quarta-feira, 18 de abril de 2012

CINE BONFIM TODA QUINTA NO CINEMA APRESENTA FLASHDANCE (HOMENAGEM AO MÊS DA DANÇA)


LOCAL: CENTRO CULTURAL CECILIANO DE CARVALHO
HORÁRIO: 19:30H
TAXA DE MANUTENÇÃO: 2,00 ( DOIS REAIS)
TITULO ORIGINAL: FLASHDANCE
FAIXA ETÁRIA: LIVRE PARA TODAS AS IDADES
DURAÇÃO: 100 MINUTOS
GÊNERO: MUSICAL

Prepare o bolso: Aneel autoriza Coelba a reajustar tarifa de energia


A partir do próximo domingo (22), os baianos pagarão 6,57% a mais nas tarifas de energia. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou, nesta terça-feira (17), o reajuste nas contas dos consumidores. Os clientes de baixa tensão, que representam 99% dos consumidores da companhia e incluem os residenciais, terão um aumento médio de 6,15%. Já os industriais e comerciais de médio e grande portes, atendidos em alta tensão, terão acréscimo de 7,36%, em média. Na Bahia, a Coelba atende a 5,1 milhões de unidades em 415 municípios. De acordo com a empresa, além dos encargos setoriais e dos custos com a geração e transmissão de energia, são cobrados nas faturas os tributos ICMS, PIS e Cofins. Em abril do ano passado, a Aneel também já tinha autorizado um reajuste médio que chegou a 9,92%. A mudança nos valores cobrados está prevista nos contratos de concessão assinados entre as concessionárias e o governo federal.

BN

CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA A INFLUENZA


O Governo Cuidando de Nossa Gente através da Secretaria Municipal de Saúde informa a população bonfinense que no período de 05 a 25 de maio, será realizada a campanha de vacinação contra a Influenza (trivalente). O dia 05 de maio será o dia da Mobilização Nacional, na qual serão vacinados idosos acima de 60 anos, crianças de 06 meses a 2 anos, trabalhadores da saúde e gestantes. Informamos que a população terá a sua disposição 30 pontos de vacinação espalhados pelo município inclusive zona rural.

ASCOM BONFIM

VEJA OS DEPUTADOS QUE FICARAM CONTRA A CATEGORIA NA VOTAÇÃO DA URGÊNCIA DO NEFASTO PROJETO DE LEI 19.776

Reflexo de um poder(Deputado estadual) em seu primeiro mandato.‏

Os anexos, as imagens e os links desta mensagem foram bloqueados para sua segurança.
Mostrar conteúdo | Sempre mostrar conteúdo para professorestadual@hotmail.com
A greve na educação na Bahia têm reflexos em vários municípios. Uma professora, que não quer se identificar, questiona posicionamento do deputado estadual Carlos Brasileiro (Pt),no seu primeiro trabalho , de ter votado contra os professores. Ela credita a situação precária da educação pública no Brasil aos governos , esquecendo-se que em Estados e cidades governados pelo PT não é pago o piso para os professores. Além de ele ter esquecido ( nobre Deputado) que nas campanhas dele na nossa pobre cidade era encabeçada por professores de bandeira em punho nas caminhadas para as eleições municipais tão desejadas...se isso é o reconhecimento Deputado para nossa classe trabalhadores, gostaria de saber quando ficaras pior?

Por: professor estadual.

17 DE ABRIL DE 2012
Veja na lista abaixo quais os deputados que votaram, a favor do governo, o caráter de URGÊNCIA do Projeto 19.776 de 12 de abril de 2012. Este projeto de lei é nefasto aos trabalhadores em educação da rede estadual, pois transforma em subsídio a remuneração total dos professores com titulação em ensino médio completo ou licenciatura de curta duração e de professor não licenciado, além de propor a retirada destes docentes do Plano de Cargos e Salários dos Trabalhadores em Educação, criando um Quadro Especial para os mesmos. A votação ocorreu no início da noite desta terça-feira, 17 de abril.

