sábado, 5 de março de 2016

POLÍCIA FEDERAL EMITE NOTA OFICIAL SOBRE OPERAÇÃO CONTRA LATROCIDAS QUE MATARAM O AGENTE WILSON

Após quatro dias da morte do Policial Federal WILSON TEIXEIRA DE QUEIROZ NETTO, morto por três elementos na Estação Rodoviária de Juazeiro/BA, policiais federais, juntamente com policiais civis, militares e rodoviários federais, lograram êxito na resolução do caso. As diligências realizadas levaram à identificação e prisão de LUCAS NASCIMENTO SANTOS SANTANA no município de Filadélfia, enquanto tentava empreender fuga.

Outros dois envolvidos no crime, GILDEMAR GONÇALO DA SILVA, o “GIL”, e um indivíduo chamado por "Grande" ou "Pé", nome próprio EVANDRO HENRIQUE DE ARAÚJO, foram localizados no município de Campo Formoso. Ao serem abordados, ambos reagiram violentamente à ação policial, sendo alvejados no confronto.

Apesar de socorridos, nenhum dos dois resistiu aos ferimentos e acabaram vindo a óbito A ação policial foi desenvolvida nos municípios de Juazeiro, Senhor do Bonfim, Filadélfia, tendo seu desfecho em Campo Formoso, todos no Estado da Bahia.

A operação contou com a ininterrupta participação de Policiais Federais, com o apoio da Coordenação de Aviação Operacional, bem como das demais forças de segurança do Vale do São Francisco, como a Polícia Rodoviária Federal, Polícias Civis da Bahia e de Pernambuco, CIPE – Caatinga (Juazeiro) e PMPE CIOSAC. Após a formalização do procedimento flagrancial, pelo crime de latrocínio, o preso será encaminhado ao sistema prisional, aonde permanecerá à disposição da Justiça.

Serviço de Comunicação Social Delegacia da Polícia Federal em Juazeiro/BA