sábado, 26 de março de 2011

HOMEM SE JOGA DE ÔNIBUS E MORRE EM JACOBINA


Ele foi identificado como sendo José Jaquelino da Silva Santos, de 29 anos, natural da cidade de Nova Floresta , estado da Paraiba, para onde ele estava retornando. De acordo com informações de alguns passageiros que viajavam no ônibus da empresa Trans Brasil, placa policial JJC 0382, licença de Nova Floresta, o homem estava vindo da Paraíba com destino à Brasília e no decorrer do trajeto, resolveu voltar para Nova Floresta, pegando em Irecê um ônibus da mesma empresa que fazia o roteiro de volta. Segundo relatos, no decorrer do trajeto até Jacobina, ele se mostrou muito nervoso e vinha sendo acalmado por alguns passageiros até que, quando o coletivo passava em frente à rodoviária, o rapaz aproveitou-se de um momento de distração das pessoas que conversavam com ele, abriu a janela e se atirou no asfalto.

As testemunhas disseram que ele a todo momento dizia: "Eles estão atrás de mim, eles querem me matar, eu tenho que fugir daquí!", o que deixou alguns passageiros do coletivo muito assustados.

Paulo Vicente Lameu, funcionário da empresa de ônibus, relatou que sentou ao seu lado para acalmá-lo, mas de repente Jaquelino se levantou e partiu em disparada pelo corredor do ônibus , pulando a última janela do veículo e caindo de cara no asfalto." Ainda tentei segurá-lo, mais ele foi muito rápido" explicou.

Jei Elí Santos da Silva, motorista do ônibus e proprietário da empresa, relatou que o ônibus fazia a linha de João Pessoa, PB com destino a cidade de Iporá, em Goiás, e que Jaquelino embarcou na cidade de Nova Floresta, PB, com destino ao Distrito Federal. Eli contou que em um determinado trecho da viagem o jovem começou a ter um comportamento estranho, o que o levou à conclusão que o passageiro não tinha condições de seguir viagem. Elí então resolveu levá-lo de volta para casa.

Na cidade de Souto Soares, após assumir a direção de outro veículo de sua empresa que seguia de volta para a Paraíba, trouxe consigo Jaquelino. Entretando, o quadro psicótico do rapaz foi piorando cada vez mais, causando medo às pessoas que estavam no ônibus, até que , ao se aproximar de Jacobina, o motorista tomou a decisão de conduzí-lo para um hospital ou até mesmo para a polícia. Como não conhecia a cidade, diminuiu a velocidade na intenção de pedir informação a alguém, porém antes que ele parasse o veículo, o rapaz pulou do carro em movimento e se esborrachou no chão.
Na delegacia, Policiais Civis conseguiram entrar em contato com parentes da vítima . De acordo com informações , a prefeitura da cidade de Nova Floresta disponibilizou um carro para realizar o translado do corpo de Jaquelino para sua cidade natal.

Depois de serem ouvidos, todos foram liberados às 20h55 , podendo então prosseguir a viagem interropida.

BAHIA ACONTECE