sábado, 30 de novembro de 2013

MOTO BOSQUE SERVIÇO E QUALIDADE EM MOTO TAXI


RELIGIÃO: D. MURILO KRIGER ACABA DE CHEGAR NO NOVO LESTE EM BONFIM


Acaba de chegar em Senhor do Bonfim, o Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, D. Murilo Kriger, ele que irá participar diretamente das festas de encerramento do 3º Congresso Diocesano de Bonfim.

A Diocese de Bonfim convida todos os fies a participarem do 3º Congresso Eucarístico no dia 30 de novembro de 2013, a partir das 16h no estádio Pedro Amorim, na Cidade de Senhor do Bonfim. Este evento encerra as comemorações jubilares dos 80 anos de criação e instalação da diocese, quando celebramos o 3º Congresso Eucarístico.

A programação é a seguinte;

15h - Acolhida Calorosa aos participantes do Congresso, vindos de todas as paróquias e municípios da Diocese.
15h30 – Abertura Oficial
16h - Pregação: “Fé, renovada na Eucaristia”
16h20 – Teatro Shalom
16h30min – Consagração dos Membros do Apostolado da Oração Diocesano ao Sagrado Coração de Jesus
17h- Pregação: “Conversão, através da Cruz de Senhor do Bonfim”
17h20min- Balé Sacramentinas
19h30 – Missa Solene de Encerramento do 3º Congresso Eucarístico presidida por Dom Murilo Kieger Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, em seguida Procissão Eucarística saindo do Estádio até a Capela das Sacramentinas.

Obs – Cada pessoal trazer um quilo de alimento não perecível para ser entregue as famílias carentes pela pastoral da criança

Sua presença é aguardada com carinho.
Jesus Eucarístico espera por Você!
Dia 30 de novembro de 2013, a partir das 16h no Estádio Pedro Amorim.

REGIONAL: PREFEITURA DE CAPIM GROSSO ENTREGA NOVO FARDAMENTO AOS GARIS


Na manhã desta sexta-feira, 29 de novembro de 2013, a Secretaria de Obras de Capim Grosso, Jandira Sousa, fez a entrega dos novos uniformes aos garis. A nova farda é composta por um par de luvas, máscara, bota tênis, calça, saia, camisa e camiseta de malha, além disso, o fardamento possui faixas refletivas.

ASSCOM – PMCG

CULTURA: DIA 07 DE DEZEMBRO TEM "TOMANDO NO FREEZER" NA 25 DE JANEIRO

COMPRE O SEU ABADA, E CONCORRA A UM FREEZER ABARROTADO DE CERVEJA.
OBS: O SORTUDO QUE GANHAR VAI LEVAR PARA CASA O FREEZER CHEINHO DE CERVEJA!

PONTOS DE VENDAS: SALÃO DA MARIVALDA, SALÃO DO BAYBINHO, BAR DO GORE, SONATA, CANTINHO JOÃO E MARIA...


BOMBA: JUSTIÇA ACATA PEDIDO DE LIMINAR DO MP BAHIA E SUSPENDE TODOS CONTRATOS ENTRE O MUNICIPIO DE SR DO BONFIM E A COOPSET


A Justiça acatou nesta sexta-feira, 29, pedido liminar do Ministério Público estadual e decidiu pela suspensão imediata de todos os contratos entre o Município de Senhor do Bonfim e a Cooperativa dos Prestadores de Serviços de Transporte da Bahia (Coopset), como também proibiu que o governo municipal efetue qualquer pagamento à cooperativa.

A juíza da 2ª Vara Cível Lídia Izabella Lopes também acolheu a solicitação do MP de que os responsáveis pelo transporte público escolar fossem remunerados diretamente pela administração pública. A remuneração deve corresponder ao menor valor entre o pago diretamente a eles no ano passado, com correção monetária, e o pago em 2013. Em caso de descumprimento da decisão, o gestor estará sujeito à multa única em montante idêntico ao pagamento efetuado indevidamente.

A magistrada concluiu que o pedido liminar proposto pelo MP era pertinente dada a “farta documentação acostada aos autos” indicando que o Município contratou de forma direta e sem licitação a cooperativa, uma “empresa sem condições técnicas para prestar o serviço de transporte, havendo indícios de direcionamento da contratação, superdimensionamento das distâncias constantes das rotas, gerando superfaturamento e lesão ao erário”. A ação civil pública foi ajuizada no último dia 13 pelos promotores da comarca Ítala Suzana Carvalho, Rita de Cássia Caxias, Gilber Santos de Oliveira e Aline Cotrim.

Com base em dados do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), os promotores afirmam na ação que o Município já teria pago aproximadamente R$ 1,66 milhão à cooperativa. No inquérito civil, foi apurado que a Coopset foi criada ano passado após as eleições, não funciona no endereço apresentado em documentos e não possui qualquer veículo de transporte escolar em seu nome ou de seus integrantes. Além disso, o Município prorrogou o contrato mesmo após o próprio ter desclassificado a Coopset por falta de qualificação técnica, em certame público em que não houve vencedor. Os promotores afirmam haver indícios de superfaturamento e da existência de “laranjas” na composição da cooperativa, já que pessoas sem veículos registrados e sem Carteira Nacional de Habilitação (CNH) fariam parte da diretoria da entidade.

ACOMPANHE LOGO ABAIXO DETALHES APONTADOS PELA JUSTIÇA E MINISTÉRIO PÚBLICO QUE EVIDENCIAM FALHAS NA FORMA DE CONTRATAÇÃO DA EMPRESA

continue lendo clique em mais informações