sábado, 12 de maio de 2012

OPERAÇÃO PIAUS EM ITIUBA – BAHIA, PRENDE TRAFICANTES COM ARMAS, MUNIÇÕES , DROGAS, E MÁSCARAS UTILIZADAS PARA PRÁTICAS DE ROUBOS


No dia 10 de maio de 2012 foi realizada no Povoado de Piaus, área rural do Município de Itiúba, visando tranquilizar a população, Operação Policial denominada PIAUS – I, Coordenada pelo Delegado da cidade, Dr. Claudio Gomes, tendo como integrantes da Polícia Civil, o Agente de Polícia, PAULO ADRIANO, os Agentes Públicos Valnei Aquino e Ivonaldo Costa, e da Polícia Militar os soldados GERSON e PEREIRA, conseguindo a equipe policial deter os traficantes que estavam aterrorizando a população, conhecidos como: IVANILDO DOS SANTOS, vulgo “FORMIGÃO, ADILTON PEREIRA DE JESUS “GALEGUINHO”, ADAILTON PEREIRA DE JESUS “TUCAN” e LEONARDO GAMA DE SIQUEIRA “LEO”, de posse de armas, drogas, máscaras utilizadas para roubo e munições de grosso calibre, sendo todos conduzidos para a Delegacia de Polícia, onde foram autuados em flagrante delito pelos crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e roubo qualificado, estando encarcerados no Complexo Policial de Itiúba, à disposição da Justiça Criminal da Comarca.

Polícia de Itiúba

Campo Formoso terá audiência pública para discutir Santo Antonio 2012

A Câmara de Vereadores de Campo Formoso aprovou a criação de uma Audiência Pública para discutir a realização das festas de Santo Antonio 2012. De acordo com informações da câmara, a audiência acontecerá no dia 16 de maio às 19h da noite.
Devem comparecer ao encontro, secretários municipais, vereadores, deputados, produtores artísticos, representantes do comércio, Ministério Público, imprensa e Comunidade em Geral.

Taza.com.br

Crédito emergencial para a seca pode ser sacado a partir dessa segunda

Os agricultores familiares dos 232 municípios baianos que estão em situação de emergência por causa da secapodem sacar o crédito emergencial a partir da segunda-feira (14) nas agências do Banco do Nordeste (BNB).

O crédito é oferecido com juros de 1% ao ano para pequenos agricultores (até R$ 12 mil) e de até 3,5% ao ano para os grandes (de R$ 12 mil a R$ 100 mil). Os recursos serão utilizados como capital de giro, investimentos e custeio para todas as despesas referentes à agricultura e agropecuária.

O agricultor conta ainda com bônus de adimplência de 40% sobre as parcelas de financimanetos pagas em dias.

(Correio)