sábado, 24 de janeiro de 2015

POLICIAL: ADOLESCENTE MORRE ATROPELADA NO ACOSTAMENTO DA BR 407 PRÓXIMO A CHESF EM SENHOR DO BONFIM


Por volta das 20h00min, desse sábado, 24 de janeiro, quando transitava juntamente com sua irmã, o cunhado e um amigo, a adolescente ANDRENE APARECIDA DOS SANTOS, de 16 anos, mais conhecida por “Xeny” residente no Conjunto Habitacional Cidade Nova II, foi atingida por um veículo do tipo Corsa Hatch de cor prata, sem maiores dados, sendo arremessada a uns 15 metros do local do impacto, caindo morta entre gravetos secos às margens da BR 407.


De acordo com o cunhado da vítima, o motorista ainda teria parado logo mais a frente e ao perceber a situação evadiu-se do local, sem prestar socorro à vítima, porém antes de atingir “Xeny”, um ciclista havia sido atingido pelo mesmo veículo, que seguia pelo acostamento no momento do acidente.

Nossa reportagem conversou com a irmã da vítima que relatou, “vinha eu, meu namorado e o amigo dele, a gente vinha e ela vinha na beira da pista, ai eu falei Xeny, vem pra cá por que pode algum carro descontrolado pode ‘coisar’ em tu, ela pegou e ‘tava’ mexendo no celular e foi de repente, ‘coisou’ até na minha mão, que está até inchada, a gente procurando ela, eu chorando já e quando fomos ver ela estava ali, morta” disse a irmã.


Populares reclamavam da escuridão no local, e mais uma vez moradores dos Conjuntos habitacionais prometem interditar a BR 407, na próxima segunda-feira (26).


Maravilha Notícias

CONCURSO DO TJ-BA: SAIBA O QUE PODE OU O QUE NÃO PODE LEVAR PARA HORA DA PROVA


A prova do concurso público do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) será aplicada neste domingo (25). Mais de 134 mil candidatos disputam 200 vagas para os níveis médio e superior. O TJ baiano não realiza um concurso público para servidores há cerca de dez anos. Os candidatos são das áreas de Direito, Administração, Tecnologia da Informação, Arquitetura, Assistência Social, Biblioteconomia, Comunicação, Contabilidade, Economia, Enfermagem, Engenharias, Estatística, Medicina, Odontologia e Psicologia. As provas serão realizadas em Salvador, Barreiras, Feira de Santana, Ilhéus, Juazeiro, Porto Seguro e Vitória da Conquista. A Fundação Getúlio Vargas (FGV), responsável pela aplicação do certame, recomenda aos 134.793 candidatos comparecer ao local das provas objetiva e discursiva com antecedência de 60 minutos do horário do início. A caneta deve ser de tinta azul ou preta. Os portões abrem pontualmente às 7h. Os portões serão fechados à 8h, hora local. À tarde, a abertura será 13h30min e o fechamento, 14h30min, conforme consta do edital. A prova matinal será para candidatos aos cargos de nível médio, e vespertino para os de nível superior.

É exigida a apresentação do Cartão de Informação, que vale como comprovante de inscrição. O candidato deverá permanecer obrigatoriamente no local de realização das provas por, no mínimo, uma hora e meia após o seu início, período a partir do qual poderá deixar o local de provas.

Entretanto, não poderá levar o caderno de questões. O caderno só poderá ser levado depois de quatro horas no local. Os candidatos precisam apresentar documento de identificação, como RG, reservista, carteiras de órgãos fiscalizadores de exercício profissional, por exemplo. Esta proibido o porte de aparelhos eletrônicos como iPod, smartphone, telefone celular, agenda eletrônica, aparelho MP3, notebook, tablet, palmtop, pendrive, receptor, entre outros. O candidato flagrado usando esses dispositivos será eliminado do concurso. Também é vedado o uso de qualquer tipo de relógio, óculos escuros, chapéu, boné, gorro, lápis, lapiseira, corretor líquido ou borracha. O objeto proibido deverá ser recolhido em embalagens que deverão permanecer lacradas durante a prova. Saiba onde será seu local de prova, CLIQUE AQUI

BN

FILADÉLFIA: PRESIDENTE DA CÂMARA DE VEREADORES DE FILADÉLFIA COBRA EXPLICAÇÕES SOBRE ATRASO DAS OBRAS DO ASFALTO QUE LIGA SEDE AO BAIRRO JACARÉ


Após receber diversas reclamações de moradores sobre o atraso das obras de asfaltamento das Avenidas ACM e João Nunes dos Reis, o vereador e presidente da Câmara Municipal de Filadélfia, Capitão Lúcio Batista, enviou um oficio ao Deputado Roberto Carlos (PDT) responsável pela indicação da obra, pedindo para dar explicações sobre a situação.

