sábado, 17 de maio de 2014

POLICIAL: ESCRIVÃ É MORTA DURANTE DEPOIMENTO DE SUSPEITO DE ESTUPRO NO MA


A escrivã da Polícia Civil Loane Maranhão Silva Thé, 32, foi morta a facadas enquanto colhia depoimento de um homem suspeito de abusar e estuprar as filhas dele, de 17 e 20 anos, na cidade de Caxias (a 361 km de São Luís), no Maranhão, nesta quinta-feira (15).

Loane estava sozinha em uma das salas da Delegacia da Mulher para tomar o depoimento do gari Francisco Alves Costa, 43, quando ele puxou a faca que estava escondida na roupa, e atacou a escrivã.

Aos ouvir os gritos de Loane, a investigadora Marlene Almeida tentou socorrer a colega e foi também atingida pelos golpes de faca, mas não morreu. Ela está internada no Hospital Regional de Caxias e não corre risco de morte.

A escrivã ainda chegou a ser socorrida, mas morreu antes de dar entrada no Hospital Regional de Caxias.
Loane trabalhava na Delegacia da Mulher de Caxias havia quatro anos e era natural de Teresina. O corpo dela está sendo velado na central de velórios Pax União, localizada em Teresina. O enterro foi às 8h desta sexta-feira (16).

Após matar a escrivã e golpear a outra policial, Costa conseguiu fugir, mas foi preso próximo à rodoviária de Caxias, localizada no bairro Vila Lobão.

Ele foi autuado em flagrante e está preso na delegacia regional de Caxias.

O superintendente de Polícia Civil do Interior, Jair Paiva, afirmou que só estavam na delegacia a escrivã e a investigadora. Não se sabe porque elas não observaram que o homem estava portando uma faca.
Segundo o superintendente, o suspeito disse que não teve a intenção de matar a escrivã, mas atacou-a porque notou que ia ficar preso.

"Ele não sabia que tinha sido denunciado pelas duas filhas e quando foi informado da ocorrência contra ele puxou a faca da calça e esfaqueou a escrivã."

(Folha)

POLICIAL: CUSTODIADOS DA DELEGACIA DE BONFIM RECEBERAM VACINA CONTRA GRIPE


Salientamos que os presos que estão recolhidos em suas celas no pavilhão pequeno que contabiliza um total de 23 (vinte e três) detentos, não aceitaram serem vacinados.

Estiveram presentes na 19ª Coordenadoria de Polícia Civil de Senhor do Bonfim-BA, servidores da saúde municipal, a fim de realizar como prioridade na unidade policial a Campanha de Vacinação Contra a Gripe, fato ocorrido nesta sexta-feira (16). As vacinas foram aplicadas nos presos e nos servidores da polícia civil e agentes administrativos municipais. Uma vez que a campanha visa vacinar também os trabalhadores das unidades policiais, que vem sendo prejudicado devido o local de trabalho ser totalmente insalubre e por motivo do contato direto com os presos e até mesmo em atendimento a todo tipo do público que vem até a unidade policial, o que preocupou o SINDPOC que está na luta juntamente com a classe policial pela interdição da custódia de presos na unidade policial deste município e de outros.


Foi solicitado o atendimento diferenciado como vem sendo realizado anualmente, a secretaria da saúde teve a preocupação e enviou dois dos seus agentes de saúde para o cumprimento da ação conta a gripe.
Salientamos que os presos que estão recolhidos em suas celas no pavilhão pequeno que contabiliza um total de 23 (vinte e três) detentos, não aceitaram serem vacinados. “Acreditamos que os detentos do pavilhão pequeno se recusaram como forma de protesto por estarem na condição de presos temporários, estando em celas fechadas, sem direito as visitas de familiares, sem banho de sol e tudo que já foi oficializado como proibição imposta pelo SINDPOC, a partir do dia 12 de maio” disse o Coordenador de Custódia, IPC - Lopes.


