sexta-feira, 5 de julho de 2013

VÁRZEA NOVA: BANCO DO BRASIL ACABA DE SER ASSALTADO; LADRÕES FOGEM COM REFÉNS

De acordo com informações, a agência do Banco do Brasil de Várzea Nova, localizada na Travessa Otacílio Alcântara, 931, no centro, foi assaltada agora há pouco por uma quadrilha fortemente armado.
Os assaltantes fugiram levando três reféns, sendo um funcionário da agência e dois funcionários de uma loja de R$ 1,99.

A polícia de toda região está envolvida na ação que visa prender os bandidos e a quantia roubada não foi informada pelas autoridades.

Voltaremos a qualquer momento com novas informações.

Corinourgente

SECRETARIA DE AGRICULTURA REALIZA RECUPERAÇÃO DE AGUADA EM LAGOA DA PEDRA


O Governo Uma Nova Realidade, através da Secretaria de Agricultura realizou a recuperação e desassoreamento da Aguada Comunitária no Povoado de Lagoa da Pedra, distrito de Tijuaçu.
Construída em 1994 pelo governo do Estado, a aguada estava em situação de completo abandono, assoreada, com mais de 2 metros de resíduos e materiais orgânicos.

A secretaria de Agricultura desempenhou um papel importante no desassoreamento e recuperação da aguada, que, revitalizada, atenderá mais de 150 pessoas, que são abastecidas diretamente deste reservatório, além de 300 cabeças de gado de grande e pequeno porte.

O senhor Adjacy Ferreira da Silva, 53, morador da localidade, e presidente da Associação de Lagoa da Pedra, agradeceu a medida. “Eu agradeço o que fizeram por Lagoa da Pedra, agora sim estamos vivendo uma nova realidade, pois desde a construção da aguada, só agora este importante trabalho foi realizado”, comemora.

ASCOM

BONFINENSES IRÃO PARTICIPAR DO 14º MOTO CHICO EM PETROLINA


CETO E ROCAM ESTOURARAM BOCA DE FUMO NO ALTO DA MARAVILHA


6º BPM realiza prisão por tráfico de drogas

Nesta quinta-feira (4), às 17 horas, no Bairro Alto da Maravilha, na Cidade de Senhor do Bonfim, policiais do 6º Batalhão de Polícia Militar realizaram prisão por tráfico de drogas.

Em ronda na Rua São Cosme, os policiais da CETO abordaram Sergio Batista dos Santos, de 30 anos, sendo encontrado, na revista, um papelote de cocaína. O usuário indicou o ponto de venda em que havia comprado a droga. A guarnição dirigiu-se ao local, com o reforço dos policiais motociclistas da ROCAM, onde detiveram Natalício Costa Coelho, de 39 anos, Valdeci Maria Jesus Silva, de 34 e um adolescente de 17 anos. Com os acusados havia 10 papelotes de cocaína, um saco com aproximadamente 250 gramas de cocaína, uma balança de precisão, 2 tubos de linha, uma câmera digital, 9 aparelhos celulares, 2 tubos de pólvora, um tubo de chumbo, uma caixa de espoleta e a quantia de R$ 1.925,65. Todos os envolvidos e o material apreendido foram apresentados na delegacia de Polícia Civil.


6° Batalhão de Polícia Militar
Seção de Comunicação Social

ADQUIRA SEU TERRENO EM SENHOR DO BONFIM


Estou vendendo 9 (nove) lotes, residenciais no Loteamento Lívio Teixeira do Amaral, em local de fácil acesso, localizado atrás da COELBA.
Cada lote tem metragem de 8 metros de frente pó 20 de comprimento (08x20), com toda documentação legalizada, sendo transferida logo após a compra do terreno sem nenhuma complicação.

Mais informações falar com Tâmara Amaral pelo telefone (74) 9147-0628.

TRÁGICO ACIDENTE CEIFA A VIDA DE IDOSO NA BR 407 EM JAGUARARI


Um trágico acidente ocorreu na tarde desta quinta-feira (04/07) na BR 407, ceifou a vida de um idoso próximo ao povoado Várzea Grande em Jaguarari.

Segundo informações passadas a Polícia Civil de Jaguarari, o veiculo GM Vectra de placa NTO-1028 conduzido por um homem de pré-nome José Francisco juntamente com o passageiro de nome PEDRO VIEIRA DA SILVA de 76 anos, natural de São Paulo, os mesmos vinham de Sergipe, quando por volta das 16hs:15min passavam pelas imediações do povoado de Várzea Grande, interior de Jaguarari e um pedaço de ferro foi arremessado de um caminhão e atingiu o veiculo, atravessando o para-brisa do carro e acertando o peito direito de PEDRO.

A SAMU ainda foi acionada mais PEDRO veio a óbito no local do acidente, o caminhão onde o objeto foi arremessado não foi identificado, o condutor do veiculo GM Vectra José Francisco não ficou ferido.

A polícia Técnica esteve no local realizando pericia e logo após removeu o corpo da vítima para o IML de Senhor do Bonfim para realização de necropsia. A Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Civil de Jaguarari também estiveram no local registrando a ocorrência.


Portal Jaguarari

MOVIMENTO "JAGUARARI PEDE SOCORRO" VAI ÀS RUAS NESTE SÁBADO


Convidamos toda sociedade Jaguarariense a participar no dia 06 de julho de 2013, às 10h00min, do ato público de REPÚDIO ao ilegal corte da operação dos carros pipa neste município, bem como REPÚDIAR publicamente o ato tendente a privatização do São João de Jaguarari, tal como ocorreu neste ano de 2013, motivo pelo qual o MOVIMENTO JAGUARARI PEDE SOCORRO, exige a transparência com o gasto do dinheiro público, a transparência dos processos licitatórios do município, convocando a população a lutar contra a corrupção em todas as esferas do governo.