NOME PARTIDO VOTO

ADERBAL CALDAS PP SIM

ADOLFO MENEZES PSD SIM

ADOLFO VIANA PSDB NÃO

ALAN SANCHES PSD SIM

ÁLVARO GOMES PC do B SIM

ANGELA SOUSA PSD SIM

ANGELO CORONEL PSD SIM

AUGUSTO CASTRO PSDB NÃO

BIRA CORÔA PT SIM

BRUNO REIS PRP NÃO

CACÁ LEÃO PP SIM

CAPITÃO TADEU PSB NÃO

CARLOS BRASILEIRO PT SIM

CARLOS GEILSON PTN NÃO

CARLOS UBALDINO PSD SIM

CEL GILBERTO SANTANA PTN NÃO VOTOU

CLAUDIA OLIVEIRA PSL SIM

DEL. DERALDO DAMASCENO PSL SIM

ELMAR NASCIMENTO PR NÃO VOTOU

EUCLIDES FERNANDES PDT NÃO VOTOU

EURES RIBEIRO PV SIM

FABRÍCIO FALCÃO PC do B SIM

FÁTIMA NUNES PT SIM

GILDÁSIO PENEDO FILHO PSD SIM

GRAÇA PIMENTA PR NÃO

HERBERT BARBOSA DEM NÃO

IVANA BASTOS PSD SIM

J. CARLOS PT SIM

JOÃO BONFIM PDT NÃO VOTOU

JOSEILDO RAMOS PT SIM

KELLY MAGALHÃES PC do B SIM

LEUR LOMANTO JÚNIOR PMDB NÃO

LUCIANO SIMÕES PMDB SIM

LUIZ AUGUSTO PP SIM

LUIZA MAIA PT SIM

LUIZINHO SOBRAL PTN NÃO

MARCELINO GALO PT SIM

MARCELO NILO PDT NÃO VOTOU

MARIA DEL CARMEN PT NÃO VOTOU

MARIA LUIZA PSD SIM

MARIA LUIZA LAUDANO PSD SIM

MÁRIO NEGROMONTE JÚNIOR PP SIM

NELSON LEAL PSL NÃO VOTOU

NEUSA CADORE PT SIM

PASTOR JOSÉ ARIMATÉIA PRB SIM

PASTOR SGT ISIDÓRIO PSB SIM

PAULO AZI DEM NÃO

PAULO RANGEL PT NÃO VOTOU

PEDRO TAVARES PMDB NÃO

REINALDO BRAGA PR NÃO VOTOU

ROBERTO CARLOS PDT SIM

ROGÉRIO ANDRADE PSD SIM

RONALDO CARLETTO PP SIM

ROSEMBERG PINTO PT SIM

SANDRO RÉGIS PR NÃO

SIDELVAN NOBREGA PRB SIM

TARGINO MACHADO PSC NÃO

TEMÓTEO BRITO PSD NÃO VOTOU

TOM ARAUJO DEM NÃO

VANDO PSC NÃO

YULO OITICICA PT SIM

ZÉ NETO PT SIM

ZÉ RAIMUNDO PT SIM

RESULTADO DA VOTAÇÃO

SIM – 37

NÃO – 16

TOTAL – 53

FONTE: http://www.aplbsindicato.org.br/estadualeinterior/destaques/veja-os-deputados-que-ficaram-contra-a-categoria-na-votacao-da-urgencia-do-nefasto-projeto-de-lei-19-776/

Reunião Boca Branca em Campo Formoso


Faltando 6 meses para as eleições de 2012, o povo de Campo Formoso – BA, já vivencia no seu dia a dia a política dos tradicionais grupos políticos da cidade. No dia 30 de março, alguns pré-candidatos a vereadores já se abduziram do cargo público que exercia: o Secretário de Administração do município de Campo Formoso, Ismael Pereira, o Diretor da 27ª Ciretran, Dr. João Pedro, dentre vários outros, já estão afastados como ordena a lei.

No último sábado, 14 de abril, aconteceu no Clube de Campo Juá uma reunião do “Grupo Boca Branca”, onde na oportunidade compareceram milhares de pessoas da sede e do interior do município, o Deputado Estadual Elmar Nascimento, vereadores, pré-candidatos a vereadores, o vice-prefeito Carlos Maranhão e o ex-prefeito Dr. Santana.

Todos os discursos proclamavam a volta de José Santana para ser candidato a prefeito. Elmar ressaltou a importância de se fazer uma aliança com seu tio Chiquinho, para uma soma de votos, disse ainda que foi presente durante todo tempo ajudando a prefeita Iracy.

Para quem foi na reunião e esperava Dr. Santana definir a sua “chapa”, não ouviu isso na sua fala. Santana deixou claro em discurso que é bom para o grupo fazer uma aliança, mas para isso teria que terminar uma conversa com a Prefeita Iracy, que não pôde estar presente na reunião. Disse ainda que se fosse o candidato, precisava de ajuda financeira para a campanha.

