sábado, 2 de agosto de 2014

COTIDIANO: ASSOCIAÇÃO DAS POPULARES FIRMA PARCERIA COM MÉDICO EM BONFIM


Durante reunião que aconteceu essa semana na Associação de Moradores do Bairro Casas Populares, o presidente Esdras Nunes, firmou novas parcerias com o médico, Dr. Marcos da Clínica Popular e diretor do Hospital Paulo Hilarião, onde o profissional irá atender uma vez na semana a moradores associados, "essa é mais uma conquista da associação", comemorou Esdras.


Maravilha Notícias

PIZZARIA FAST PIZZA'S “A MELHOR E MAIS BARATA PIZZA DA CIDADE"


Agora ficou mais fácil deliciar-se com maravilhosas pizzas com FAST PIZZA'S, Rua Expedicionários da Pátria, nº 135 - Mercado.


Ligue: 3542-1911/ 8100-7496/9111-4651.
Horários de atendimento: Das 18hs à 00:00h

Comprando na FAST PIZZA'S, você ainda concorre a brindes semanais.

POLICIAL: JOVEM QUE CONFESSA SER O ASSASSINO DE ADOLESCENTE EM BONFIM FOI PRESO PELA PM


Ontem por volta das 10h40min, foi morto com um golpe de punhal na garganta, o adolescente RAY SOUZA DANTAS, 17 anos, tendo como autor WELLINGTON NOVAES NASCIMENTO, 18 anos, residente na Fazenda Anjo, Distrito de Igara zona rural de Senhor do Bonfim.


Na manhã deste sábado a Guarnição CETO do 6º BPM esteve dando continuidade com objetivo de flagrar o autor do crime, que foi encontrado em sua residência e tentou se esconder adentrando a casa de vizinho escondendo-se no banheiro. A PM fez a condução de Wellington até o Complexo Policial, apresentando ao Delegado Marcone Almino que autuou em flagrante delito no Art. 121, parágrafo 1º, inciso I e IV, por motivo fútil, após confissão da parte de Wellington.



Em conversa com o Repórter Netto Maravilha, Wellington revelou, "ele já tentou contra a minha vida, e ai ele tinha dito que quando me encontrasse seria eu ou ele, ai eu me encontrei com ele e tinha que zelar pela minha integridade física, e tenho uma filha pra criar, não ia deixar ele me matar, eu agi por defesa, igual qualquer ser humano age", disse Wellington.

Anos atrás, existiu aqui na cidade de Senhor do Bonfim, algumas facções que se denominavam entre elas, PCL (Primeiro Comando da Linha), liderado por um menor que já sofreu várias tentativas de homicídio até que foi encaminhado para Feira de Santana, à uma instituição que ressocializa menores infratores, mas que antes de ser levado a Feira de Santana, esse menor líder do PCL, na companhia com outros menores havia cometido delitos em Bonfim, e segundo informou Wellington que já havia sido vítima dessa facção, e que Jukinha estava no dia em que tentaram a golpes de facão contra Wellington.

Para nossa reportagem Wellington relatou que não tinha vontade de se vingar e disse que só agiu por legítima defesa, e que não havia pré meditado, "eu vinha saindo do trabalho, e só andava armado por causa que ele já tinha me dito que iria tentar contra mim quando me visse, e quando eu vi ele, ele veio até a mim ai pronto foi daquele jeito" Wellington contou que ia saindo do trabalho, e próximo ao posto médico, avistou Jukinha que seguia com a esposa, "ai quando ele me viu ele veio até a mim, eu estava armado e não iria correr, ai eu puxei a arma dei uma punhalada nele e saí correndo, só isso que eu fiz" disse o acusado.

Após confessar o crime, Wellington disse a nossa reportagem que estava arrependido, e que não queria que acontecesse isso, mas ponderou, "eu não queria que acontecesse isso,mas não teve jeito, foi uma coisa como que eu queria ter uma saída daquele local, dei o golpe e saí, pois do jeito que ele veio até a min, dei um golpe e saí correndo", comentou.

Nas buscas a PM ainda encontrou na casa do autor um simulacro de uma pistola, que era usada pelo mesmo afim de assustar aqueles que ele considerava seus inimigos.


Além de ser autuado no Art. 121, o Delegado Marcone Almino, autuou também por porte ilegal de arma, por estar com o simulacro, e também foi autuado por emboscada.

Wellington encontra-se recolhido na cadeia pública da Delegacia Territorial de Senhor do Bonfim, a disposição da Justiça.


Maravilha Notícias

COTIDIANO: ADVOGADO DR. PEDRO CORDEIRO CONSEGUIU INOCENTAR NA JUSTIÇA ACUSADOS DE TRÁFICO DE DROGAS DA “OPERAÇÃO QUICÉ”


Foi realizada no dia 18 de dezembro de 2013, no Distrito de Quicé, zona rural de Senhor do Bonfim/BA, a “Operação Quicé” visando cumprir 6 mandados de busca e apreensão, sob o comando do Coordenador Regional Dr. Felipe Neri e dos Delegados Drª Antônia Jane, Drª Elisa e Dr. Marconi Almino, durante a operação a polícia apreendeu cocaína, armas de fogo e conduzidos para DEPOL 12 maiores e 4 menores.

Foram presos em flagrante delito:

• Anatálio Santos Silva art. 33 e 35 da lei 11343/06 e art. 243 do ECA (tráfico de droga e fornecer droga para menores);
• Zenilda Rosa da Conceição art. 33 e 35 da lei 11343/06, art. 243 do ECA e art. 12 da lei 10826/03 (tráfico de droga, fornecer droga a menor e posse de arma de fogo);
• Adenilson Rosa da Conceição art. 33 e 35 da lei 11343/06, art. 243 do ECA.

No dia de ontem, (01 de agosto) saiu à sentença da Justiça de Senhor do Bonfim-Ba, a qual estava na defesa o criminalista Dr. Pedro Cordeiro, a qual conseguiu êxito, inocentando de todas as acusações, as pessoas de ANATÁLIO SANTOS SILVA e ADENILSON ROSA DA CONCEIÇÃO, com relação ZENILDA ROSA DA CONCEIÇÃO, conseguiu colocar a mesma em regime aberto. Perguntado pela nossa reportagem ao defensor dos mesmos, como é a vida de um advogado criminalista, o mesmo respondeu “...o Advogado criminal precisa zelar pelo bom desempenho humano e ético de sua profissão, não deixando que a opinião pública, a imprensa e as manifestações populares interfiram no exercício da nobre advocacia...” finalizou o advogado.

Matéria relacionada clique aqui


Maravilha Notícias