terça-feira, 15 de março de 2011

PROPRIETÁRIO DE ANIMAIS PRESO PELA PRF‏

Depois de diversas queixas de usuários, que havia dois animais na pista, na BR 407, proximidades da área urbana de Senhor do Bonfim, Policiais Rodoviários Federais recolheram dois cavalos que estavam à margem da rodovia, ontem (14/03/2011), às 11h00min. Por volta das 17h30min, compareceu ao Posto PRF o Sr. Adilson de Almeida Santos, alegando ser o proprietário dos animais. De imediato, depois de comprovada a veracidade da propriedade, Adilson foi detido e encaminhado para a DEPOL de Senhor do Bonfim, por expor a vida ou a saúde de terceiros, através de PERIGO IMINENTE (deixar animais na
pista).

ATT:Insp. Lopes Júnior

ESTELIONATÁRIO AGIA EM AGÊNCIA BANCÁRIA NO CENTRO DE BONFIM



Homem detido agindo em agência bancária em Bonfim de nome ainda não confirmado responde por estelionato tráfico de drogas, roubo a mão armada e muitos outros, foi preso ontem (14/03), pela manhã quando já tinha aplicado vários golpes em clientes da caixa no terminal de auto atendimento em Senhor do Bonfim o nome dele segundo os documentos encontrados com ele è Valdely Araújo Lima.

HOMEM EXECUTADO COM 12 TIROS NO BAIRRO BOM JARDIM


Por volta das 20h00min, desse sábado (12/03), quando estava sentado a porta de sua residência, CARLOS FERREIRA DOS SANTOS, 28 anos, “CARLINHOS”, teria sido vítima de execução quando mais ou menos 4 homens em um veiculo tipo corsa verde escuro, sendo que um dos homens apresentando nervosismo teria descido do veículo e se aproximado da casa dizendo: "uma informação, uma informação", quando Carlinhos ia se levantando foi alvejado pelo primeiro disparo, na face, e ao tentar correr mesmo baleado, foi alvejado por outros tiros, totalizando 12 disparos efetuados, matando Carlinhos que estava sentado a porta de sua casa, localizada na Rua Engenheiro Buriti, no bairro Bom Jardim.
Informações que um dia antes ele teria desconfiado de uns homens que passaram em sua rua de moto, e encarando para o mesmo.

Bahia se mobiliza contra dengue

Roteiro Município Período
1 Irecê

29 e 30/mar/2011

2 Porto Seguro

28 (a partir de 11h) e 29/mar/2011

3 Teixeira de Freitas 30 e 31/mar/2011
4 Salvador 04 e 05/abr/2011
5 Senhor do Bonfim 07 e 08/abr/2011
6 Itabuna 06 (a partir de 12h) e 07/abr/2011
7 Ilheus 08 (a partir de 09h) e 09/abr/2011
8 Feira de Santana 13 (a partir de 11h) e 14/abr/2011
9 Guanambi 13 (a partir de 14h) e 14/4/2011
10 Jequié 18 (a partir de 14h) e 19/abr/2011

Produtoras rurais participam de Feira de Produtos da Agricultura Familiar

Trinta mulheres produtoras rurais dos Territórios do Sisal, Bacia do Jacuípe e Portal do Sertão vão participar no período de 16 a 20 de março no Boulevard Shopping em Feira de Santana da Expomulher 2011.

O evento acontece pela segunda vez consecutiva e é uma realização da Unicafes Bahia, Rede de Produtoras da Bahia, Centro São João de Deus, Movimento de Mulheres e Arco Sertão, como o apoio do Movimento de Organização Comunitária (MOC) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE).

Em 2010 a Expomulher foi um sucesso, atraindo muitos visitantes. Este ano as mulheres garantem que não será diferente. Além de conferir os artesanatos e os produtos da agricultura familiar, os visitantes terão a oportunidade de conhecer a história de vida dessas mulheres que conquistaram autonomia financeira participando dos grupos de produção.

“Através da ARCO Sertão comercializamos os nossos produtos em diversos mercados e pela segunda vez estamos no Boulevard Shopping em Feira de Santana, onde nunca pensávamos de um dia estar. Hoje, a cooperativa que faço parte é bem vista na comunidade, já percebemos que é possível mudar a situação econômica das famílias através do trabalho coletivo, principalmente a inclusão de mulheres na geração de trabalho e renda” , conta Dona Jozemira, presidente de uma cooperativa no município de Valente.

Durante a feira as mulheres estarão expondo e comercializando os seus produtos, tais como: doces, bolos, biscoitos, artesanato em palha, sisal e mostrando um pouco do trabalho dos grupos de produção e como a organização produtiva de mulheres ajuda na geração de emprego e renda e fortalece a luta e o alcance das políticas públicas para as mulheres rurais.

Mais informações:
Rachel Pinto. Tel. (75) 3322.4428