quinta-feira, 10 de novembro de 2016

BONFIM: SISMUSB ADERE PARALISAÇÃO NACIONAL CONTRA PEC 241


COMUNICADO

Comunicamos a todos os Servidores, que nesta sexta feira (11/11/2016) a partir das 07h30min estaremos concentrados na Praça Nova do Congresso, aderindo a Paralisação Nacional, conforme convocação da CUT, CNTE, UGT e outras centrais, em torno das reais mudanças no Brasil e em nossa cidade das propostas de emenda PEC 241 chamada de novo ajuste fiscal.
Iremos à rua em protesto do:

1º Congelamento de investimento público por 20 anos.

a) Na saúde
b) Na educação
c) Congelamento Salarial dos Servidores
d) Limitação do reajuste do salario mínimo á inflação.

2º Reforma da Previdência

a) Idade mínima para aposentadoria 65 ou 70
b) Direito de greve
c) Calculo de periculosidade

• Perdas Sociais – a manutenção do teto fiscal vai exigir um corte monumental tanto das despesas com benefícios sociais e transferência de renda aos setores mais pobres da população.
• O Projeto de lei complementar eliminara alguns dos poucos direitos dos servidores públicos ainda vigente, como por exemplo, a licença premio, a licença sabática, os quinquênios.
• O Impedimento de mudanças nas carreiras dos servidores que impliquem aumento de despesas.
• Qualquer mudança nas regras da PEC só poderá ser feita a partir do décimo ano, e será limitada á alteração dos índices de correção anual.
• A medida poderá causar, como redução nos investimentos em saúde e educação, a perda do poder de compra do salário mínimo, entre outros.

É por Isso que nossa reação e fundamental.
JUNTOS SEREMOS MAIS FORTES!


Raimundo Nonato Rodrigues de Oliveira
Coordenador Geral do Sismusb