Até o momento o Governo do Estado não se pronunciou como ficará o destino da custódia de presos na unidade de Senhor do Bonfim, e tão poucos as autoridades municipais sobre uma esperada construção de uma nova casa de custódia regional ou conjunto penal que foi tratado em audiência pública neste município, o que é de conhecimento de todos, onde se resultou em não construir uma nova unidade prisional nas terras do atual complexo, e que até então não se tem novas áreas para a construção.

“Tranquilizamos todos os familiares dos presos que os requisitos como prioridade serão cumpridos pela polícia civil no requisito, atendimento de médico de urgência para os presos como sempre a coordenação da custódia e o plantão policial vem tratando” voltou a dizer Lopes.

A comunidade carcerária hoje é de 57 (cinquenta e sete) presos, todos homens, e que as presas estão em outras delegacias da regional, somando um total de 09 (nove) mulheres custodiadas


Maravilha Notícias, com informações da coordenação de custódia de presos, 1ª CP - SENHOR DO BONFIM -BA.

FORRÓ DO VILLA COM CICINHO DE ASSIS E BANDA!


É HOJE!!! Dia 17 de maio, a partir das 21:00 horas, lugar de curtir o verdadeiro forró bonfinense é no Restaurante e Espaço de Eventos VILLA FLORIDA com CICINHO DE ASSIS e BANDA!
Além do show do melhor sanfoneiro de Senhor do Bonfim, que toca com Gilberto Gil, Mariene de Castro dentre diversos outros artistas de nome nacional, a abertura do show será com a revelação, também bonfinense, Nielly Carneiro, que encantou o público com sua voz meiga e suave.
Uma noite pra lá de animada e no ambiente onde você encontra os melhores pratos e petiscos da região. Garanta já o seu ingresso! E TOME XOTE!!!

ARTIGO: ADVOGADA BONFINENSE GANHA CAUSA NO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL

Dra. Camila Machado

A jovem advogada bonfinense Dra. Camila Machado vem de ganhar mais uma causa, desta vez no Tribunal de Justiça Federal, tendo sido acolhido pelo referido Tribunal o Recurso Inominado em favor de um artesão que tivera a sua aposentadoria por invalidez negada pelo INSS, negativa esta confirmada anteriormente pelo Juizo Federal em Campo Formoso. O TRF acolheu o arrazoado jurídico da jovem advogada, e decidiu pelo direito do requerente à aposentadoria que o INSS lhe negara.

Ao saber do resultado, Dra. Camila Machado confessou : "Foi mais uma causa em que não fui recompensada financeiramente, mas só o fato de ajudar a quem estava precisando de justiça me deixa feliz. O advogado tem uma responsabilidade social da qual não pode fugir, e estou consciente disto", frisou a jovem advogada. E continuou : "Muitas vezes os mais pobres, os mais excluidos, são engolidos pelo braço das instituições que exercem o poder indistintamente. É preciso dar-lhes vez e voz, e o faço levada por três motivos : o advogado precisa assumir o seu lugar na construção da justiça social; nossa formação foi financiada pelo povo, através de seus impostos; e aprendi em família, com meu pai, que precisamos estar atentos à correção de injustiças sociais", concluiu Dra. Camila Machado. A competência jurídica bonfinense está de parabéns!

MARMITEX RAMOS

CARDÁPIO DESTE FINAL DE SEMANA


Sábado 17/05

Arroz, Feijão tropeiro, Macarrão, Salada de legumes, Frango assado, Calabresa, Cozido de boi e Galinha cozida

Domingo 18/05

Arroz, Feijão tropeiro, Macarrão, Salada, Vatapá, Bisteca ao forno, Lombo ao molho madeira, Frango assado.
Lasanha de Frango ou Mista

Ligue antecipado para melhor lhe atendermos.

