ele quem deu, Serginho quem me deu. (…) o vereador Valmir me deu a caçamba que roda para a prefeitura para trazer o material pra cá.” – disse Edrian.

A escola Manoel Rosa da Silva, foi autorizada pelo prefeito para beneficiar o casal Edrian e Damacia. O proprietário das terras vizinhas a escola ja cercou a escola tendo com sua propriedade. a cerca foi feita recentemente

Eu pedi e eles deram a caçamba da prefeitura, eu disse ‘eu preciso de uma caçamba pra trazer as coisas, se vocês não derem eu pago, mas eu preciso’ e ele (Ver. Valmir) disse não eu ‘arrumo’ a caçamba. (…) Eu fui à prefeitura duas vezes vê ele (Serginho), mas só vi uma vez. (…) ele (Serginho) disse que ia conversar com os vereadores primeiro, eu entreguei lá na prefeitura a xerox dos meus documentos que eles pediram para ver como me ajudar.”

Oficio da APLB encaminhado ao Ministério Público

O assunto está num nível bastante polêmico. No dia 28 de fevereiro A APLB – Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia, representado pelo Professor Israel Oliveira Lima – Diretor da Delegacia da Estiagem / Queimadas também se pronunciou sobre o assunto. A entidade Encaminhou ofício ao Promotor de Justiça da Comarca desta cidade, o Ilmo Sr Tomaz Luz R Brito, com cópia enviada para a Câmara Municipal de Vereadores. O documento tratava sobre a apropriação indébita das escolas e em seu conteúdo o professor afirma:

“ As velhas práticas de presentear correligionários com bens públicos mais uma vez se repete em nosso município. (…) As referidas escolas foram “presenteadas”, tiveram seus prédios depredados e o material como telhas, portas e madeiras sem nenhum critério legal. Isso constitui crime de improbidade administrativa (…).” Assinou o professor.

A Câmara de Vereadores também começou a exercer seu papel. Na sessão ordinária que aconteceu na última quarta-feira (02), o vereador Lázaro, através do ofício nº 019/11, solicitou ao prefeito informações a respeito do material retirado das citadas escolas. O ofício da Câmara foi recebido na prefeitura no dia 28 de fevereiro, protocolado com o carimbo da Secretária de Administração, concedendo um prazo de cinco dias, mas não houve resposta do prefeito dentro do prazo.

O vereador Lazaro foi bastante severo, quando no uso da palavra na sessão do dia 2 de março, cobrou explicações e transmitiu para toda a sociedade Queimadense a situação. O Presidente Renato, endossou as palavras do vereador, confirmando em seu discurso na Câmara as denúncias que configuram depredação de patrimônio público municipal e apropriação indébita de bem público, com base na visita que fez ao povoado, a pedido da comunidade, dias antes da referida denúncia chegar ao conhecimento geral. Oportunidade na qual, acompanhado pelo Vereador Lázaro, tirou fotos e conversou com os moradores.

Os vereadores Lazaro e Renato cobraram justiça sobre o caso

O site da rádio Queimadas FM, já publicou matéria sobre a situação com título “Prefeito é acusado de fazer doações ilegais e presidente da Câmara pede esclarecimentos”. Na publicação o site diz: “Renato segue dizendo que o vereador Valmir Pinheiro Barreto afirma não ter conhecimento de doação documentada nem verbal o que, segundo ele não deixa de ser grave, pois justifica que é dever do Prefeito zelar pelo patrimônio Público. “Uma das escolas é na passagem que leva à fazenda de Paulo Sérgio, sendo, portanto rota constante do mesmo. Não é possível que o fato tenha ocorrido há aproximadamente quatro meses e que ele nunca tenha percebido a ausência das telhas e portas”, critica e completa com a seguinte conclusão: “Se o Prefeito não tivesse doado, deveria no mínimo ter chamado as pessoas, mandado guardas. Porque prefeitura não é casa pessoal de ninguém. Eu até entendo que devem ser realizadas doações ao pobre e é por isso que esta casa aprovou a lei de subvenção social. Para dar, quando possível, porta, telha, bloco, passagem para São Paulo, cesta básica, terreno. Mas estes benefícios devem ser concedidos de forma legal”, enfatizou.

