domingo, 19 de fevereiro de 2012

INELEGIBILIDADE DE DETO VENÂNCIO FORTALECE POTENCIAIS CANDIDATOS


Foto: Maravilha Notícias

O julgamento da Lei da Ficha Limpa pelo STF (Supremo Tribunal Federal), considerando-a constitucional tira a possibilidade de muitos candidatos de participarem das eleições municipais deste ano.

No caso de Ponto Novo, um dos mais fortes candidatos, o ex-prefeito Deto Venâncio, apesar de não ter ainda se decidido como pré-candidato a prefeito em 2012, vinha mantendo conversações com várias lideranças políticas do município, sempre pregando a idéia de que o candidato de uma ampla frente partidária deveria ser o que melhor posição tivesse com o eleitorado, por ocasião das convenções municipais.

Diante da confirmação da retroatividade da Lei da Ficha Limpa, para aplicação de causa de inelegibilidade, que alcança o ex-prefeito Deto Venâncio, porque foi penalizado na eleição de 2008 com três anos de inelegibilidade, novos nomes estão surgindo como potenciais pré-candidatos a prefeito, dentro do próprio grupo, bem como, cresce o fortalecimento de outros potenciais pré-candidatos, que já estão com os seus nomes postos junto ao eleitorado.

Nesse primeiro momento, dentro do grupo político liderado pelo ex-prefeito Deto Venâncio, o nome novo que surge com muita força é o do seu filho, Thiago Venâncio, que tem sido apontado por vários correligionários e lideranças políticas do município.

Deto Venâncio, com a intensidade como tem sido a indicação do nome do seu filho Thiago Venâncio, diz que se sente lisonjeado pela demonstração de carinho de seus correligionários, mas lembra que tem um compromisso apalavrado com vários potenciais pré-candidatos, para que a escolha do nome recaia naquele que melhores condições apresente junto ao eleitorado, citando, entre esses nomes, o do ex-vereador e ex-vice-prefeito Oscarito, do atual vice-prefeito Zenóbio, do atual vereador David Porcino (o Vida) e do também atual vereador, Adelson Maia.