domingo, 7 de setembro de 2014

POLICIAL: MAIS UM FINAL DE SEMANA MARCADO POR TRAGÉDIAS NA REGIÃO DE BONFIM

Acidente com vitimas fatais em Jaguarari, motociclista sem capacete morre em acidente em Pindobaçu e um homicídio em Itiúba, marcam um final de semana de tragédias.


PINDOBAÇU HOMEM SEM CAPACETE MORREU APÓS SOFRER QUEDA DE MOTO


Por volta 16h00min, de sábado (06) o senhor ROMILSON PEREIRA DE SOUZA, 39 anos, residente no povoado de Carnaíba de Baixo, faleceu quando retornava da localidade de Chibanta para Carnaíba de Baixo, quando na localidade de Iguaçu, perdeu o controle de sua moto, uma Honda CG Fan 150, de cor verde, quando perdeu o controle de sua moto vindo a cair e por estar sem capacete faleceu no local do acidente.
Romilsom deixa esposa e quatro filhos, seu corpo foi removido para o IML de Senhor do Bonfim onde será necropsiado anda neste domingo.

ITIÚBA HOMEM FOI MORTO A TIROS

Noite passada por volta das 20h00min foi morto a tiros na cidade de Itiúba, SANDRO CARVALHO MONTEIRO, 38 anos, residente em Itiúba, fato ocorrido na Rua do Corte naquela cidade, quando o mesmo foi alvejado por vários disparos de arma de fogo, sendo ainda socorrido até o hospital municipal, seu corpo também será necropsiado em Senhor do Bonfim na manhã deste domingo, por Dr. Marcos Sá e seus auxiliares.


JAGUARARI TRÊS MORRERAM EM COLISÃO FRONTAL DE VEÍCULOS


Em Juacema, zona rural de Jaguarari, uma colisão envolvendo um Pálio de cor vermelha placa JLT 9343, licença de Jaguarari, conduzido por Edivaldo, e um Gol de cor cinza, placa JON 2263 - BA, conduzido por Gessi, resultou na morte de três pessoas.

Era ainda por volta de 02h50min quando dois veículos se chocaram violentamente na altura do Km 94, da BR 407, próximo a entrada do povoado de Juacema, deixando mortos as seguintes pessoas:

  • Gessi Mário do Nascimento, 41 anos, condutor do Gol.
  • Edvaldo dos Santos Quintiliano, 51 anos, motorista do Pálio.
  • Lucineide da Silva Santos, 34 anos, residente em Jaguarari, passageira do Pálio, era viúva há  pelo menos 08 anos quando seu esposo também faleceu vitima de acidente de moto.
Os corpos das vitimas fatais foram recolhidos para o IML de Bonfim.

Já outras vitimas graves foram socorridas para o hospital de Jaguarari.


Maravilha Notícias

ARTIGO: DEFESA DE RODRIGO ALVES CONSEGUIU LIMINAR PARA SUSPENDER O PROCESSO PRINCIPAL (HOMICÍDIO TRIPLAMENTE QUALIFICADO), ATÉ A REALIZAÇÃO DO EXAME DE INSANIDADE E ELE PODERÁ SER LIBERADO


A defesa do Rodrigo Alves da Silva entrou com um pedido de insanidade mental, com pedido de liminar para suspender o processo principal, aonde o mesmo responde por homicídio qualificado, em face de ter esquartejado sua companheira e colocado fogo, no corpo da mesma, o advogado criminalista Pedro Cordeiro, entende que este caso, haveria indícios fortes do mesmo, ter problemas de ordem mental, então requereu na Justiça, o que foi concedido a INSTAURAÇÃO DO INCIDENTE DE INSANIDADE MENTAL, suspendendo o processo principal, até apresentação do laudo, que será realizado, por perito médico legal, como também a internação provisória do mesmo, nomeando como peritos os médicos do Hospital de Custódia e Tratamento em Salvador, devendo os mesmos responder aos quesitos apresentado pela defesa e acusação, vale salientar que o pedido do advogado teve parecer favorável do Ministério Público.

Maravilha Notícias


Veja a matéria na época, em que o advogado deu entrada na justiça:

POLICIAL: ADVOGADO IRÁ APRESENTAR DEFESA DE RODRIGO, ALEGANDO INSANIDADE MENTAL

ARTIGO: ADVOGADA BONFINENSE OBTÉM EXPRESSIVA VITÓRIA CONTRA O ESTADO DA BAHIA NO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA

(Advogada Maiana Santana, em recente visita ao Supremo Tribunal Federal, em Brasília).

O Ministro Sérgio Kukina do STJ (Superior Tribunal de Justiça – com sede em Brasília), na qualidade de Relator de processo que tem como réu o Estado da Bahia, negou provimento ao Agravo Regimental interposto pelo Estado em Recurso Especial sustentado pelo Escritório bonfinense SANTANA ADVOCACIA em favor de um cliente em litígio com o Estado baiano.

O voto do relator foi prolatado em sessão realizada no último dia 02/09 e seguido pelos ministros Ar Pargendler, Napoleão Nunes Maia Filho (Presidente) e Benedito Gonçalves, tornando a decisão da Primeira Turma do STJ, unânime.

O Estado da Bahia alegou no Agravo que o STJ teria acolhido as razões do Recurso Especial, decidindo “EXTRA PETITA”, isto é, além do pedido formulado pelo Escritório Santana Advocacia em favor do seu cliente, tendo o Ministro relator expressado o seu entendimento de que o Estado equivocou-se nas suas alegações, porque “o pleito inicial deve ser interpretado em consonância com a pretensão deduzida na exordial como um todo, sendo certo que o acolhimento da pretensão extraído da interpretação lógico-sistemática da pela inicial não implica julgamento extra petita”.

O Recurso Especial manejado pelo escritório bonfinense de advocacia teve a atuação da advogada MAIANA SANTANA, que vem se destacando pelas suas constantes vitórias no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), no Superior Tribunal de Justiça (STJ) e no Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), especialmente em processos de defesa de direitos de candidatos concorrentes nos últimos concursos realizados para ingresso em cargos da Polícia Civil da Bahia e da Polícia Rodoviária Federal.


SANSIL COMUNICAÇÃO – Senhor do Bonfim – Bahia, 06/09/2014.