Oficio enviado pela Câmara ao Prefeito

Ainda nesta sessão, o vereador Lazaro cobrou explicações sobre os valores pagos na aquisição de fardas para os alunos das escolas municipais. O vereador ainda citou que a nota fiscal foi emitida e paga no mês de dezembro/2010 porém as aulas começaram e os alunos não haviam recebido as fardas. A mesma coisa aconteceu com a aquisição de material didático, cuja sua finalidade descrita para o Tribunal de Contas, foi a necessidade de suprir as escolas. As notas também foram emitidas e pagas no mês de dezembro e no início do ano letivo os professores solicitaram dos pais o envio dos mesmos materiais para a realização das aulas. O vereador Lazaro se surpreendeu com a forma de que a nota foi emitida. Uma lista de ítens adquiridos relacionados por ordem alfabética na emissão da NF, o que é difícil acontecer, tendo em vista que ninguém entra numa loja e passa tantos ítens pelo caixa seguindo essa ordem, o que supõe uma possível fraude.

Redação SisalNEWS, fotos SisalNEWS e arquivos das entidades citadas

TRAGÉDIA EM JACOBINA: GUARDA MUNICIPAL MORRE AO CAIR DA GUARITA DO TIRO DE GUERRA


Uma tragédia deixou a população de Jacobina consternada nesta segunda-feira, (07/03). O Guarda Municipal Edson Melo da Silva, 42 anos, morador da Rua Margem Rio do Ouro, no bairro do Leader, morreu por volta das 11h30min dessa segunda, após cair de cima da guarita do Tiro de Guerra, TG 06 008, no bairro dos Índios. Segundo informações de um de seus colegas de farda, Edson estava de folga e realizava um serviço extra como eletricista nas dependências do prédio. Após fazer o reparo de um refletor no telhado, ele se desequilibrou ao passar por cima da guarita e caiu de cabeça no pátio do TG. Edson ainda foi socorrido ao Hospital Regional, mas já chegou sem vida na unidade hospitalar.
Bastante conhecido na cidade, ele era muito querido e respeitado entre os colegas. Edson deixa esposa e dois filhos.

Emerson Santos

Roubo: Bandido invade residência e leva mais de sete mil reais de um casal


foto ilustrativa google
Por volta das 22h21min, do dia (05/03), na rua Duque de Caxias, bairro Colina do Sol, na cidade de Campo Formoso, o Sr. Francisco José da Silva e sua esposa, foram vítimas de assalto à mão armada, por um indivíduo em uma moto que adentrou na residência das vítimas portando uma arma de fogo, sem retirar o capacete da cabeça e chamando pelo nome do Sr. Francisco, rendeu-lhes anunciando o assalto, pedindo a bolsa que encontrava-se em seu quarto, levando a quantia de R$ 7.500,00 (Sete Mil e Quinhentos Reais).

54ª Cia PM

Tráfico de Drogas: Menor conduzido com drogas e dinheiro


Por volta das 11h50min, do dia (05/03), uma Guarnição da Polícia Militar foi informada de que na Rua Olavo Bilac, bairro Guabiraba, na cidade de Campo Formoso, estava havendo a comercialização de entorpecentes, ao chegar no referido local, a Guarnição encontrou o Menor de iniciais D.S.S, de 15 anos de idade, em posse de 15 (quinze) “papelotes” com maconha, e a quantia em espécie de R$ 186,00 (Cento e Oitenta e Seis Reais). O menor foi apreendido e conduzido à Delegacia de Polícia Civil desta cidade, juntamente com o material encontrado em posse deste, para adoção das medidas cabíveis.