Ademais, o movimento reivindica ainda, melhores condições com a saúde, educação, segurança e infra estrutura, requerendo o fim do “apadrinhamento” nas contratações do serviço púbico, e o fim das perseguições políticas que estão enraizadas no atual governo.

Nesse sentido, contamos com sua grandiosa participação no movimento JAGUARARI PEDE SOCORRO, a ser realizado no dia 06 de julho 2013, concentração na rodoviária da cidade, para juntos reivindicarmos nossos direitos, independentemente da sua opção político partidária.

Não esqueça que esse movimento visa apenas exigir o respeito para com os cidadãos Jaguarariense.

Vem pra rua Jaguarari.



Atenciosamente,
MOVIMENTO "JAGUARARI PEDE SOCORRO"

DETIDO EM JUAZEIRO CARLOS DESCREVE COMO FOI O SÃO JOÃO NAQUELA UNIDADE DE DETENÇÃO

“Como foi o nosso São João”

Vejamos: foi a festa comemorada no dia 21/06/2013, sexta-feira, no raio b, no período da manhã – foram poucos momentos: não deu pra, realmente, nos divertirmos, embora houveram momentos divertidos.

Esperávamos que seriamos agraciados com a presença das mulheres, que viriam do raio feminino – mas isto não aconteceu: das outras vezes em anos anteriores, elas participaram. Seria legal, porque, entre os solteiros, gera um ótimo intercâmbio, o que pode favorecer, com o devido respeita uma aproximação entre “interessados” e ainda, a possibilidade de presos encontrarem a sua “alma gêmea”, entre as presas, da ala feminina, e vice versa, digo, quanto aos presos, no raio A e B, propiciando, de forma graciosa, a possibilidade de recomeçarem suas vidas, uma vez que a carência afetiva, no sistema de segregação, de prisão civil, restritiva de liberdade é bastante fomentadora e geradora de carência afetiva, o que acaba Por tornar os presos em pessoas “sensíveis”, pessoas predispostas, carentes emocionalmente, e recomeçar suas vidas – este é um importante fator social que pode muito contribuir para a ressocialização: mas isto não aconteceu – elas não vieram...

Esperávamos que, também, a exemplo de outros eventos de festas juninas, realizados no CPJ, dos anos passados, viessem jovens solteiras convidadas pelo corpo técnico e do administrativo do CPJ, e até mesmo pelo corpo docente da escola anexa ao CPJ; isto ocorreu em eventos anteriores – também, aqui, seria uma oportunidade de possibilitar novos relacionamentos, mantendo o devido respeito, entre os presos e as jovens, corajosas, que pudessem vislumbrar, também, uma possibilidade re reformas e amorosos afetivos.

Mas isto não aconteceu – infelizmente estas esperanças foram frustradas, e, restou, a saudade dos eventos anteriores.

Mas nem tudo está fadado ao fracasso – apesar do pouco tempo, as professoras e o corpo técnico do CPJ – psicóloga, terapeuta ocupacional, assistente social – num rompante de generosidade e graça, já à vontade, no “raio”, resolveram se juntar aos presos numa roda de dança e, com graciosidade, leveza e espontaneidade, alegrou a “festa dos presos”, improvisando coreografias (próprias de festas juninas) – este gesto foi elogiado entre os internos, que o entenderam como uma aproximação entre administração técnica e os presos: ouvi comentários de que isto nunca havia ocorrido!

O momento foi relativamente alegre – lamentamos que o tempo foi muito escasso (1h aproximadamente): se pudermos descrevê-lo, poderíamos, aproximar o oloprido, mais ou menos dentro do seguinte quadro: nos primeiros 10 minutos, dois músicos, numa área debaixo das escadas, com um teclado e um microfone, conseguiram reunir os presos em torno da música. Os próximos 20 minutos (enquanto a música é tocada) foi o tempo usado para que, em fila, os internos pegassem o seu lanche, simples, mas generoso – “comida típica” de festa junina. Mas 10 minutos para um “esquenta”, enquanto, se degusta o lanche e, finalmente, os próximos 20 minutos de alegria completa (ou quase completa), em que como já disse, o corpo técnico e administrativo se juntou em roda de dança com os presos, tudo co o devido respeito e moderada alegria.

Alguns agentes, à “vontade e seguros”, no raio, tiraram fotos; o coordenador de segurança, juntamente co o pedagogo, profissionais “humanos”, sérios e queridos pelos internos e liderança do raio, circulavam normalmente pelo raio, conversando com presos e providenciando para que a festa fosse alegre.

Enfim, depois de encerrado o pouco tempo da festa, restou retornarmos à rotina normal, permanecendo o “saudosismo” das festas juninas que, todos aqui, internos, alguns, um dia, na sociedade, prestigiaram!

Apesar de modesta, não muito a contento, não poderia deixar de agradecer a terapeuta ocupacional e ao Luciano (este, interno e muito amigo meu) que num gesto de bondade e desprendimento, dentro de suas possibilidades e competências nos propiciaram este, curto, mas alegre, momento de lazer!

E que venha a nossa liberdade – liberdade majestosa, justa e propícia à vida daqueles que ainda estão vivos!

Sigamos, sempre, pelo caminho da verdade e da justiça!!!

Juazeiro – BA 22/06/2013

Carlos dos Santos Silva, interno do Raio B do CPJ