quarta-feira, 25 de maio de 2011

I Festival de Música de Campo Formoso foi um sucesso

Vejam os vídeos dos melhores momentos do I Festival de Música de Campo Formoso, um microprojeto do programa Mais Cultura, realizado com apoio do Minc, Secult, Funarte, Funceb e BNB.


O Festival que aconteceu no último dia 22 de maio em Campo Formoso foi marcado pela diversidade de gêneros e pela participação de vários estados do nordeste brasileiro. Foram quase 50 inscrições e 20 músicas selecionadas. Destas foram escolhidas:
1 lugar: Ricos Olhos - Denir do Vale (Paulo Afonso)
2 lugar: Respostas - Érica e Fabrício (Campo Formoso)
3 lugar: Acordes e Versos- Daniel Gomes (Sr. do Bonfim)

O Melhor intérprete foi Danel Gomes
Melhores momentos: http://youtu.be/ux82Mj2pAL8
Música Resposta: http://youtu.be/1JRo1x3JyLE
Música Acordes e Versos: http://youtu.be/xRNnP1apcLA

Entrevista de Dalmo com a banda de pífano de Campo Formoso: http://youtu.be/SDIS7jI_VNQ
Parabéns a Dalmo e equipe pelo brilhante evento e promoção da cultura local. Parabéns aos vencedores e a todos os concorrentes, mais que uma disputa foi uma rica oportunidade de ouvir dizeres num tempo em que o falar muitas vezes oculta a poesia do cotidiano.

Que venham outro!

Carla Lidiane
Representante Territorial de Cultura

Solenidade de entrega de titulo de cidadão bonfinense‏

COMÉRCIO BONFINENSE LANÇA CAMPANHA SÃO JOÃO SENSACIONAL





Maravilha Notícias

Pela quarta vez neste ano, servidores da Justiça baiana cruzam os braços


Pela quarta vez neste ano, os servidores da Justiça baiana cruzam os braços por 24h nesta quarta-feira (25). Em conversa com o Política Hoje, o diretor de Comunicações do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado da Bahia (Sinpojud), Zenildo Castro, afirmou que a categoria quer que o Tribunal de Justiça publique o edital de regulamentação das remoções de servidores para outras comarcas - segundo Castro, hoje não há possibilidade de o servidor trocar o local de trabalho -, o pagamento da diferença salarial para os servidores com nível superior, além da revogação do desconto que foi aplicado em vencimento após greve realizada no ano passado.

Durante o dia, serão mantidos serviços como emissão de habbeas corpus, guia de sepultamento e liminar de saúde. Na quinta-feira (26), as atividades voltam ao normal.

Amanda Barboza

Mais de 900 pessoas participam da Reunião Ampliada do CEAS e CMAS em Salvador


A Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (Sedes) e o Conselho Estadual de Assistência Social (CEAS) realizaram nessa terça-feira (24), no Centro de Convenções da Bahia, uma reunião ampliada.

No encontro que contou com a participação de cerca de 900 pessoas, foram apresentadas recomendações aos conselhos de assistência social dos municípios baianos para a acessibilidade nas conferências de assistência social 2011 e discutir estratégias para sua mobilização e realização, potencializando a participação de todos dessa política.

O início dos trabalhos se deu com a apresentação do Tema Geral da VIII Conferência Estadual de Assistência Social, sendo o palestrante o vice-presidente do Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS), Renato Francisco dos Santos Paula. Em seguida o tema debatido foi Controle Social e o Programa Bolsa Família, mediado pela coordenadora estadual do Programa Bolsa Família, Luciana Santos. A reunião contou ainda com orientações para o processo de realização das conferências de assistência social municipais e estadual e outras informações complementares das conferências 2011.

Em um discurso eloquente, o secretário de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza da Bahia e presidente do CEAS, Carlos Brasileiro, ressaltou a presença dos cerca de trezentos municípios baianos à Reunião Ampliada. Segundo ele, a grande participação ao evento é uma demonstração de que os governos municipais têm valorizado a área de assistência social. Segundo ele, a participação dos CMAS nessa reunião é fundamental para esclarecer a cerca da estrutura dos Conselhos e debater a importância de cada Conselho dentro da política assistencial.

“Temos o desafio de erradicar a extrema pobreza no Brasil e especialmente na Bahia. Por mais que tenhamos avançado, existe ainda um longo caminho a ser percorrido; para isso precisamos da participação de todos com eficácia, eficiência e compromisso de melhorar a condição de vida dos que mais precisam”, conclamou e destacou o papel da sociedade no processo para a erradicação da pobreza. “A sociedade civil deve ser respeitada e valorizada, pois conhece de perto os problemas de suas comunidades”.

O secretário informou que as atualizações da Sedes junto aos municípios estarão sendo resolvidas logo após a assinatura do Plano de Ação do co-financiamento estadual para os benefícios eventuais e serviços do Sistema Único Assistência Social – SUAS, que acontecerá nos primeiros dias do mês de junho.

Além dos conselheiros estaduais e municipais, secretárias executivas e técnicos da Superintendência de Assistência Social (SAS) e do Fundo Estadual de Assistência Social (FEAS), participaram da reunião, Raimundo Nonato (coordenador do Fundo Estadual de Assitência Social), Angela Gonçalves (superintendente de Assistência Social da Sedes), Rui Pavan (Unicef), Maria de Los Dolores Rodrigues Cabrita (vice presidente do CEAS) e Abel Lisboa (Coegemas – Conselho Estadual de Gestores de Assistência Social).

Ascom/Sedes