domingo, 4 de dezembro de 2016

CONCURSO DE BONFIM: FALTA DE ORGANIZAÇÃO GERA REVOLTA AOS CANDIDATOS DO CONCURSO PUBLICO


Que bela organização!

Quando anunciado que aconteceria o concurso da prefeitura municipal de Senhor do Bonfim muitos vislumbraram uma chance de entrar no serviço publico e almejar a tão sonhada estabilidade. Porem, desde seu anuncio esse concurso gerou muita polemica principalmente na área política com tentativa de anulação de sua realização. Pois bem, durante essa semana que antecedeu o concurso realizado neste domingo dia 4 de dezembro muitas pessoas postaram em suas redes sociais confusões causadas pela empresa que realizou o concurso. Por diversas vezes candidatos postaram o equivoco referentes aos endereços dos locais de prova descritos no cartão de prova por serem diferentes dos reais endereços das escolas onde seriam aplicadas as provas.
Achei estranho e conferi meu cartão com o local e endereço da prova e lá constava como local de prova a Escola Municipal Herculano Almeida Lima – Sala 186 – Rua Castro Alves S/N - Distrito de Igara. O estranho está no horário apresentado em meu cartão no qual constava como horário de abertura de portões 13:00h, horário de fechamento dos portões 13:20h e Horário da prova as 13:30h horário local. Como mostra o print tirado do cartão visualizado a cerca de uma semana e conferido por mim as vésperas da realização da prova.
No domingo acordei por volta das 7:20h e entrei na internet em busca de amigos que iriam fazer a prova a tarde no distrito de igara para ir junto. Porem algumas pessoas me disseram que a área para qual eu iria fazer Auxiliar Administrativo estava sendo realizado pela manha e não pela tarde como mostrava no cartão do candidato. Imediatamente entrei no site da banca organizadora do concurso e para minha surpresa o horário da aplicação da prova tinha sido alterado sem qualquer comunicado aos candidatos. Fiz diversos concursos e nunca vi uma banca organizadora mudar horário, local ou dia da realização de prova sem prévio comunicado em meios de comunicação ou por e-mail, já que quando realizamos a inscrição recebemos um e-mail de confirmação de inscrição e quando efetuamos o pagamento também recebemos o e-mail de confirmação. E agora? A culpa é minha? Quer dizer que se eu ou outros candidatos estivéssemos sem internet só saberíamos da mudança de horário da porta da escola quando fosse fazer a prova? Que organização é essa?
Agora só me resta lamentar uma oportunidade perdida pela falta de organização de uma empresa que se habilita a realizar concursos e tomar as devidas medidas legais já que fui prejudicado por tal alteração de horário sem previa comunicação.


Por André Bonfim - Jornalista