quarta-feira, 9 de novembro de 2016

GREVE: SINDICATO DOS BANCÁRIOS DE JUAZEIRO APOIA PARALISAÇÃO GERAL NO DIA 11 DE NOVEMBRO


Uma greve geral está sendo organizada pelos Sindicatos públicos e privados junto com a frente Brasil Popular e com movimentos sociais do país. O ato será a primeira etapa dos protestos sindicais contra as reformas impostas pelo governo do presidente Michel Temer.

A previsão é que no dia 11 de novembro, todos os trabalhadores do país parem seus serviços. Essa união é uma manifestação contra a reforma da previdência, a reforma trabalhista, a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 241, a reforma do ensino médio.

"A ideia para o dia 11 é fazer um dia nacional de greve. Vamos paralisar o país em protesto contra as medidas retrógradas do governo federal. Somos contra a flexibilização da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), a reforma da Previdência e a Proposta de Emenda à Constituição (PEC)241, que congela os gastos públicos por 20 anos.”, disse o presidente do Sindicato Maribaldes da Purificação.
Entenda a PEC

A PEC 241 estabelece uma regra de teto para os gastos primários do governo federal. A regra é simples: os gastos primários (saúde, educação, saneamento básico etc.) de cada ano somente poderão aumentar de acordo com a inflação passada (medida pela variação do IPCA acumulada em 12 meses até junho do ano anterior). A regra valerá pelos próximos 20 anos e sugere que poderá realizar mudanças econômicas benéficas. Mas, trará, de fato, muitas dificuldades para a sociedade.

Ascom/SEEB JUAZEIRO