terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

FALSO TESTEMUNHO TERIA SIDO EM FAVOR DE BENEFÍCIOS TRABALHISTAS DISSE WELINGTON


Depois de receber voz de prisão e ao ser apresentado pelo oficial de justiça Sr. Sergio Miranda, com a condução da PM, o motorista WELINGTON ARAÚJO COELHO, foi apresentado no Complexo Policial, e por muito tempo teria resistido e insistido que não havia parado com seu ônibus no local do suposto acidente, sendo que ao saber do valor de sua fiança que poderia ser arbitrada, na casa dos 20 a 25 mil reais, e que teria que vender o ônibus para responder em liberdade, aos prantos WELINGTON resolveu abrir o jogo e revelou que havia sido procurado por Renato Macedo, que teria lhe oferecido vantagens trabalhistas, como linha de transporte de passageiros etc, e que em troca ele deveria mudar a versão de seu depoimento em juízo.
Por resolver colaborar com as investigações, WELINGTON teve a fiança reduzida para apenas R$ 500,00, e teve o direito de reafirmar seu primeiro depoimento, de novembro do ano passado, quando seu ônibus teria sido visto parado no local.
Informações que antes de abrir o jogo ele teria dito que em novembro teria sido pressionado pelo delegado Juvenal Uchoa, para dizer que havia visto a situação na estrada.
Agora a coisa engrossa ainda mais para Renato Macedo, que além de ser envolvido na participação da simulação do acidente quando tentava com seu irmão João despistar a policia do homicídio, ele ainda vai responder por corrupção de testemunha.

Os depoimentos tiveram início às 08h30min e encerram por volta das 13h30min, quando 14 pessoas foram ouvidas, sendo 9 testemunhas de defesa e 5 de acusação.
O caso foi adiado para o dia 03 de abril, porque uma testemunha de defesa teria faltado por motivos de saúde.
Ainda no Fórum Edigar Simões um fato despertou a fúria de pessoas que presenciavam tudo no local, quando a testemunha WELINGTON ARAÚJO COELHO, teria recebido voz de prisão e foi algemado, sendo conduzido à delegacia, o acusado JOÃO MACEDO, teria saído do Fórum do mesmo jeito que entrou de mãos livres, isso provocou certa ira no público presente.

Maravilha Notícias
Foto: Silvonei Viana

ESPAÇO DO LEITOR: ATÉ QUANDO?


Fotos tiradas hoje (14/02) às 13h30min, em horário de grande fluxo de veículos, na estrada da Igara, na entrada do Instituto Federal.

Todo dia é a mesma coisa!!!

Leitor do Blog.

ESPAÇO DO LEITOR: QUEREMOS SABER QUANDO COMEÇAM AS AULAS NO QUICESAR?


Quicesar inicio das aulas

Os pais dos alunos do ensino médio direcionado pelo Colégio Estadual Julio Cesar Salgado (Extensão em Quicé), pede esclarecimentos por parte da Direc 28, sobre o porquê das aulas ainda não terem iniciado (ano letivo 2012).

Vale ressaltar que a SEMEC como sempre já disponibilizou as Salas de Aula da Escola Municipal Professora Judite Ferreira de Santana e o transporte escolar para Professores e alunos.

Cumpre-nos informar que até o presente momento nenhum responsável pela Direc 28 e Colégio Estadual Julio Cesar Salgado, compareceram a Comunidade de Quicé para prestar esclarecimento aos alunos e pais de alunos QUICESAR (Colégio Estadual Julio Cesar Salgado (Extensão em Quicé)

Esta união entre Município e estado foi realizada para minimizar a distancia que os alunos tinham de percorrer do interior até a sede do município.

Caso a DIREC 28 não resolva esta situação os pais já falaram que irão matricular seus filhos na sede do município.

Atenciosamente;

Robson Santana
Administrador de Quicé.

CASO MÁRCIA REGINA: TESTEMUNHA PRESO POR CRIME DE FALSO TESTEMUNHO


Nove pessoas foram ouvidas na manhã dessa terça-feira, como testemunhas de defesa, no “Caso Márcia Regina”, porém uma testemunha teria faltado ao depoimento, o que ocasionou um novo pedido para o advogado do acusado, e que foi acatado pelo Juiz Dr. Tardelli Cerqueira Boaventura, ficando para o próximo dia 03 de abril de 2012, quando será ouvida a testemunha faltosa, o delegado Titular de Senhor do Bonfim, Juvenal Uchoa, e o reo.
Durante um dos depoimentos o testemunha WELINGTON ARAÚJO COELHO, teve a prisão pedida pela Promotora Dr. Aline Cotrim Lima, por contradição no novo depoimento. Informações de outras testemunhas que disseram ter visto o ônibus de Wellington parado no local, e no depoimento de hoje ele teria dito que não havia parado, ele que fazia condução de passageiros de Bonfim a Pindobaçu, quando na época havia uma festa em Pindobaçu, sendo conduzido para o Complexo Policial de Senhor do Bonfim, mediante a presença do Oficial de Justiça Sergio Miranda, e de policiais militares.