Portal Campo Formoso

LIGA DO CSU REUNIRÁ HOJE A NOITE REPRESENTANTES DOS TIMES QUE DISPUTARÃO CAMPEONATO DE BAIRRO


A Liga Desportiva do Centro Social Urbano, com sua Sede provisória a Rua Tiradentes nº 93 Alto da Maravilha, nesta, entidade sem fins lucrativos, vem através de seu Presidente o Sr. Joelson Vitorino da Silva, vem através deste COMUNICAR aos clubes que queiram participar do campeonato 2012.

Reunião
Horário: 19H30MIN
Local: Associação do Alto da Maravilha
Data: 18/04/2012


Atenciosamente,

Joelson Vitorino da Silva
Presidente

DESABAFO DE UMA MÃE E PROFESSORA EM RELAÇÃO A VIOLÊNCIA DESENFREADA EM BONFIM


Olá Netto,

Houve um tempo que eu estava em Salvador, Feira, Petrolina, etc e ansiava em voltar para minha cidade a fim de poder andar tranquilamente pelas ruas a qualquer hora do dia ou até da noite. Hoje, não acontece mais isto. As angústias são as mesmas em qualquer lugar.

Na última quinta-feira (12/04), por volta de 11h10min, meu filho de 16 anos, voltava da escola pela Avenida Salvador, quando percebeu que estava sendo seguido. Aumentou o passo e mudou para outra calçada, mas não adiantou; recebeu um chute nas costas, uma “gravata”, foi derrubado e “solicitado” a entregar o celular e a mochila. Entregou o celular e pediu que deixassem a mochila uma vez que dentro só havia livros. Quando o pai foi buscá-lo encontrou-o ferido e em estado de choque.

Há anos que me pronuncio sobre situações semelhantes. Jovens e adultos são vítimas constantes naquele trecho. São inúmeros os assaltos que ali acontecem a qualquer hora do dia ou da noite. Moradores falam sobre pontos de drogas que existem nas proximidades (mais precisamente no Derba) onde os assaltantes trocam por drogas produtos dos roubos, os quais muitas vezes ainda nem terminamos de pagar.

Sabe, Neto, a marginalidade sempre existiu e sempre vai existir. Porém, entristece-me saber que toda esta violência foi praticada por dois jovens. Apesar de civilizadamente você chamá-los de atrasa lado, eu os chamo de vagabundos cujo dicionário de Cegalla descreve tão bem: “indivíduo não afeito ao trabalho; vadio, ocioso; reles, ordinário; de má qualidade”. Monstros criados por uma família despreparada, protegidos por leis injustas e que ameaçam uma sociedade despreparada.

Por sermos tementes a Deus, devemos agradecer não presenciar um ato deste. Imagine um pai ou uma mãe ver um filho sendo covardemente agredido por outros, cujos pais não sabem ou às vezes nem se importam em saber onde andam. É provável que sejamos capazes de atos absurdos movidos pelos instintos de proteção e revolta e ainda termos que responder processos por anos a fio.

Não critico aqui a competência da Polícia Militar. A corporação faz o que lhe cabe e que está dentro de suas possibilidades. Repudio a irresponsabilidade de famílias que, erroneamente, vêem em gestações mais uma forma de renda facilitada pelas “bolsas” oferecidas pelo governo. Questiono a falta de controle de natalidade em uma nação cujos pais (vivendo juntos ou não) desconhecem os valores que devem ser repassados aos seus filhos; oponho-me à transferência de obrigações que a família hoje impõe à escola e às novas leis que, movidas por teorias absurdas, tiram dos pais até o direito da palmada, enquadrando-a como violência.

Na minha concepção, violência, dentre as tão já conhecidas, é o ser humano viver refém de preocupações constantes quando vê um ente querido sair de casa e saber que o mesmo está exposto aos desajustes sociais. Violência é não poder dar um celular, um relógio, um boné ou um tênis aos nossos jovens, para podermos cobrar deles cumprimento de tempo, localização e proteção, já que tais objetos podem se transformar em um chamariz para pôr em risco sua vida. Enfim, é violar o direito do outro em prol da própria incompetência.

Agradeço o espaço e deixo claro que o ocorrido não despertou, apenas levou ao limite a insatisfação de mãe e educadora com a falta de valores que permeia grande parte de nossos jovens que não pediram para nascer. Cujo sistema e famílias vivem em busca de bodes expiatórios para colocar a própria culpa. Enquanto cada um não assumir os próprios erros e buscar reparações, viveremos no pessimismo de acreditar que no futuro seremos escravos dos que nasceram depois de nós.


Ivanize Lima
Professora