sábado, 23 de abril de 2011

PREFEITURA DE SENHOR DO BONFIM QUER MANTER VIVA A TRADIÇÃO DE QUEIMA DO JUDAS

O Governo Cuidando de Nossa Gente empenhou-se em contribuir para a manutenção da tradição do queima do Judas no sábado de aleluia, mandando confeccionar o boneco e entregando-o às comunidades de Quicé, Tijuaçu, Carrapichel, Igara e Missão do Sahy, além de dar suporte ao evento na Rua do Pernambuquinho. As comunidades já estão habituadas a elaborar o testamento, em que trovas hilárias colocam em evidência personagens da localidade, deixando-se a cada uma as roupas e bens do Judas a ser queimado.
Após a leitura do testamento, coloca-se fogo em uma corda que conduz o fogo até o boneco, recheado de bombas e espadas, que termina por explodir em meio a forte barulho. A queima do Judas continua uma tradição viva no município bonfinense.

Paulo Machado

ALELUIA FEST

Queima do Judas


No Sábado de Aleluia, (sábado antes ao domingo de Páscoa), à noite, vários bairros em Bonfim realiza-se a, Queima do Judas. Esta tradição perde-se no tempo e tem em carácter simbólico de expiação dos males e de purificação, através do fogo. Relacionado com este acontecimento, encontramos, também, uma marcada expressão satírica das gentes locais.
É uma festa tipicamente profana, com origem no imaginário cristão, segundo o qual Judas entregou Jesus à morte, tornando-se por isso um traidor.
A queima do Judas, não é só o queimar de um boneco de palha, mas, também, a representação, no adro da igreja, de um trabalho artístico e literário, numa rivalidade saudável, entre os lugares de Cima e de Baixo, sendo a parte das letras relativa, ou alusiva ao cenário artístico. Explora-se o aspecto crítico, humorístico, com especial incidência na vida política e social. No final, pela meia-noite, lê-se o célebre “Testamento do Judas” que consiste em deixar uma “herança” aos jovens solteiros, criando-se para o efeito quadras de escárnio e maldizer, onde se ridicularizam os vícios e costumes populares.

1º Festival de Música de Campo Formoso – 1º FESTCAMPO


1 – DA PROMOÇÃO E DA REALIZAÇÃO

Art 1 - O 1º Festival de Música de Campo Formoso –FESTCAM é uma realização da equipe de produção do cantor e compositor Dalmo Funchal em parceria de programas do GOVERNO FEDERAL, MINISTÉRIO DA CULTURA, FUNDAÇÃO NACIONAL DAS ARTES, BANCO DO NORDESTE DO BRASIL, INSTITUTO NORDESTE DE CIDADANIA E FUNDAÇÃO CULTURAL DO ESTADO DA BAHIA.

2 – DOS OBJETIVOS


Art. 2

I - Contribuir no resgate da qualidade da música popular brasileira;

II - Aumentar o interesse da população da região e mostrar a importância da arte como fonte de cultura e lazer;

III - Demonstrar que a música pode ser um instrumento colaborativo na melhoria da educação das crianças, dos jovens e dos adultos da nossa região;

IV - Aprimorar e desenvolver a cultura musical promovendo o intercâmbio artístico-cultural entre os artistas, população e todos os elementos geradores de cultura;

V - Lançar novos talentos.

3 – DAS INSCRIÇÕES

Art. 3 - As inscrições no FESTCAM-1º Festival de Música de Campo Formoso se darão da seguinte maneira:

