terça-feira, 27 de dezembro de 2016

JACOBINA: PRESIDENTE DA CÂMARA DE JACOBINA PEDE DESCULPAS POR CHAMAR COLEGAS DE “SAFADOS” E “VAGABUNDOS”


Na tarde desta segunda-feira (26), o vereador Cleriston Alves (PPS), presidente da Câmara Municipal de Jacobina, enviou nota de esclarecimento à redação do Notícia Livre, onde apresenta um pedido de desculpas pela contundência com o tratou os seus dois colegas de parlamento, os vereadores Pedro Mário (PMDB) e Tiago Dias (PROS), que foram tachados de “vagabundos” e “safados”.

Na mesma nota, Cleriston Alves explica o teor da matéria votada pelos vereadores, na sessão da última sexta-feira (23), que causou grande polêmica junta à população jacobinense, gerando também uma enorme repercussão na imprensa estadual.

Veja abaixo a íntegra da nota:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

O Vereador Clériston Moreira da Silva vem de público apresentar inicialmente seu pedido de desculpas todos os munícipes por ter no calor das discussões e após ter tido acesso a matérias veiculadas em parte da imprensa local, em um ato impensado publicou em rede social palavras pejorativas que não condizem com a realidade das pessoas envolvidas, nem tão pouco expressam a seriedade, retidão e ética que nos acompanham por toda a nossa vida é não só como homem público.
È de conhecimento público que o cidadão detentor de mandato eletivo muitas vezes se ver envolvido em discussões politicas que a depender do conhecimento e desenvoltura das partes envolvidas passa a ser vitima de interesses políticos partidários, onde seus algozes querem nada mais querem que os holofotes, mesmo que para isso tenham que se apegar a acusações levianas e infundadas.
O que ocorreu, é que no segundo semestres desse período legislativo de 2016 foram apresentadas algumas propostas de emendas a Lei Orgânica de nosso Município de Jacobina, de autoria dos edis da Câmara Municipal de Vereadores, inclusive a que trata da estabilidade econômica dos servidores efetivos ( que cria uma expectativa de direito para os servidores efetivos que ocupem ou venham a ocupar mandato eletivo). Com o intuito de promover atualização da LOM revelando a intenção dos nobres Edis em promover uma adequação da Lei Central do Município com as constantes reformas constitucionais e políticas.
Em verdade, a Câmara agiu a todo momento de forma democrática e transparente, atualizando também, temas que já são tratados em nossa Lei Orgânica. Ressaltamos que em nenhum momento se tratou ou se votou matéria que trata de aposentadoria ou de salário vitalício para vereador, que a Emenda aprovada vem atender os princípios da legalidade conforme já preceitua a Lei Estadual N.º 1.371/2015 publicada pelo Governo do Estado da Bahia, que o que foi tratado destina-se exclusivamente sobre a estabilidade econômica do servidor efetivo do Município, e não benefício a vereador.
A Câmara trata com responsabilidade e transparência todos os seus atos e respeita a liberdade de expressão de seus edis, contudo as opiniões devem andar lado a lado com a verdade e as informações equivocadamente plantadas na imprensa tiveram exclusivamente a intensão de denegrir a imagem desse homem publico e por conseguinte o poder Legislativo Municipal.

Clériston Moreira da Silva
Vereador