segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

POLICIAL: BANDIDOS INVADIRAM MINA EM NORDESTINA


Um grupo de 20 homens fortemente armado explodiu e roubou o cofre da Mina de Diamantes Braúna, pertencente à empresa brasileira Lipari Mineração, situada no município de Nordestina, na noite deste domingo (8). Ninguém ficou ferido. De acordo com a Polícia Militar, funcionários da empresa contaram que pouco mais de 20 homens participaram da ação.

Ainda conforme informações da polícia militar, o assalto teve início por volta das 22h e seguiu até o início da madrugada desta segunda-feira (9). O grupo chegou ao local em caminhonetes e fez funcionários reféns enquanto invadia a empresa e explodia a área em que ficava o cofre.

Conforme a PM, foram feitas três explosões no local, e os criminosos só não teriam feito mais por falta de explosivos. Em seguida os bandidos conseguiram levar o cofre e quatro reféns, mas as vítimas foram liberadas pouco tempo depois, em uma estrada da região.

Policiais militares de diversos municípios e uma equipe da Companhia Independente de Policiamento Especializado Nordeste (Cipe/Nordeste) realizam buscas por toda a região, mas até às 7h desta segunda-feira nenhum suspeito foi localizado. A polícia informou que ainda apura o que foi levado pelo grupo.

A Mina Braúna é a primeira mina de diamantes na América do Sul, desenvolvida a partir de um depósito de kimberlito, a rocha fonte primária de diamante. Segundo informações publicadas no site da Lipari, a Mina está instalada em uma planta de processamento de 2.000 toneladas de minério kimberlítico por dia, 24 horas por dia, 7 dias por semana, empregando mais de 300 colaboradores diretos e indiretos, a maioria proveniente de Nordestina e comunidades vizinhas.

Notícias de Santaluz