Falso testemunho:
O art. 342 do Código Penal define o crime de Falso Testemunho ou Falsa Perícia, verbis: ‘‘Fazer afirmação falsa, ou negar ou calar a verdade, como testemunha, perito, tradutor ou intérprete em processo judicial policial ou administrativo, ou em juízo arbitral’’.

Maravilha Notícias

COMEÇOU OS DEPOIMENTOS NO CASO MÁRCIA REGINA


Começou na manhã dessa terça-feira, a primeira ouvida das testemunhas do caso “MÁRCIA REGINA”, vítima de homicídio na madrugada do dia 29 para o dia 30 de outubro de 2011, na casa em que morava com seu esposo, o investigador de Polícia Civil João Macedo, que com requintes de crueldade, teria algemado torturado e matado a própria esposa e mãe de seus filhos.
Depois com auxilio do irmão Renato, teria simulado um acidente na altura do Km 15 da rodovia estadual BA 131, entre os municípios de Bonfim e Antonio Gonçalves, porém a mentira não durou muito, quando na condução das investigações Dr. Felipe Neri, Coordenador da 19ª Coorpin, levantou duvidas sobre o acidente, e dias depois ainda na casa do casal, teria utilizado de um método de identificação de sangue, chamado luminol, no qual mostrou evidencia no quarto, na pia e em uma peça de roupa da vítima que estaria no varal.



Na manhã de hoje era esperada chegada de João Macedo no Fórum Desembargador Edgar Simões, ele que chegou por volta das 07h45min, em um veículo descaracterizado, (particular), acompanhado de três agentes da polícia, e ficou esperando dentro do veículo do lado de fora do Fórum.
As 08h15min, ele foi conduzido ainda no veículo até próximo a porta do salão do júri, e ao descer do carro estava com o rosto encapuzado, segurando uma revista na mão passou a passos largos para o interior do salão.

Dez testemunhas foram convocadas para prestarem depoimentos, sobre o caso, desde vizinhos, até pessoas que passaram no local e presenciaram uma movimentação estranha na rodovia estadual, no momento em que era simulado o acidente.

Conversamos com o Advogado de acusação, Dr. Rodrigo Almeida, que também é primo da vítima, e em nossa conversa ao vivo para a Radio Rainha FM, ele informou que em nenhum momento a família pensa em vingança, e que esperam apenas que a justiça seja feita, “a gente não quer que ele seja condenado por nenhuma vírgula a mais do que ele fez” disse o advogado.



Dr. Rodrigo ainda falou que uma vitória já havia sido conquistada na justiça, que foi a guarda dos filhos que até então permaneciam com os avós paternos.
“Isso tudo é muito traumático, o que foi feito foi feito de forma monstruosa, João era uma pessoa do nosso convívio, a gente nunca esperava que ele fosse fazer algo dessa natureza, o laudo cadavérico de Márcia descreve verdadeiramente uma cena de terror, acho que no dia do encontro de João com o Senhor, acho que ele não será muito bem recepcionado” concluiu Dr. Rodrigo, bastante emocionado.

Pessoas que se encontravam no fórum proferiram gritos, de “vai pagar, vai morrer, monstro, etc.”.



João será ouvido pelo excelentíssimo Juiz de Direito da Comarca de Senhor do Bonfim, Dr. Tardelli Cerqueira Boaventura, que terá como promotora de acusação Dr. Aline Cotrim Lima.

Maravilha Notícias

CINE BONFIM APRESENTA “OS SMURFS”


O CINE BONFIM desta quinta-feira (16) traz Os Smurfs – O Filme. A Secretaria Municipal de Cultura (Secult) convida o público bonfinense a comparecer ao Centro Cultural Ceciliano de Carvalho, às 19h30, para a exibição da animação.

OS SMURFS (sinopse) – Gênero: Aventura. Duração: 90 min. Classificação: Livre.

Em Smurfs - O Filme, o mago Gargamel começa a perseguir os pequenos azuis, que deixam a floresta por meio de uma feitiçaria e acabam parando no Central Park, em Nova York. A partir de então, os Smurfs terão que contar com a ajuda de um humano para sobreviver.
Entrada – A Secult informa aos interessados que será cobrada uma taxa de manutenção no valor de R$ 2,00.