Durante uma ligação telefônica na Rádio Comunitária Várzea do Curral FM, Barbosa Santos proprietário, da empresa que está realizando a obra, fez um relato sobre as dificuldades que está passando para terminar a pavimentação asfáltica. Segundo ele, a questão financeira é o principal entrave, apesar de não ter nenhum pagamento recebido iniciou a obra, porém teve que parar pois não recebeu até agora nada.

Os problemas que sempre atormentaram os moradores da Avenida são: a poeira no período de seca e os buracos e a lama no período de chuvas. O aposentado Betão, que passou por um procedimento cirúrgico nas vistas, ainda está sofrendo com a poeira, principalmente agora na fase de recuperação.

Nos últimos dias boa parte dos moradores tem se movimentado nos meios de comunicação cobrando providências para o problema. Até uma manifestação pública estava sendo programada no sentido de cobrar agilidade dos responsáveis pela situação.

O vereador Lúcio Batista deu mostras de que também está irritado com o caso. “A situação dos moradores é mais preocupante. É inadimissível aceitar que providências não sejam tomadas e acabem com o sonho dessas famílias. Não aceito e vou cobrar dos responsáveis a solução urgente do problema”, garante o vereador.

Filadélfia em Noticias

ARTIGO: A ALIENAÇÃO PARENTAL E SEUS EFEITOS NEGATIVOS EM FILHOS DE CASAIS SEPARADOS/DIVORCIADOS

Josemar Santana

A convivência conflitante entre pais separados/divorciados traz conseqüências traumáticas aos filhos menores, que são causadas por relacionamentos nocivos.

Quando isso ocorre, temos caracterizada a SÍDROME DE ALIENAÇÃO PARENTAL, que é um termo que define a situação em que a mãe ou o pai de uma criança a leva a romper os laços afetivos com o(a) outro(a) genitor(a).

A prática da Alienação Parental é reconhecida, geralmente, em situações em que o fim da relação conjugal provoca em um dos genitores, um desejo de vingança descontrolado, pelo inconformismo do rompimento da relação.

A prática da Alienação Parental parte normalmente do(a) genitor(a) que se sente prejudicado(a) pelo fim do relacionamento e não consegue absorver de forma adequada a dissolução conjugal, acabando por desencadear um processo de vingança, de desmoralização e de descrédito do ex-cônjuge, o que leva a criança a ser transformado em instrumento da agressividade contra o(a) ex-parceiro(a).

Com isso, ocorre por parte do(a) genitor(a) alienante a exclusão do(a) outro(a) genitor(a) da vida da criança, trazendo obstáculos à realização saudável das visitas, denegrindo a imagem do(a) outro(a) genitor(a) para o(a) filho(a), exigindo que a criança escolha um dos genitores, entre outras práticas gravíssimas provocadas pelo(a) genitor(a) em estado psicológico perturbado, chegando, muitas vezes ao absurdo de imputação de abuso sexual ao ex-cônjuge.

Isso ocorre, porque a finalidade do(a) genitor(a) alienante é destruir a relação afetiva entre a criança e o(a) genitor(a) que não possui a guarda, fazendo com que toda a admiração e respeito que antes existiam, desapareçam.
Como resultado dessa prática, a criança passa a sentir raiva do(a) genitor(a) alienado (a), e muitas vezes da sua família, demonstrando não querer mais realizar as visitas, e, consequentemente, passa a ter uma série de problemas psicológicos que podem ser levados até a sua vida madura, porque essas crianças poderão ser adultos criadas com falsas memórias perturbadoras e que se não houver interrupção da prática alienante, podem trazer consequências irreversíveis.

Evidentemente, há formas de parar com essas práticas alienantes que prejudicam o convívio saudável entre pais e filhos, devendo, em primeiro lugar, os pais se conscientizarem de que o fracasso de seu relacionamento conjugal não tem causa na existência dos filhos e o bom senso deve prevalecer para que haja uma convivência pacífica na separação, protegendo os filhos.

Inexistindo essa necessária conscientização, com a prevalência do bom senso, objetivando proteger o crescimento saudável dos filhos, a nossa legislação prevê desde sanções criminais (de caráter pedagógico) a sanções civis, destacando-se, entre elas, a modificação da guarda, a suspensão das visitas e, em casos extremos, a suspensão e até mesmo a extinção do poder familiar.

O importante é o casal separado/divorciado ter a consciência de que filhos não podem ser utilizados como moeda de troca em nenhuma hipótese, sendo irracional a sua utilização como instrumentos de agressividade de um(a) genitor(a) contra o(a) ex-parceiro(a).

*Josemar Santana é jornalista e advogado, integrante do Escritório Santana Advocacia, com unidades em Senhor do Bonfim (Ba) e Salvador (Ba).

SHOW DE NIELLY


Data: 24.01.2015 sábado
Horário: 20h30min.
Local: Restaurante China Real, vizinho ao Colégio Estadual Senhor do Bonfim.

PROCESSO SELETIVO DSA


A DSA Consultoria continua com o processo seletivo até o dia 31 de janeiro.
Venha fazer Educação Física e ser mais um vencedor !
A DSA é sucesso garantido!