sexta-feira, 10 de agosto de 2012

O CÉU MUDOU DE COR!


Texto: Marcos Velasch e Nilton Miranda
RELEASE:

Aderbal (Nilton Miranda) é uma transexual que morou na Itália trabalhando lá como faxineira de dia e fazendo programa com os gringos a noite que há dez anos espera na fila do SUS (Sistema Único de Saúde) para fazer a cirurgia de mudança de sexo, um sonho antigo e que ainda alimenta uma gravidez psicológica. Januário (Marcos Velasch) é um gay espevitado e fútil, que nunca sai do quinto período do curso de direito.Os dois são o oposto um do outro, enquanto Aderbal sonha em ser uma mulher de verdade e criar o filho, fruto de sua gravidez psicológica, já Januário quer mesmo é curtir a vida sem pretensões para o futuro.Numa viagem para uma Virada Cultural onde Aderbal e Januário deverão se apresentar num show , o avião explode e os dois vão parar no céu.Chegando lá e sem saber onde estão, os dois vão sendo monitorado por uma VOZ vinda do além que monitora e revela traços da vida de cada um deles da forma mais hilária e irônica possível, como num reality show.na verdade a Voz que monitora cada passo dos dois é a VOZ de Deus, e ao descobrirem que estão no céu Aderbal e Januário vão revelando tudo que acontece na terra: o preconceito, a intolerância, a corrupção e a hipocrisia.

A peça CÉU MUDOU DE COR! É uma crítica sarcástica ao falso moralismo, a intolerância religiosa e a discriminação contra LGBTT.Com humor ácido a peça vai revelando e quebrando tabus mostrando uma faceta bem diferente das historicamente apresentadas sobre a imagem imponente de DEUS, não mais como uma figura severa e castigadora, mas um Deus tolerante, amoroso, compreensivo e muito observador com seus aparatos de última geração de onde ver tudo o que acontece abaixo do céu.