sábado, 30 de julho de 2011

DUPLA TENTOU FUGIR DA POLÍCIA NA ESTRADA DO BARRO, UM ESTÁ INTERNADO E O OUTRO NA DELEGACIA


Por volta das 15h30min, desse sábado, quando realizava rondas rotineiras nas imediações do bairro Bonfim III, a guarnição CETO, do 6º BPM deparou-se com dois homens em uma moto tipo Bros de cor preta placa JRN 9016 (fria, pois segundo informações da polícia trata-se de uma placa de um Pálio). Ao avistarem a viatura os dois empreenderam fuga, adentrando na estrada do Barro, e em alta velocidade fugiam quando se chocaram em um barraco e caíram, sofrendo escoriações diversas em seus corpos.
No hospital quando foram socorridos pela SAMU, a pedido da polícia, eles se identificaram como:
WILSON FERREIRA DOS SANTOS, 25 anos – ficou internado no HDAM - apresentava escoriações no tórax, e reclamava de dores diversas no corpo; (esse foi o nome fornecido pelo acusado na hospital, mas na delegacia o nome original do mesmo é: ERLANDIO DE JESUS SANTOS)
JAMERSOM ASSUNÇÃO DA SILVA, 25 ANOS – residente em Jacobina - apresentando deslocamento do braço direito, escoriações diversas no corpo e edemas no olho esquerdo.
Com eles a guarnição CETO encontrou uma arma de fogo tipo revolver calibre 38 com 5 munições intactas e uma deflagrada, R$ 216,70, em espécie e ainda vários blusões com capuz.

Maravilha Notícias

Polícia prende homicida foragido há 8 anos em Capim Grosso


A polícia prendeu na manhã desta sexta-feira (29), um homem acusado de homicídio que estava foragido havia 8 anos. Jhefson Matos Ribeiro foi detido em Capim Grosso pelo coordenador da 1ª Coordenadoria de Polícia do Interior, Fábio Lordello, e será apresentado no Complexo Policial de Feira de Santana. Jhefson é apontado como o assassino de Japiassú Sales Siqueira Júnior, 24 anos, morto em 23 de abril de 2003. Na época, o crime chocou os moradores de Feira de Santana pela crueldade. De acordo com a polícia, Jhefson era amigo de Japiassú, mas 1 ano e 2 meses antes do crime eles se desentenderam durante um jogo de futebol.

Na ocasião, Jhefson teria tentado agredir um rapaz, mas foi impedido pelo amigo e eles acabaram brigando. Após o confronto, Jhefson teria ameaçado Japiassú de morte.

No dia do homicídio de Japiassú, a cadela da vítima teria tentado brincar com Jhefson, que teria chutado o animal e depois matado. Em seguida, ele teria dito para um primo que iria matar o ex-amigo.

Como ele sabia que Japiassú iria viajar para Salvador, fez uma emboscada e surpreendeu a vítima, atirando contra ele e um primo de prenome Alexsandro da Cunha Sarmento. Japiassú não resistiu e morreu e o primo correu o risco de ficar paraplégico, mas se recuperou.

Após o crime, ele chegou a se apresentar à polícia, mas foi liberado e fugiu. O caso chegou a ser noticiado em programa policial na televisão em 2004, mas Jhefson não teria sido localizado.

Texto: A tarde/Foto: Central de Polícia

IBGE divulga edital para 4.250 vagas temporárias

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta sexta-feira (29) o edital do processo seletivo para 4.250 vagas temporárias de agente de pesquisas e mapeamento, que exige nível médio. O salário é de R$ 850.

As vagas são para 554 municípios distribuídos pelos 26 estados e no Distrito Federal. Há 235 vagas reservadas a pessoas portadoras de deficiência em todo o Brasil. O candidato portador de deficiência deverá verificar se há esse tipo de vaga no município ao qual deseja concorrer.

A jornada de trabalho será de 40 horas semanais, sendo 8 horas diárias. Os serviços serão prestados pelo prazo máximo de 24 meses.Os contratos terão vigência de 30 dias, podendo ser sucessivamente prorrogados por apostilamento, por igual período, estritamente de acordo com a necessidade do trabalho e/ou disponibilidade de recursos orçamentários. As renovações e/ou rescisões dos contratos estarão condicionadas ao cronograma das pesquisas e à respectiva dotação orçamentária, assim como aos resultados da avaliação de desempenho do contratado. Os candidatos contratados, durante a prestação de serviços temporário, serão avaliados mensalmente, observados os seguintes fatores: cumprimento de prazos, qualidade do trabalho e assiduidade.
O contratado receberá auxílio-alimentação e auxílio-transporte, assim como terá direito a férias e ao 13º salário.

As inscrições serão efetuadas, no período de 29 de agosto a 19 de setembro, através do Posto de Inscrição Informatizado nos municípios onde houver vagas, conforme lista divulgada no mesmo endereço eletrônico a partir de 10 de agosto, no horário das 9h às 12h e das 14h às 17h. A taxa é de R$ 20.
As provas têm data inicialmente prevista para 30 de outubro, com duração de quatro horas, das 13h às 17h (considerando-se o horário de Brasília), simultaneamente em todos os 467 polos de provas definidos, em local a ser informado de 14 a 28 de outubro, período de divulgação da confirmação da inscrição.
As convocações deverão ser realizadas a partir de 24 de novembro deste ano.

IBahia

Sinebahia reabre segunda-feira e terá período de adaptação ao novo sistema


Na próxima segunda-feira (1), as 123 unidades do Serviço de Intermediação para o Trabalho (Sinebahia) voltam a funcionar em todo estado, já com o sistema Mais Emprego. Durante toda esta semana, as equipes tiveram acesso à nova ferramenta, que tem como principal novidade o compartilhamento dos dados presentes nos cadastros do Sinebahia, com informações de outros sistemas federais.
A mudança permitirá, por exemplo, acesso direto ao histórico dos trabalhadores por meio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e dados vinculados ao Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS). É por esse motivo, que a numeração do PIS, Pasep ou do NIS passa a ser exigida para a realização de novos cadastros e a pesquisa de vagas.
Outro ganho esperado está na integração das ações de intermediação, qualificação profissional e habilitação do seguro-desemprego. A expectativa é que o sistema, considerado uma plataforma mais leve e simples de ser operada, reduza ainda mais o tempo de espera do trabalhador. O Sinebahia prevê que a médio prazo o número de atendimentos cresça em até 20%.

Documentação cadastro

RG, carteira de trabalho, CPF, comprovantes de residência e de escolaridade, além do número do PIS, Pasep ou NIS.

Documentação pesquisa

Carteira de trabalho e número do PIS, Pasep ou NIS.

Fonte: Secom