I - As inscrições são gratuitas e poderão ser feitas do dia 14 de março a 26 de abrilde 2011 através da internet, as informações estão no endereço eletrônico http://www.taza.com.br/festival.html onde estarão o regulamento e a ficha de inscrição. Deverão ser enviados pelo email festcampo@yahoo.com.br os seguintes arquivos: gravação da música em mp3, letra da música com o título e autor(em Word) e ficha de inscrição preenchida. A inscrição também poderá ser feita pessoalmente das 14:00 hs às 18:00 hs (no endereço abaixo) ou pelos Correios postadas até o dia 26 de abril de 2011, enviando-se um envelope para o seguinte endereço: 1º FESTCAM- A/C de Darlan Cardoso – Rua Rui Barbosa, 67 – Centro –CEP 44.790-000 -CAMPO FORMOSO-BA (informações pelo cel. (74) 9119-0381 ou (74) 8815-2448) com o seguinte material: 1º-CD com as músicas gravadas e com os nomes escritos na frente do CD 2º- 5 cópias de cada letra com o título e o(s) nome(s) do(s) autor(es) 3º- Ficha de inscrição com os dados do responsável;

II - O concorrente poderá inscrever quantas músicas quiser, mas só duas poderão ser classificadas mesmo em parceria;

III - As músicas deverão ser inéditas e originais;

IV - Entenda-se como inéditas músicas que não tenham sido editadas, poderão participar músicas que já tenham sido gravadas em disco independente e participado de outros festivais, e como originais aquelas que não contiverem plágios, adaptações e paródias;

V - Dentre as inscritas, serão selecionadas 20 músicas pela Comissão de Triagem indicada pela Comissão Organizadora do Festival (esta quantidade poderá ser alterada) que irão concorrer à grande final do dia 22 de maio de 2011. O resultado da triagem será divulgado nos meios de divulgação e por email dos classificados a partir do dia 04 de maio de 2011.

4 – DA PREMIAÇÃO

Art. 4 - Das 20 músicas que participarão da grande final as três primeiras serão premiadas da seguinte forma:

1º Lugar
1 Violão elétrico e gravação da música em estúdio(violão e percussão ou violão e teclado)

2º Lugar
Instrumento musical

3º Lugar
Instrumento musical

Melhor Intérprete: Instrumento musical

& único - Todos os concorrentes receberão certificados de participação

5- DO JÚRI

Art.5 – I- Farão parte da comissão julgadora cinco pessoas de reconhecida capacidade líteromusical, convidadas pela Comissão Organizadora do evento.

II - Serão avaliados os quesitos letra, música e interpretação.

III – Serão atribuídas notas de 0 a 10 (não admitindo-se frações). Em caso de empate, será considerada vencedora a música que obtiver maior número de pontos no quesito MÚSICA. Persistindo o empate, será considerada vencedora a música que apresentar o maior número de pontos no quesito LETRA. Persistindo o empate haverá o voto de decisão do presidente do Júri.

§ Único – A decisão da Comissão Julgadora será definitiva, não cabendo recurso.

6 – DA APRESENTAÇÃO

Art 6 - A organização do Festival colocará à disposição dos concorrentes uma bateria que deverá ser a mesma para todos os que irão utilizar este tipo de instrumento, os demais instrumentos utilizados serão de inteira responsabilidade dos concorrentes assim como os instrumentistas que irão participar da execução das músicas;

Art.7 - A comissão indicará por sorteio, a ordem e o horário das músicas a serem apresentadas;

Art.8 - O início das apresentações será às 20:30hs, o concorrente que for chamado e não estiver no local, não poderá se apresentar posteriormente;

Art. 9 - A comissão fica isenta de quaisquer despesas contraídas pelos participantes tais como: transporte, alimentação e outros.

7 – DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Art. 10 - Todos os casos não previstos neste regulamento serão resolvidos pela comissão organizadora, podendo modificá-lo a qualquer momento que julgar necessário ao bom andamento do festival.

Art. 11 - A simples inscrição no festival pressupõe a aceitação e a concordância dos termos deste regulamento.

- Todas as informações e contatos sobre o festival poderão ser obtidas pelo site http://www.taza.com.br/festival.html, pelos emails dalmofunchal@yahoo.com.br ou festcampo@yahoo.com.br e pelos celulares (74) 9119-0381(TIM) ou (74) 8815-2448(OI).

Fonte: Ascom