Novo endereço: rua do umbuzeiro, 116 - pera - senhor do bonfim obs: subindo o posto policial do bairro da pera
Novo telefone fixo: (74) 3541-1231 celular: 74 9196-7208 / 9153-6429/ 9147-3902

O GRUPO MARMITEX RAMOS AGRADECE A TODOS PELA COMPREENSÃO E PREFERENCIA E CONTA COM O APOIO DE TODOS OS NOSSOS CLIENTES QUE JÁ NOS ACOMPANHAM E QUE NOS ACOMPANHARAM.
BOM FINAL DE SEMANA!!!!

EDUCAÇÃO: GREVISTA DO IF BAIANO SENHOR DO BONFIM REPUDIAM CONTRA CALENDÁRIO ALERNATIVO

NOTA DE REPÚDIO

Os trabalhadores e trabalhadoras da Rede Federal de Educação Básica, Profissional e Tecnológica, depois de repetidas tentativas de negociação e discussões inférteis em grupos de trabalho (GTs), ao longo do ano de 2013, deliberaram pela deflagração de GREVE NACIONAL, desde o dia 21 de abril de 2014.

Sabemos que o governo e, infelizmente, alguns reitores, diretores gerais e chefes de departamentos de institutos federais pelo país, não se dispõem a dialogar com os trabalhadores e, além disso, atacam e constrangem os servidores grevistas.

Repudiamos toda e qualquer forma de assédio moral e constrangimento de integrantes da gestão do INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIAS E TECNOLOGIA – CAMPUS SENHOR DO BONFIM, em relação aos trabalhadores que participam do movimento paredista em curso nacionalmente.
No nosso campus, foi flagrada uma articulação da gestão, ao convocar uma reunião de pais, sem ao menos reunir-se com os servidores antecipadamente, bem como não convidá-los oficialmente para participação da mesma. Reunião esta que através de um dos pais presente na plenária expôs e constrangeu servidores que se encontram no seu direito de greve, além de tentar desmoralizar todo movimento grevista e sua luta nacional. O comando de greve ao fazer uma avaliação do fato, conclui que a gestão do Campus compactuava com as argumentações do pai em questão.

Diante de algumas ações empreendidas pela Gestão do Campus, que ao que parece, visam enfraquecer o movimento paredista, vimos tornar público nossa NOTA DE REPÚDIO a proposta denominada CALENDÁRIO ALTERNATIVO, deliberado por um quantitativo mínimo de pais, alunos e docentes que se encontravam na reunião realizada no dia 07 de maio de 2014, assim, não representando a TOTALIDADE dos pares do Campus Senhor do Bonfim. O Comando de Greve ao analisar a referida
reunião, observou inúmeras ilegalidades na sua condução, assim, deliberando tomar medidas cabíveis ao questionamento da mesma perante as esferas judiciais.

As ações do Calendário Alternativo se apresentam revestidas da ideia de ajudar aos alunos para que estes não tenham prejuízos com a greve. Considerando que o movimento grevista é algo legítimo, o fato da DIREÇÃO ACADÊMICA convocar e incentivar, via e-mail e contato telefônico, os servidores a aderirem ao horário paralelo é algo assedioso e constrangedor.

Além disso, está claramente comprovado que os estudantes terão o calendário letivo prolongado, inclusive com perda de qualidade do trabalho pedagógico. Com o Calendário Alternativo, as aulas serão reduzidas em 2 (dois) ou 3 (três) dias semanais. Os prejuízos no conflito de calendários com o retorno da greve será
maior e mais grave para os estudantes. Além disso, não foi garantido o debate com os alunos dos cursos subsequentes e dos cursos superiores, comprovando a falta de isonomia para a  deliberação do referido calendário.

Há que se compreender que a greve visa trazer benefícios para TODOS, assim, a atitude de propor horário alternativo é VERGONHOSA, considerando que no IF BAIANO, é único campus em greve que implementou tal horário de aulas.


A LUTA SE FAZ NECESSÁRIA.

COMANDO DE GREVE
Senhor do Bonfim, 16 de maio de 2014