segunda-feira, 14 de março de 2016

JAGUARARI: INFORMATIVO DA PREFEITURA DE JAGUARARI

PROGRAMA DE SAÚDE NA ESCOLA MOBILIZOU ALUNOS DO MUNICÍPIO NO COMBATE AO AEDES AEGYPTI


No período entre 7 e 11 de março, foi realizada em Jaguarari a Semana de Saúde na Escola, que teve como foco o combate ao mosquito Aedes Aegypti, principal transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya. Intitulada como “Comunidade escolar mobilizada contra o Aedes Aegypti”, a campanha foi promovida pelo Programa Saúde na Escola (PSE) e envolveu crianças, adolescentes, jovens e adultos da rede municipal e estadual de ensino.

No decorrer da última semana, foram realizadas diversas atividades, a exemplo de palestras sobre as maneiras de se combater o Aedes. Além disso, os alunos tiveram a oportunidade de assistir a uma apresentação teatral sobre prevenção aos focos do mosquito. Durante a dramatização, os alunos vivenciam a rotina de uma família que foi vítima do Aedes Aegypti.

De acordo com a coordenadora do PSE, Rosa Peixinho, a Semana de Saúde na Escola é uma iniciativa do Ministério da Saúde e teve início em Jaguarari, oficialmente, no dia 7 de março, e prosseguiu até dia 11, mas, em todo o município, as atividades já estavam sendo realizadas no combate ao mosquito. “O objetivo foi mobilizar os alunos para o combate a essa epidemia nacionalque o mosquito Aedes Aegypti vem causando. Eles precisam cuidar de suas casas e reproduzir essa idéia para toda a vizinhança”, explica.

O PSE tem como objetivo contribuir para a formação integral dos estudantes por meio de ações de promoção, prevenção e atenção à saúde, com vistas ao enfrentamento das vulnerabilidades que comprometem o pleno desenvolvimento de crianças e jovens da rede pública de ensino.


PROGRAMA ESTADUAL DE RASTREAMENTO DO CÂNCER DE MAMA ESTARÁ EM JAGUARARI


Na última quarta-feira, 09/03, aconteceu, na Câmara Municipal de Vereadores, uma reunião entre a equipe da Secretaria Municipal de Saúde e representantes da SESAB (Secretaria de Saúde do Estado da Bahia) para o recebimento do Programa Saúde Sem Fronteira, que fará o rastreamento do câncer de mama no município de Jaguarari.

Os Técnicos da Secretaria Estadual de Saúde fizeram uma explanação do programa e abordaram temas pertinentes à funcionalidade, que é o foco do atendimento no Município de Jaguarari. O câncer de mama é o que mais mata mulheres no Brasil e no mundo. O rastreamento mamográfico bilateral da população de 50 a 69 anos pode reduzir em 30% a mortalidade por esta neoplasia. “Para o êxito do programa de rastreio, há necessidade de que essa população alvo seja informada e captada sem obstáculos, tanto no agendamento quanto na realização da mamografia e na busca do resultado”, explicou a Sra. Jane, da Sesab.

Desta vez, o programa tem como meta realizar mamografia em 1754 mulheres moradoras do município de Jaguarari, que têm entre 50 e 69 anos, de 01 até o dia 15 de Abril, pelo Programa Estadual de Rastreamento do Câncer de Mama. A unidade móvel será instalada na Praça do Forródromo, ao lado da Igreja Matriz. Durante o restante do mês, as Unidades de Saúde, juntamente com os Agentes Comunitários, farão a identificação e triagem destas mulheres.

Os exames são realizados em uma unidade móvel que dispõe de dois mamógrafos. Após a mamografia, se houver suspeita da doença, as mulheres são encaminhadas para exames complementares gratuitos. Caso o diagnóstico seja positivo, o tratamento cirúrgico, quimioterápico e radioterápico será realizado sem custo para as pacientes, em unidades de alta complexidade em oncologia.

Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Jaguarari
Governo “Minha Terra, Meu Futuro”