54ª Cia PM

Tentativa de Homicídio


Por volta das 16h30min, do dia (05/03), nas proximidades do Trecho Velho com a Rua Petrolina, no Distrito de Serra da Carnaíba, Município de Pindobaçu, foi vítima de tentativa de homicídio, o Sr. João de Souza, de 24 anos de idade, residente na Rua Emílio Hilarião, em Pindobaçu, que foi alvejado por um disparo de arma de fogo tipo revólver, na região do abdômen, pelo indivíduo Wilson Diego de Souza Santos, de 24 anos, o qual se evadiu do local. A vítima foi socorrida para o Hospital de Pindobaçu e em seguida transferido para o Hospital Regional de Senhor do Bonfim. Diligências foram realizadas com o intuito de prender o acusado, mas até o momento, ainda sem êxito.

54ª Cia PM

Abandono de Incapaz


foto ilustrativa google

Por volta das 16h20min, do dia (05/03) no Distrito de Serra da Carnaíba, mais precisamente em Carnaíba de Baixo, a Polícia Militar em apoio ao Conselho Tutelar da cidade de Pindobaçu, auxiliou na condução do Sr. Adailton Rodrigues da Silva, de 42 anos de idade, natural de Jacobina – Bahia, na condição de preso por abandono de incapaz, de seus dois filho de iniciais, G.S.S. de 01 ano e J.K.S.S. de 06 anos.

54ª Cia PM

Apreensão de Entorpecente


Por volta das 20 horas, do dia 04Mar11, em abordagens realizadas no Distrito de Serra da Carnaíba, Município de Pindobaçu, foi encontrado em posse de Edivaldo Soares da Silva, de 35 anos de idade, uma pequena porção de maconha “trouxinha”, o qual alegou ter comprado a droga na mão do indivíduo conhecido como Kaíque, naquela localidade.

54ª Cia PM

VTR 1ª CIA prende elementos que assaltavam em Pernambuco e Bahia


ROQUE

FLAVIO


Nesta segunda-feira (07/03) em rondas ostensivas no mutirão do Alto da Maravilha a guarnição da PM 1ª Cia. se deparou com um veículo Peugeot placa NTT – 0728 licença de Salvador, com dois elementos em atitudes suspeitas parado e fora do veículo, quando a viatura parou a uma certa distância e os policiais foram até os dois elementos para saber de quem se tratava os elementos entraram no carro e saíram em alta velocidade empreendendo fuga pelas ruas da cidade, despertando a curiosidade das pessoas, a VTR perseguiu sinalizando para que eles parassem e só conseguiu interceptar em uma rua atrás da prefeitura, ao fazer a abordagem foi encontrada uma certa quantidade de uma erva seca aparentando ser maconha muitos cartões de crédito. Ao ser levado para averiguação no complexo policial foi constatado que se tratava de:

• Flávio Bastos Carneiro 26 anos, natural de Irecê – Ba, que segundo o sistema infoseg já havia sido preso por assalto:
• Roque Alves Gondim 30 anos, natural de Salgueiro – Pe, que pelo mesmo sistema tinha um mandado de prisão em aberto e já havia sido preso acusado de roubo a banco.

Pouco tempo depois se teve a notícia que o Peugeot teria sido tomado de assalto em Belém do São Francisco por volta das 03h00min da manhã do decorrido dia e quando o dono do carro veio buscar o veículo reconheceu os assaltante, que encontram-se sob custódia na delegacia de polícia civil de Bonfim, a disposição da justiça.

FELIZ DIA DA MULHER

Simplesmente Mulher



Teus braços
Fortes braços
Num longo abraço
A me envolver
Teus lábios
Doces lábios
Fonte de beijos
Muitos beijos, pra me aquecer
Quanta coisa emana de ti, doce criatura
Amor...carinho...ternura
Tudo que me liga a teu ser, mulher
Tia...mãe...avó...
Irmã...neta...filha...
Guerreira...companheira...
Tu que me namoras, me compreendes
Que me incentivas, me repreendes
E jamais me deixas só.
Tu que és dar e receber,
Que com a mesma humildade
Sabes perdoar e esquecer.
Santa ou pecadora
Ingênua ou sedutora
Não importa! Serás sempre uma rainha
Uma intercessora...uma fada madrinha...
Aquela que na minha aflição, chamo
Laura...Priscila...Mary...Maria José...
A todas, admiro e amo
Santas criaturas
Anjos de candura
Simplesmente mulher!