quarta-feira, 24 de agosto de 2016

QUASE TUDO PRONTO PARA A INAUGURAÇÃO DA CENTER MÓVEIS E ELETROS EM BONFIM

AGUARDEM!!!



POLICIAL: 54ª CIPM PRENDE TRAFICANTE EM ÔNIBUS EM PINDOBAÇU


Por volta das 15h10min, do dia 23/08/2016, na estrada vicinal entre os povoados de Carnaíba e Jatobá, quando em abordagens rotineiras em um ônibus que faz linha da cidade de Jacobina para o distrito de Carnaíba, e no seu interior foi flagrado o acusado ODAIR PEREIRA DO NASCIMENTO, 21 anos, residente em Jussara-Ba, de posse de (03) três tabletes de Maconha, pesando aproximadamente (03) três Kg.

O Odair juntamente com todo material apreendido foi apresentado na DEPOL da cidade de Senhor do Bonfim, para que fossem tomadas as medidas cabíveis.

Ascom 54ª CIPM

SEM CRISE! COM A ANHANGUERA, VOCÊ TEM TODA FORÇA PARA FAZER O NOVO CURSO DE ENFERMAGEM - INSCREVA-SE JÁ!


ATITUDE: DIOCESE DE JUAZEIRO E SETOR DA JUVENTUDE REALIZAM MESA REDONDA CONTRA O EXTERMÍNIO DE JOVENS NO MUNICÍPIO?


Atos de brutalidade têm sido cada vez mais frequentes na sociedade. Segundo o Atlas da Violência (2015), o Brasil registrou 59.627 homicídios em 2014. O Nordeste foi a região com maior índice, tendo a Bahia um aumento de 132,6%. Juazeiro, no Norte da Bahia, é considerada uma das 20 cidades mais violentas do Estado, tendo, em média, 3 homicídios por dia. No geral, os jovens entre 15 e 29 anos são as principais vítimas, tendo um aumento de 4.415 vítimas em 1980 para 24.882 em 2012.

Pensando nisso, a Diocese de Juazeiro (BA), através do Setor Diocesano da Juventude, realizará nesta quarta-feira (24), às 19h30min, no Espaço "Brasinha", ao lado da Catedral-Santuário Nossa Senhora das Grotas, a 1ª Mesa Redonda sobre o tema "Extermínio de Jovens', na cidade de Juazeiro.

O encontro é direcionado principalmente aos jovens, tanto aos católicos quanto aos membros de outras igrejas cristãs ou que não fazem parte do cenário eclesial. Mas a campanha também se dirige a toda a sociedade e aos poderes públicos que reivindicam ações contra o extermínio de jovens. A entrada é gratuita.

Objetivo do debate

Em 2008 foi criada a 'Campanha Nacional Contra a Violência e o Extermínio de Jovens', durante a 15ª Assembleia Nacional das Pastorais da Juventude do Brasil. Reunidas, as quatro pastorais (Pastoral da Juventude, Pastoral da Juventude do Meio Popular, Pastoral da Juventude Rural e Pastoral da Juventude Estudantil) decidiram iniciar um trabalho com a participação de outros organismos eclesiais e não eclesiais tendo como objetivo denunciar os altos índices de mortes de jovens e propor políticas que alterem esta realidade.

Pascom

POLÍTICA: PARLAMENTARES APROVAM PROJETO DO EXECUTIVO EM BENEFICIO DO CERRADO BAIANO


Acordo possibilitou apreciação de matéria que institui a Política e o Sistema Estaduais de Convivência com o Semiárido

A Assembleia Legislativa aprovou na tarde de ontem projeto de lei do Poder Executivo que institui a Política e o Sistema Estaduais de Convivência com o Semiárido. A matéria foi aclamada à unanimidade, após um acordo entre os líderes do governo, deputado Zé Neto (PT), e da oposição, deputado Sandro Régis (DEM), dispensando todas as formalidades regimentais.

A iniciativa tem por objetivo “implementar e executar uma política moderna e transversal voltada para o semiárido baiano”, segundo a mensagem governamental. Isto trará significativos ganhos no sentido de facilitar a permanência digna e cidadã das populações locais, promovendo “avanços no acesso à água e à terra, aplicação prioritária de recursos governamentais, integração e fortalecimento de políticas públicas afins, desenvolvimento de pesquisas, desenvolvimento econômico, valorização e resgate de saberes culturais”, de acordo com o documento do governador Rui Costa destinado ao presidente Marcelo Nilo.

A proposição não havia tramitado no âmbito das comissões técnicas e a sua relatoria oral em plenário passou pelo acordo firmado pelos líderes. Na apreciação da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), a matéria foi relatada pelo deputado Hildécio Meireles (PMDB). “Não poderia deixar de reconhecer a importância desta proposição para o nosso semiárido, tão carente de políticas públicas para o desenvolvimento e modernização de suas forças produtivas e melhorias das condições de vida de sua gente”, disse o peemedebista, ao afirmar que o projeto era legal e constitucional, dentro da boa técnica legislativa.

A deputada Fátima Nunes (PT) foi designada pelo presidente Marcelo Nilo (PSL) para apresentar parecer oral pelas comissões de Meio Ambiente, Seca e Recursos Hídricos, Agricultura e Política Rural; Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Turismo; e Finanças, Orçamento, Fiscalização e Controle. Ela disse que se tratava de “uma honra e satisfação relatar uma matéria que se constitui numa salutar medida que sem dúvida em muito contribuirá para a elevação dos padrões de vida da nossa gente”. O deputado Adolfo Viana (PSDB) se congratulou com Fátima Nunes pelo seu parecer.

ASCOM ALBA